-  

Dezoito prefeituras cearenses anunciam lockdown em conjunto; veja lista

Dezesseis dos 18 municípios da Região Metropolitana de Sobral e dois da Região Norte entram lockdown na segunda-feira (8).  São eles: Alcântaras, Cariré, Coreaú, Forquilha, Graça, Groaíras, Mucambo, Meruoca, Moraújo, Pacujá, Reriutaba, Pires Ferreira, Varjota, Santana do Acaraú, Massapê, Sobral, além de Uruoca e Santa Quitéria.

  -  

Vereador Jorge Pinheiro diz que Sarto garantiu sanção de projeto que torna igrejas essenciais na pandemia

O vereador Jorge Pinheiro (PSDB) subiu à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza para informar aos colegas parlamentares que o prefeito José Sarto (PDT) garantiu a sanção do projeto de lei aprovado na Casa que reconhece igrejas e templos religiosos de qualquer crença como essencial. “Ele se comprometeu a sancionar esse projeto de lei”, disse.

Foto: Reprodução
  -  

Com novo decreto rígido na Capital, Câmara Municipal deve fechar e votações serão virtuais

Com o novo decreto de lockdown na Capital, a Câmara Municipal deve ser fechada a partir de sexta (5), e as votações deverão ocorrer de forma virtual. É o que projetam vereadores. A resolução da Câmara determina votação presencial ou virtual, mas o decreto proíbe o funcionamento de atividades não essenciais pelos próximos 15 dias.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Decreto de lockdown é tema de embates entre base e oposição na Câmara Municipal de Fortaleza

O decreto de lockdown em Fortaleza, anunciado nesta quarta (3) pelo governador Camilo e o prefeito Sarto, gerou embates na Câmara Municipal. Enquanto a base defendeu a medida diante do aumento no número de casos e de ocupação de leitos nos hospitais, parte da oposição criticou os impactos na economia e criticou a assistência prestada nas UPAs.

Foto: Alessandra Castro
  -  

Prefeito de Sobral deve anunciar ‘lockdown’ no município ainda hoje

O município de Sobral, maior da Zona Norte, deve entrar em ‘lockdown’ a exemplo do que aconteceu com Fortaleza e outras cidades cearenses. A cidade é uma das que está com risco considerádo ‘altíssimo’ para a Covid-19 e tem os leitos de UTI praticamente lotados. O prefeito Ivo Gomes (PDT) está reunido com auxiliares tratando das medidas.

Foto: José Leomar
  -  

Análise: situação crítica da pandemia força o lockdown em Fortaleza

Com cerca de 10 capitais à beira do colapso no sistema de saúde e com a piora simultânea da pandemia nos estados e municípios, o Brasil viu 1,9 mil pessoas morrerem de Covid-19, ontem (3). No Ceará, a preocupação com o pico de casos, que deve acontecer ainda neste mês, fez com que o governo estadual decretasse lockdown em Fortaleza. Leia análise de Inácio Aguiar.

  -  

OAB pede ao Governo do Estado liberdade de circulação de advogados durante lockdown em Fortaleza

O presidente OAB-CE, Erinaldo Dantas, solicitou ao Governo do Estado, nesta quarta-feira (3), que o decreto de lockdown em Fortaleza, a ser publicado na quinta (4), traga registro expresso de liberdade de circulação da advocacia. “Pessoas serão presas, estabelecimentos serão fechados e é necessária a atuação de advogadas e advogados”, argumentou, nas redes sociais.

  -  

Análise: Dr. Cabeto cobra diálogo com governo federal para adoção de medidas de restrição

Para o secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, o Brasil devia estar em ‘lockdown’ há mais de duas semanas. Ele explicou que o Ceará não ainda adotou a medida por causa dos seus impactos socioeconômicos, e cobra posição do Executivo Nacional. “O presidente discorda do protocolo adotado pelo Ceará, mas precisamos saber qual a posição do governo (federal) sobre o que fazer”. Leia análise.

Foto: José Leomar
  -  

Análise: governadores cobram chefes do Congresso Nacional por auxílio em meio à pandemia

Com o temor de novos picos de Covid-19, governadores adotam medidas restritivas mais severas, mas tentando proteger a economia. Sem auxílio emergencial, um lockdown colocaria a população em situação de miséria. Por isso, gestores fazem coro pelo auxílio e pela criação de um orçamento para a saúde aos presidentes da Câmara e do Senado. Leia análise.

Foto: Agência Brasil
  -  

Análise: piora no quadro da Covi-19 no País reabre debates sobre ‘lockdown’

À medida que a demanda por leitos de UTI cresce no País, causada pelo maior número de casos de Covid-19, governadores apertam regras de isolamento e aproximam-se de lockdown. No Ceará, com 91% de ocupação de leitos, o atual decreto tem validade até o fim da semana. Bahia e Rio Grande do Sul apertam as regras. Leia análise de Inácio Aguiar

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Análise: danos ao setor produtivo impede ‘lockdown’ no Ceará, apesar de maiores restrições

O governador Camilo Santana anunciou nesta quarta-feira(17) medidas mais rígidas para tentar conter propagação do coronavírus, após reunião do comitê estadual de enfrentamento à Covid-19. O que parece impedir o gestor de decretar ‘lockdown’ é o cuidado com o setor produtivo, que já vem sofrendo com a recessão econômica. Leia análise de Inácio Aguiar.

  -  

Análise: reunião de conselho estadual sobre a Covid-19 aumenta expectativas de novo lockdown

Após Camilo Santana negar boatos sobre lockdown, a decisão sobre a situação sairá em reunião do comitê de avaliação da Covid-19 no Ceará, hoje (17). Deve ser considerado o aumento de casos e mortes pela doença e o impacto econômico da medida. A possibilidade, que já carrega problemas deste ponto de vista, ainda é mais delicada com a incerteza sobre o auxílio emergencial.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Camilo Santana alerta para fake news sobre lockdown: “Esse vídeo foi feito em 19 de março”

O governador Camilo Santana (PT) divulgou nota hoje (21) desmentindo determinação de lockdown atual no Ceará. Circula nas redes sociais uma gravação de 19 de março que prevê a medida entre os dias 20 e 29 daquele mês. “Mais uma vez usam as redes sociais para tentar enganar as pessoas, principalmente em véspera de eleição“, escreveu Camilo.

Foto: Reprodução
  -  

‘Vou incentivar uma rebelião contra qualquer lockdown’, diz Heitor Freire em entrevista ao PontoPoder

“Já deixo claro que se outro lockdown acontecer, eu vou para o ‘front’, vou incentivar uma rebelião contra qualquer lockdown”

Heitor Freire em entrevista ao PontoPoder na Verdinha AM 810 na manhã desta sexta-feira (30). Apesar de se contra o lockdown, o candidato do PSL se diz ser a favor do distanciamento social, do uso de máscara e do álcool em gel.

Foto: Thiago Gadelha