-  

Projeto em tramitação prevê proteção até para fetos clonados e concebidos por violência sexual

A vereadora Priscila Costa (PSC) está propondo, em Fortaleza, o Estatuto do Nascituro. A proposta foi lida na sessão desta terça (23) e prevê a “proteção integral” de indivíduos ainda não nascidos, inclusive “produzidos mediante clonagem“, prática proibida no País, ou concebidos por violência sexual. O projeto, que trata de temática federal, deve gerar polêmica.

Foto: Camila Lima