Em busca de apoio, Heitor Ferrer tem reunião com Paulinho da Força de olho nas Eleições da Capital

O deputado Heitor Ferrer (SD) embarca no próximo dia 19 para Brasília. Ele vai se reunir com o presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força. A pauta: Eleições 2020. Ferrer quer disputar a Prefeitura de Fortaleza, mas precisará de estrutura para isso. Ou seja, o mínimo de recursos para financiar sua campanha.

Heitor quer saber se visita de Camilo a Lula foi paga com dinheiro público

O deputado Heitor Férrer (SD) quer esclarecimentos sobre a viagem do governador Camilo Santana (PT) para visitar o ex-presidente Lula (PT), em Curitiba. Segundo Férrer, a Assembleia já aprovou seu requerimento para saber se a viagem foi custeada pelo Estado ou pelo governador. As informações sobre os gastos devem ser enviadas em até 30 dias.

Heitor Ferrer articula com vereador de Fortaleza as eleições de 2020

O deputado Heitor Ferrer, presidente do Solidariedade em Fortaleza, se reuniu com o vereador do partido na Capital, Odécio Carneiro, nesta quinta (22), nas salas da Assembleia. O assunto: Eleição 2020. Heitor quer disputar a Prefeitura, de novo, mas, para isso, terá que fortalecer o partido.

Heitor Ferrer propõe CPI das “estradas Sonrisal”

O deputado Heitor Ferrer (SD) está colhendo assinaturas para protocolar pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Assembleia, para investigar a durabilidade do asfalto das rodovias estaduais. Ele precisa de 12 assinaturas, até agora, tem três, uma delas da Fernanda Pessoa (PSDB). Seria a CPI das estradas Sonrisal: “não podem ver água”.

Heitor vai à PGR contra PEC da aposentadoria especial para conselheiros do extinto TCM

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) irá a Brasília no dia 28 deste mês para se reunir com representantes da Procuradoria-Geral da República (PGR). O motivo? Ele quer que seja ajuizada uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a PEC da aposentadoria especial dos conselheiros do extinto Tribunal de Contas do Município (TCM), aprovada pela Assembleia em junho. Férrer já havia levado uma representação ao MPCE contra a PEC após a aprovação.