Foto: Helene Santos

Três eleitos e dois suplentes ao Conselho Tutelar de Pentecoste são impugnados

Cinco candidatos a conselheiro tutelar em Pentecoste foram impugnados pelo Comdica, responsável pela eleição. Três tiveram votação expressiva, eleitos, e dois eram suplentes. A impugnação foi pedida pelo MPCE, após vereadores afirmarem em público que apoiaram diretamente candidatos, violando regras eleitorais. Em Fortaleza, 20 candidatos são investigados.

Foto: Helene Santos

MPCE pede impugnação de 20 candidaturas ao Conselho Tutelar de Fortaleza

Vinte candidaturas ao Conselho Tutelar de Fortaleza estão na mira do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). A 78ª Promotoria de Justiça de Fortaleza protocolou, nesta terça-feira (15), pedidos de impugnação de dez candidatos eleitos como conselheiros titulares e dez suplentes por supostas irregularidades na eleição. Os nomes não foram divulgados, pois os pedidos estão em segredo de Justiça.

Foto: Câmara Municipal de Caucaia

MP pede o afastamento da presidente da Câmara Municipal de Caucaia; ela nega a acusação

O Ministério Público pediu o afastamento da presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Natécia Campos (PMB), por suposto ato de improbidade. O MP acusa a vereadora de ter empossado irregularmente um suplente sem que ele tivesse diploma da Justiça Eleitoral. Natécia nega e diz que já anexou o diploma do vereador aos autos. A ação é movida pelo PSL.

Prefeito de Paracuru é alvo de quatro ações por improbidade administrativa

O prefeito de Paracuru, Eliabe Albuquerque (PSDB), é alvo de quatro ações civis públicas por improbidade administrativa, todas resultantes de denúncias do Ministério Público do Ceará (MPCE). Uma delas trata de compra de combustíveis sem licitação e outra de contratação de empresa pertencente a servidor público. Albuquerque foi eleito vice-prefeito e assumiu após a cassação de José Ribamar Barroso, em 2018.

Denunciado pelo MPCE, prefeito de Paracuru tem processo ainda indefinido na Câmara Municipal

Comissão processante da Câmara de Paracuru decidiu, por 2 votos a 1, arquivar denúncia contra o prefeito Eliabe Albuquerque (PSDB). O relator Francisco Genival (PV) votou pelo arquivamento e foi acompanhado por Carolina Bernardo (PSL). O presidente da comissão, Domenico Sassone (PSB), votou pela continuidade. O plenário da Casa deve votar nesta semana se aceita ou não o arquivamento.