Foto: José Leomar

Líder do Governo na Assembleia apresenta moção de apoio e repudia ataque com fake news ao secretário da Saúde

“É inquestionável a competência e a experiência profissional do titular da saúde do nosso estado, sendo uma figura respeitada e reconhecida pela classe médica”

O líder do Governo Estadual na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania), apresentou moção de apoio ao secretário da Saúde, Dr. Cabeto, na qual repudia ataques com fake news contra o titular da Sesa.

‘Adotar medidas de isolamento mais rigorosas é essencial’, defende líder do Governo Camilo na Assembleia

Adotar medidas de isolamento social mais rigorosas neste momento é essencial para salvar a vida de centenas de cearenses. A medida, já adotada em outros países, colaborou para conter a curva de contágio da doença”.

Júlio César Filho (Cidadania), líder do Governo Estadual na Assembleia, sobre renovação do decreto que permite apenas funcionamento de serviços essenciais no Ceará.

Foto: José Leomar

Líder do Governo propõe na Assembleia redução das mensalidades escolares durante pandemia

O líder do Governo na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania), apresentou um projeto de lei para redução de, no mínimo, 30% das mensalidades de escolas privadas no Ceará durante a pandemia do coronavírus. Ele justifica que as escolas estão com as despesas reduzidas nesse período. O deputado Nezinho Farias (PDT) tem projeto semelhante.

Foto: Camila Lima

Governo do Estado cogita decretar calamidade pública no Ceará por coronavírus

O comitê estadual de enfrentamento ao coronavírus, diante do aumento de casos da doença, já cogita decretar estado de calamidade pública no Ceará e enviar uma mensagem à Assembleia para isto. O líder do governo na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania), repassou a informação aos colegas durante sessão virtual hoje (27).

Tin Gomes é mais um deputado cearense com diagnóstico de coronavírus

O deputado estadual Tin Gomes (PDT), primo de Ciro e Cid Gomes, é mais um dos parlamentares do Legislativo Estadual a ser diagnosticado com coronavírus. Além dele, os deputados estaduais Júlio César Filho (Cidadania) e Queiroz Filho (PDT) contraíram a doença. Todos estão em isolamento social.

Assembleia Legislativa interdita plenário e estuda possibilidade de realizar sessões virtuais

Após o líder do governo na Casa, deputado Júlio César (Podemos) ter revelado seu resultado positivo para o Covid-19, a Assembleia Legislativa interditou o plenário. Tem sido estudada a possibilidade de se realizar sessões virtuais, para que os trabalhos legislativos possam ter continuidade.

Foto: José Leomar

PMs tentam sensibilizar Governo pela derrubada de decreto que enfraqueceu associações

Antes das discussões salariais, o representante dos PMs, Soldado Noélio (Pros) pediu, hoje, ao líder do Governo, Júlio César Filho (Cidadania), que interceda pela derrubada do decreto assinado por Camilo Santana, que bloqueou repasses descontados em folha para associações de militares. A medida estaria prejudicando serviços prestados aos policiais.

 

 

Júlio César Filho nega especulações de que vai sair do Cidadania e se filiar ao PSB

O deputado Júlio César Filho, hoje no Cidadania, nega que vai se filiar ao PSB. As especulações surgiram em meio às conversas dele com o presidente estadual do PSB, Denis Bezerra, para a eleição à Prefeitura de Maracanaú, que Júlio vai disputar. Segundo ele, as conversas são para selar a aliança ao nome dele e para montar a chapa de vereadores.

Líder do governo vai pedir quebra de interstício para votação de PEC da anistia

Para garantir que a segunda votação da PEC da anistia ocorra logo depois da primeira, o líder do governo na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania), vai apresentar um pedido para quebra de interstício. Com isso, ele quebra o intervalo de 48 horas que precisaria ter entre as votações no 1º e 2º turno de uma emenda constitucional.

Manifestantes esvaziam plenário na hora do discurso do líder do governo na AL-CE

Manifestantes que protestam contra o plano de reestruturação salarial dos militares esvaziaram as galerias do plenário da Assembleia Legislativa na hora em que o líder do governo, deputado Júlio César Filho (Cidadania), subiu à tribuna. Antes, o deputado Soldado Noélio (Pros), da oposição, tinha se pronunciado e puxado reações efusivas da categoria.