-  

Pautada nesta quinta (10), LDO é aprovada em primeira discussão na Câmara de Fortaleza

Vereadores de Fortaleza aprovaram na sessão desta quinta-feira (10), em primeira discussão, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da Capital. A Mensagem do prefeito José Sarto (PDT) estava prevista para ser apreciada na sessão de quarta (9). A matéria segue em plenário para segunda discussão, e tende a ser aprovada na Casa.

  -  

Em meio à pandemia, Câmara de Fortaleza aprova LDO 2021 com redução na previsão de receita

A CMFor aprovou hoje (15) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021, que guiará o projeto de Lei Orçamentária Anual a ser enviado à Casa até outubro. O Orçamento está previsto em R$ 9,14 bilhões, R$ 200 mi a menos que a previsão inicial. Saúde, educação e mobilidade urbana serão as prioridades de investimentos. A LDO também foca na retomada econômica e proteção social pós-pandemia.

 

  -  

LDO de Fortaleza deve ser votada nesta quarta (15) em sessão virtual da Câmara

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que precede a Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano, deve ser votado amanhã (15) na Câmara Municipal de Fortaleza. Apenas oito emendas ao projeto do Executivo, das 34 apresentadas pelos vereadores, foram aprovadas hoje pela Comissão Conjunta. Duas foram rejeitadas e 24, retiradas pelos próprios autores.

  -  

Reunião para discutir a LDO é adiada mais uma vez na Câmara Municipal de Fortaleza

A reunião da Comissão Conjunta para discutir o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foi adiada para amanhã (14), às 14h, depois de programada inicialmente para sexta-feira (10) e remarcada para esta segunda. O vereador Renan Colares (PP), relator da proposta, pediu mais tempo para concluir os pareceres sobre as 34 emendas apresentadas pelos parlamentares.

Foto: Câmara Municipal de Fortaleza
  -  

Reunião para discutir LDO na Câmara Municipal de Fortaleza é adiada

Prevista inicialmente para esta sexta-feira (10), a reunião virtual que vai discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na CMFor foi adiada para a tarde de segunda (13). A Comissão Conjunta de Constituição, Justiça, Legislação Participativa, Orçamento, Fiscalização e Administração Pública já recebeu 34 emendas à proposta do Executivo.