-  

Quase 80% dos indeferimentos no Ceará foram por ausência de requisitos

A ausência de requisito de registro é a principal causa de indeferimento das candidaturas no Ceará. São 479 candidatos indeferidos por esta razão, o que representa 78,4%. Em relação aos impedimentos por conta da lei da Ficha Limpa, o número chega a 81 candidatos. Indeferimento de partido ou coligação, abuso de poder e partido invalidado não são citados.

  -  

Ceará já tem 80 candidatos indeferidos com base na Lei da Ficha Limpa

Chega a 83 o número de candidatos cearenses indeferidos pela Justiça Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa. Ao todo, são 15 candidatos a prefeitos, quatro a vice-prefeitos e 64 a vereadores. Até a manhã deste sábado (24), 36 postulantes apresentaram recurso contra a decisão que os impede de concorrer.

  -  

Justiça Eleitoral do Ceará já indeferiu oito candidaturas a prefeito com base na Lei da Ficha Limpa

Das 50 candidaturas indeferidas no Ceará com base na Lei da Ficha Limpa, oito são de prefeitos. Há casos em Morrinhos, Guaiúba, Canindé, Martinópolis, Granja, Chaval, Guaraciaba do Norte e Iguatu. Em cinco casos, pelo menos, o indeferimento foi alvo de recurso. Nas outras situações, os postulantes já são considerados “inaptos“.