-  

Na oposição, MDB terá chapa pura em Sobral

O MDB de Sobral vai lançar o vereador Zé Vytal como candidato a vice na chapa majoritária com Oscar Rodrigues. A chapa será pura, ou seja, com dois emedebistas. O partido lidera a oposição em Sobral contra o prefeito, Ivo Gomes (PDT). A definição ocorreu ontem e desagradou parte dos candidatos ao Legislativo. O receio é de dificuldades para formar bancada.

  -  

Walter Cavalcante foi único deputado aliado do governador em evento com ministra

Entre os parlamentares que prestigiaram a visita da ministra da Agricultura Tereza Cristina, hoje (9), em Fortaleza, o deputado estadual Walter Cavalcante (MDB) era o único da base aliada ao governador. A oposição no Estado compareceu em peso ao evento. Walter tem boa relação com a ministra, tanto que foi convidado pessoalmente por ela.

  -  

Deputados de oposição acompanham discurso de Camilo Santana sem direito a apartes

Os deputados de oposição ao governo Camilo Santana assistiram ao pronunciamento do chefe do Executivo no plenário da Assembleia, nesta manhã, em silêncio. Sem direito a fala, em sessão que foi apenas para receber a mensagem governamental com os programas prioritários da gestão, alguns, como o deputado André Fernandes, tiveram sono.

Foto: Helene Santos
  -  

Oposição quer pedir vistas da reforma da Previdência estadual, mas terá que aguardar prazos

A deputada Fernanda Pessoa disse, ontem (11), na Assembleia, que pediu vistas da proposta de reforma da Previdência do Ceará, mas, na verdade, o pedido só pode ser feito quando a matéria começar a ser deliberada na CCJ – a partir do dia 23. Até lá, a oposição critica a pressa em aprovar uma matéria complexa e o governo já se prepara para embates.

  -  

Fernanda Pessoa pediu vistas da proposta de reforma da Previdência estadual

A deputada Fernanda Pessoa (PSDB) já pediu vistas da proposta de reforma da Previdência dos servidores estaduais. O texto está em tramitação na CCJ. Além de Fernanda, outros opositores como Renato Roseno (PSOL) e Heitor Ferrer (SD), criticaram, hoje (11), o governo por enviar a proposta às vésperas do recesso.

  -  

Oposição na Assembleia entra na cobrança pela liberação de emendas parlamentares

Se os deputados da base aliada reclamam do atraso na liberação das suas emendas ao Orçamento do Estado, imagina quem é oposição. Heitor Ferrer (SD) mostrava à Fernanda Pessoa (PSDB), na Assembleia, a lista das emendas que ele encaminhou ao Governo do Estado desde 2015. Segundo ele, muitas ainda não foram pagas.

  -  

Com a presença de cearenses, bancadas de centro-esquerda buscam aproximação em Brasília

Parlamentares e lideranças de quatro partidos de centro-esquerda – PDT, PV, PSB e Rede – se reuniram na noite de terça (29), em Brasília. Quatro cearenses participaram do encontro: Cid e Ciro Gomes, além de André Figueiredo, do PDT, e Célio Studart, do PV. Na pauta, questões nacionais, mas também uma aproximação que mira um horizonte eleitoral. Foi a primeira reunião formal do grupo da qual participou o PV. A próxima deve ocorrer em dezembro.

  -  

Tony Brito: um opositor “amigo” da base aliada

O deputado suplente Tony Brito (Pros) deixará a Assembleia, no dia 30, quando Soldado Noélio reassume o mandato, com uma marca: diálogo. De tanto procurar aliados do governador, ele é tratado como sendo da base e não opositor. Brito diz que age assim em prol dos policiais civis. Hoje (24), ele fez questão de cumprimentar o líder do Governo na tribuna.

Foto: Junior Pio
  -  

Oposição desfalcada na Câmara Municipal de Fortaleza

A pequena oposição existente na Câmara Municipal de Fortaleza, de apenas 6 dentre os 43 vereadores, está ainda mais desfalcada. Enquanto Julierme Sena (Pros) deve ficar ausente até o final do mês, Márcio Martins (Pros) pediu licença por quatro meses e foi substituído por Ruthmar Xavier (PL), que já declarou adesão à base aliada ao prefeito.

Foto: José Leomar
  -  

Oposição valida CPI da Lava Jato; instalação depende de Rodrigo Maia

Deputados de oposição na Câmara, entre eles o cearense André Figueiredo (PDT), conseguiram validar, com 175 assinaturas, um pedido de CPI da Lava Jato para analisar supostas irregularidades na conduta de procuradores e do juiz Sérgio Moro na operação. A CPI, entretanto, depende da assinatura do presidente da Casa, Rodrigo Maia, para ser instalada.

  -  

PTC anuncia decisão de ir à oposição a Roberto Cláudio; vereadora pode deixar a sigla

O novo dirigente municipal do PTC, Adriano Bento, esteve, hoje, na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quarta (04), para notificar as vereadoras Cláudia Gomes e da decisão do partido na Casa de ser, a partir de agora, oposição à gestão Roberto Cláudio. Cláudia Gomes se disse surpresa com a decisão e não descarta deixar a legenda.