Temer minimiza polêmica recente entre Gilmar Mendes e militares

Michel Temer minimizou a recente polêmica entre Gilmar Mendes e os militares do Governo, iniciada após o ministro do Supremo afirmar que o Exército estaria se associando a um “genocídio”, referindo-se às mortes da pandemia. “Ele usou uma palavra forte, foi enfático, mas não usou a palavra genocídio no seu significado original”, disse o ex-presidente.

Vice-governadora do Ceará discute os desafios da área educacional na pandemia com ex-ministros da Educação

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, participa nesta quinta-feira (25) de debate para discutir os impactos causados pela pandemia da Covid-19 na educação no País. Promovido pelo Observatório da Democracia, o encontro virtual também irá contar com a participação de quatro ex-ministros da Educação, como Cristovam Buarque e Aloizio Mercadante.

Foto: Natinho Rodrigues

Retorno das atividades do Tribunal de Justiça do Ceará está previsto para julho

O Poder Judiciário do Estado definiu nesta semana um plano de retorno às atividades presenciais, previstas, de forma gradual, a partir do mês de julho. Ontem, o TJCE iniciou série de reuniões com instituições parceiras, como MPCE, OAB e Defensoria, para definir protocolos adequados. A previsão é que as atividades sejam restabelecidas em 90 dias.

Eleições 2020: “Temos que preparar medidas para proteger a população”, diz ex-ministro Henrique Neves

O ex-ministro do TSE, Henrique Neves, alertou a sociedade para o início da preparação para a eleição municipal que se aproxima. Em debate no Conexão SVM em Casa, o advogado defende que, mesmo que haja adiamento da disputa no Congresso Nacional, como tem sido discutido com o Tribunal Superior Eleitoral, as medidas de saúde devem ser antecipadas.

Conexão SVM em Casa: debatedores levantam preocupação dos novos prazos eleitorais para este ano

O ex-ministro do TSE, Henrique Neves, o deputado Domingos Neto e o advogado André Costa, levantaram, no Conexão SVM em Casa, as preocupações dos novos prazos da eleição deste ano caso haja adiamento da disputa. Entre elas, estão a adaptação dos partidos nas campanhas eleitorais , julgamento das candidaturas e as possíveis ações judiciais.

“Não haverá prorrogação de mandato”, diz coordenador da bancada cearense Domingos Neto

O coordenador da bancada cearense no Congresso Nacional, deputado Domingos Neto (PSD), declarou, durante bate-papo no Conexão SVM em Casa, que há um entendimento entre congressistas de que não haverá prorrogação de mandato mesmo com possível adiamento da eleição. Há a expectativa da eleição ser postergada para novembro deste ano por conta da Covid-19.

Gestores da Prefeitura fizeram balanço das ações a vereadores; 261 irregularidades foram notificadas em estabelecimentos

Os vereadores de Fortaleza se reuniram por videoconferência com os superintendentes da Agefis, Júlio Santos, e da AMC, Arcelino Lima, e o diretor-geral da Guarda Municipal, Rômulo Reis, para um balanço das ações na pandemia da Covid-19. Ao todo 560 estabelecimentos foram fiscalizados e 261 irregularidades notificadas desde 16 de março pela Agefis.

Câmara Municipal convoca sessão extraordinária para votações nesta terça-feira (9)

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), convocou os vereadores para sessão extraordinária nesta terça-feira (9). Na pauta, proposta de autoria da Prefeitura, que estipula gratificação para servidores da Secretaria de Finanças, além de projeto de lei do vereador Plácido Filho e 14 projetos de indicação de parlamentares.

Pandemia: Quatro cidades cearenses continuam em isolamento social rígido

Por enquanto, apenas Fortaleza avançou para a primeira fase na retomada de atividades. Entre as regras para evitar aglomerações, centros comerciais com 30% da capacidade de clientes e 40% dos funcionários. Todos os outros municípios prosseguem na fase de transição, exceto Sobral, Acaraú, Camocim e Itarema, que permanecem em Isolamento Rígido.

Foto: José Leomar

Governo continuará avaliando o avanço da retomada de atividades, diz Camilo Santana

O governador Camilo Santana reforçou os cuidados necessários na primeira fase da retomada de atividades, liberada apenas em Fortaleza. Segundo ele, é necessário respeitar os protocolos sanitários. O Governo irá avaliar a situação diariamente para definir sobre o avanço de fases na flexibilização.