Ainda não há acordo entre grupo internos do PT para o comando da sigla na Capital

Um “acordo” a respeito da eleição interna no PT da Capital só é possível com a inclusão da candidatura de Liliane Araújo. Ainda há divergências entre o grupo dela e de Guilherme Sampaio, o mais votado no primeiro turno. Se Raimundo Angelo, o segundo colocado, retirar de forma isolada a candidatura, haveria segundo turno entre Guilherme e Liliane.