Após divergência, AJ destina boa parte das emendas ao Estado e discutirá alocação com o governador

O deputado federal AJ Albuquerque (PP) decidiu colocar R$ 2 milhões de sua quota nas emendas de bancada, metade pro Dnocs, outra parte para Funasa, além de R$100 mil para Embrapa. O restante das emendas dele irá para o Estado. “Vou definir com o governador onde irei colocar”, disse, ao mostrar que ficou superada a divergência no assunto.

Bancada cearense se reúne pela terceira vez para fechar emendas ao Orçamento

A bancada cearense voltou a se reunir novamente, na noite desta terça-feira (15), em Brasília, para buscar um acordo em torno das emendas ao Orçamento 2020. Dois dos três senadores do Estado marcaram presença: Eduardo Girão (PODE) e Cid Gomes (PDT).

Senadores não comparecem a reunião da bancada cearense

Os três senadores cearenses Cid Gomes (PDT), Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (PODE) não compareceram a segunda reunião da bancada federal para definir as emendas ao Orçamento. A única  mulher da bancada, deputada Luizianne Lins (PT), também esteve ausente nas negociações.

Sem consenso, coordenador anuncia nova reunião da bancada federal para próxima terça

Depois de divergências nas prioridades das emendas, o coordenador da bancada cearense, deputado Domingos Neto (PSD), decidiu marcar nova reunião para próxima terça (8). “Estamos avaliando os critérios e faremos outra reunião pra definir quais serão as áreas, municípios e instituições. Temos até o dia 24 para definir”, disse.

Bancada cearense se reúne para definir emendas ao Orçamento 2020

A bancada federal do Ceará, coordenada pelo deputado Domingos Neto (PSD), se reuniu hoje (2) pela manhã para definir as 18 emendas de bancada que serão destinadas ao Orçamento 2020. Os parlamentares tentam entrar em consenso sobre as prioridades e a divisão dos R$ 248 milhões. Uma das prioridades será a recuperação de rodovias.

Domingos aguarda votação da LDO para iniciar relatório do Orçamento para 2020

O deputado cearense Domingos Neto (PSD), relator do Orçamento da União, aguarda a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para definir a Lei Orçamentária Anual (LOA). O Congresso deve votar a LDO nesta terça (27). Pelo texto aprovado na Comissão, o salário mínimo em 2020 será de R$ 1.040 e a meta fiscal será de R$ 124,1 bilhões.