-  

Prefeito de Granjeiro nega envolvimento na morte do antecessor e diz confiar na Justiça

O prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, suspeito de envolvimento na morte do antecessor, João Gregório Neto, quebrou o silêncio, nesta tarde de sexta (10), a respeito do crime. Ticiano nega qualquer envolvimento no assassinato e diz que “estão tentando  destruir a mim, minha família e minha administração”. O gestor diz confiar na Polícia e na Justiça.

Foto: Divulgação
  -  

Aprece defende rápida elucidação e punição aos envolvidos na morte do prefeito de Granjeiro

O presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, cobra uma rápida elucidação do assassinato do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto. Como é um crime que pode ter características políticas, defende ele, a resolução precisa ser rápida, “para evitar que pessoas queiram fazer justiça com as próprias mãos”, disse.

Foto: Helene Santos
  -  

Polícias Civil e Militar mantêm buscas pelos suspeitos da morte do prefeito de Granjeiro, diz Secretaria de Segurança

A Secretaria da Segurança Pública informou, nesta noite, que as Polícias Civil e Militar mantêm as buscas pelos suspeitos da morte do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, o João do Povo (foto). “Diversas pessoas prestaram depoimento desde o dia do crime. Mais informações serão divulgadas em momento oportuno para não comprometer o andamento das investigações”.

Foto: Instagram/Prefeitura de Granjeiro
  -  

Posse de vice-prefeito de Granjeiro é marcada para esta sexta-feira (27)

A posse do vice-prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé (PSDB), como chefe da Prefeitura foi marcada para esta sexta (27), às 15h. Segundo o presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira, a cerimônia iria ocorrer na segunda (30), mas foi antecipada devido à “necessidade”. Tomé assume após o prefeito da cidade do Cariri, João Gregório Neto, ser assassinado.