Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Divisão dos R$ 60 bilhões também gera divergências na Câmara

Inicialmente prevista em meio a meio, a divisão dos R$ 60 bilhões de auxílio do Governo Federal ficou em 60% para estados e 40% para municípios, pelo entendimento dos senadores de que os estados ofertam serviços de maior complexidade. A mudança não agradou a prefeitos e deputados ligados à causa municipalista fazem pressão por divisão igualitária.