Foto: José Leomar

Vereador quer criar Dia Municipal do Filho e da Filha em Fortaleza

Está na pauta desta quarta-feira (26) da Câmara Municipal de Fortaleza projeto de lei de autoria do vereador Idalmir Feitosa (PL) que institui o Dia Municipal do Filho e da Filha na Capital. Se aprovada a proposta, a data será comemorada, anualmente, em 23 de setembro. Segundo o autor, o objetivo é que os pais “possam repensar suas rotinas” e dedicar um tempo exclusivamente à família.

Foto: Camila Lima

Frota Cavalcante e Idalmir Feitosa cobram atualização de suas situações partidárias no site da Câmara

Os vereadores Frota Cavalcante e Idalmir Feitosa (foto), filiados anteriormente ao Podemos e PL, respectivamente, utilizaram a tribuna da Câmara de Fortaleza para cobrar a mudança na identificação da sigla deles no site da Casa. Os dois se filiaram em abril ao PSD e querem ser reconhecidos como aliados do grupo de Domingos Filho.

Foto: Fabiane de Paula

Vereador propõe remissão do crédito do IPTU em Fortaleza por 90 dias durante pandemia

Está na pauta da sessão plenária da Câmara Municipal de Fortaleza desta terça (9) um projeto de indicação do ver. Idalmir Feitosa (PSD) que sugere à Prefeitura extinguir o crédito tributário do IPTU para proprietários de imóveis que estejam desempregados ou com renda de até três salários mínimos, por um período de 90 dias, a partir de 1º de maio.

Idalmir Feitosa e Dr. Eron discutem a respeito do Regimento Interno da Câmara Municipal

Durante votação de requerimento nesta quarta (27), Idalmir Feitosa e Dr. Eron discutiram no plenário da Câmara. Idalmir reclamou que vereadores estavam desviando o foco da justificativa de voto e falando sobre assuntos que não se encaixavam ali, o que, segundo ele, vai contra o Regimento Interno da Casa. Dr. Eron rebateu que o vereador é livre para falar e não pode ter o uso da tribuna controlado.

Idalmir Feitosa e Ésio Feitosa entram em embate sobre vetos do prefeito

Vetos do prefeito Roberto Cláudio a projetos de vereadores levaram a embate entre Idalmir Feitosa e o líder do governo, Ésio Feitosa. A discussão ocorreu quando Idalmir, ao ler a pauta da sessão desta quarta-feira (20), afirmou que os vetos dão a entender “que o prefeito quer ensinar a gente a legislar”. Ésio reclamou que “não era momento” para críticas.

Novo reitor da UFC gera protestos nas sessões da Câmara e da Assembleia

As sessões da Câmara e da Assembleia começaram com a UFC no centro dos debates. O deputado Elmano (PT) disse que o novo reitor, Cândido Albuquerque, terá que “renunciar ao cargo”. Idalmir Feitosa (PDT), vereador,  reconheceu que Bolsonaro tem prerrogativa de indicar reitor, mas a nomeação é “questionável”. Guilherme (PT) rebateu declarações de Cândido.