-  

Pai e filho se elegem prefeitos de Eusébio e Aquiraz, cidades vizinhas

Duas cidades vizinhas e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) terão gestões de pai e filho. Dr. Acilon Gonçalves (PL) foi eleito prefeito do Eusébio com 67,30% dos votos válidos. O filho Dr. Bruno Gonçalves (PL) venceu na cidade vizinha, Aquiraz, com 53,88%.

Foto: Reprodução Facebook
  -  

Meio milhão de pessoas não votou ou não escolheu candidato em Fortaleza

O número de votos brancos, nulos e abstenções em 2020 superou (e muito) a votação de 2016 no município de Fortaleza. Foram 50.234 votos brancos (3,53%), 92.295 votos nulos (6,48%) e 397.774 abstenções (21,84%), totalizando 540.303 pessoas que não votaram ou não escolheram candidatos na capital cearense (31,85%). Valor acima dos 26,62% em 2016.

 

Foto: Agência Brasil
  -  

51,80% das urnas apuradas: Sarto lidera em Fortaleza; contagem indica segundo turno, na Capital

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apurou 51,80% das urnas eletrônicas, em Fortaleza. Com esse total, Sarto (PDT) lidera a corrida pela Prefeitura da Capital, com 35,80% dos votos. Logo após ele, vem Capitão Wagner (Pros), com 33,08% dos votos. Luizianne Lins (PT) aparece logo em seguida, com 17,81% dos votos. Essa contagem preliminar indica que haverá disputa no segundo turno.

QUEM VENCE POR ZONA ELEITORAL?
Em disputa: 17 zonas eleitorais em Fortaleza
Fonte: TSE

PLACAR
José Sarto (11 zonas) x Capitão Wágner (6 zonas); acompanhe voto a voto

Foto: Shutterstock
  -  

Problema no sistema atrasa divulgação de resultados da apuração, informa TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que uma lentidão no processo de totalização (soma) dos votos está provocando atraso na divulgação dos resultados da apuração. O órgão não emite nenhuma informação há cerca de duas horas, mas informou que o problema está sendo resolvido pelos técnicos. “Ressaltamos que não há nenhuma relação com o vazamento de dados pessoais de servidores e nenhuma relação com a tentativa de ataque cibernético registrada pela manhã”, disse o órgão, em nota.

  -  

Eleitor reclama de mudança de local de votação

Kauã Cristian, 25, chegou poucos minutos antes das 17h. Sua seção ficava na Universidade Estadual do Ceará (Uece), onde sempre votou. No entanto, ao chegar lá, descobriu que seu local havia sido alterado e ele não conseguiu votar. “Como eu ia saber que haviam mudado a seção? Queria que melhorassem a forma de informar essas mudanças e explicassem por que mudou”, reclama.

  -  

Fiscal em Caucaia fala de “sentimento de insegurança” na seção eleitoral

O estudante Paulo Matheus, 20 anos, atuou como voluntário na eleição de Caucaia. Fiscal na Escola Economista Rubens Vaz, afirmou que não esperava o excesso de pessoas na votação. “A gente espera que seria complicado, mas segurança nunca é demais. Não sabia que seria uma aglomeração tão grande, estamos rodeado de pessoas e o sentimento é de insegurança”, declarou.

Foto: Alexandre Mota
  -  

Força Nacional intensifica fiscalização em Caucaia

O dia de votação no município da Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, foi marcado por muita segurança com a presença da Força Nacional. O bairro Jurema recebeu rotas dos agentes de segurança e teve fiscalizar ostensiva nas seções de votação.

Foto: Alexandre Mota