-  

Ex-deputada Rachel Marques substitui Mirian Sobreira e é a nova secretária-executiva de Política sobre Drogas

A ex-deputada estadual Rachel Marques foi nomeada pelo governador Camilo Santana (PT) como nova secretária-executiva de Política sobre Drogas. Ela substitui Mirian Sobreira (PT), que deixou o cargo por conta do prazo de desincompatibilização para disputar a prefeitura de Iguatu. Rachel é esposa do prefeito de Quixadá, Ilário Marques, psicóloga e mestre em saúde pública.

Foto: José Leomar
  -  

Agenor Neto ficou no MDB e com o controle do PSB em Iguatu de olho nas eleições

O deputado Agenor Neto ficou no MDB. Ele tentava ir para o PSB, de olho na eleição em Iguatu. No fim das contas, a sigla pessebista acabou nas mãos do seu grupo político. O filho, Ilo Neto, e o ex-prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, se filiaram ao PSB. Um deles será candidato a prefeito do município contra o grupo da ex-deputada Mirian Sobreira.

Foto: José Leomar
  -  

Mirian Sobreira se filia ao PT em evento com cúpula do partido no Ceará

A ex-deputada Mirian Sobreira se filiou, na quinta-feira (23), ao PT, e confirmou desembarque do PDT. O evento contou com a cúpula petista no Estado. A mudança foi articulada pelo deputado federal José Guimarães, que busca montar uma base eleitoral do partido em Iguatu, onde o grupo de Mirian tem influência e ela é cogitada para disputar a Prefeitura.

Foto: Divulgação
  -  

Ex-deputada Mirian Sobreira bateu o martelo: vai trocar o PDT pelo PT, de olho na Eleição em Iguatu

A ex-deputada Mirian Sobreira bateu o martelo: vai sair do PDT e se filiar ao PT no próximo dia 23. A mudança vem sendo construída desde o ano passado. A demora se deu por conta de tratativas com o PDT. De olho na Prefeitura de Iguatu, o cenário promete ser disputado entre aliados: Mirian, Agenor Neto (MDB) e o prefeito Ednaldo Lavor (PSD).

Foto: Helene Santos
  -  

Mirian Sobreira vive impasse em trocar PDT pelo PT; disputa de 2020 em Iguatu pesa

Partido não é problema para a ex-deputada Mirian Sobreira se quiser disputar a Prefeitura de Iguatu. De um lado, tem o PT, que já trata ela como pré-candidata, com convite do ex-presidente Lula. Do outro, tem Cid Gomes, líder do PDT, atual partido dela, que pediu para ficar. Não é à toa, Mirian e a família Sobreira tem seus votos no Estado.

Foto: Divulgação
  -  

Mirian Sobreira vai trocar o PDT pelo PT de olho nas Eleições de 2020

A ex-deputada Mirian Sobreira, atual secretária executiva de Políticas Sobre Drogas do Estado, vai deixar o PDT nos próximos dias e se filiar ao PT. A mudança é articulada junto ao deputado José Guimarães e visa às Eleições de 2020. Ela pode disputar a Prefeitura de Iguatu, comandada pelo seu grupo político. Mirian teve até a “benção” de Lula.