Flávio Dino aponta ‘grave ilicitude’ em fala de Eduardo Bolsonaro e defende sanção

“Na medida que um parlamentar utiliza do seu mandato para defender a destruição da democracia, a começar no âmbito interno do Parlamento, deve receber algum tipo de sanção, porque a imunidade não protege quebra de decoro”

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, em Fortaleza, ao responder sobre declaração de Eduardo Bolsonaro (PSL) sobre o AI-5.

Foto: José Leomar

“É repugnante”, diz Camilo Santana sobre a fala de Eduardo Bolsonaro

O governador Camilo Santana (PT) reagiu, na tarde de hoje (31) à declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro, que que poderia estar por vir um “novo AI-5”. Para Camilo, a fala do parlamentar é “repugnante”. Por meio das redes sociais, ele encerrou: “respeitem nosso País”.

Foto: Saulo Roberto

Após reviravolta, Heitor Freire é destituído do posto de vice-líder do PSL na Câmara

Em meio ao racha no PSL, o deputado federal cearense Heitor Freire foi destituído da vice-liderança da bancada do partido na Câmara dos Deputados. Os 12 vice-líderes perderam os respectivos postos após a confirmação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, na liderança da legenda na Casa. O cearense havia assinado lista que apoiava a manutenção de Delegado Waldir no comando.

Foto: Agência Senado

Tasso diz que indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada atrapalha reforma

Para o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada em Washington poderá atrapalhar o andamento da reforma da Previdência na Casa. A indicação ainda não foi oficializada por Bolsonaro, pai do deputado. “Desidratar, não sei, mas atrapalha, sim. Provavelmente, vai criar má vontade onde não existe”.