Deputado cearense, aliado de Camilo, critica fechamento de igrejas em ‘live’ com Eduardo Bolsonaro

“Aqui no Ceará estamos de baixo de um decreto que não vamos suportar. Se esse decreto continuar, vamos na próxima semana abrir nossas igrejas de forma ordenada e se tiver que prender prendam, porque não somos agentes do mal, somos colaboradores”

Dr. Jaziel, deputado federal cearense (PL), aliado do governador, em live com deputado Eduardo Bolsonaro hoje (1º).

Flávio Dino aponta ‘grave ilicitude’ em fala de Eduardo Bolsonaro e defende sanção

“Na medida que um parlamentar utiliza do seu mandato para defender a destruição da democracia, a começar no âmbito interno do Parlamento, deve receber algum tipo de sanção, porque a imunidade não protege quebra de decoro”

Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, em Fortaleza, ao responder sobre declaração de Eduardo Bolsonaro (PSL) sobre o AI-5.

Foto: José Leomar

“É repugnante”, diz Camilo Santana sobre a fala de Eduardo Bolsonaro

O governador Camilo Santana (PT) reagiu, na tarde de hoje (31) à declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro, que que poderia estar por vir um “novo AI-5”. Para Camilo, a fala do parlamentar é “repugnante”. Por meio das redes sociais, ele encerrou: “respeitem nosso País”.

Foto: Saulo Roberto

Após reviravolta, Heitor Freire é destituído do posto de vice-líder do PSL na Câmara

Em meio ao racha no PSL, o deputado federal cearense Heitor Freire foi destituído da vice-liderança da bancada do partido na Câmara dos Deputados. Os 12 vice-líderes perderam os respectivos postos após a confirmação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, na liderança da legenda na Casa. O cearense havia assinado lista que apoiava a manutenção de Delegado Waldir no comando.

Foto: Agência Senado

Tasso diz que indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada atrapalha reforma

Para o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada em Washington poderá atrapalhar o andamento da reforma da Previdência na Casa. A indicação ainda não foi oficializada por Bolsonaro, pai do deputado. “Desidratar, não sei, mas atrapalha, sim. Provavelmente, vai criar má vontade onde não existe”.