Volume de denúncias na eleição do Conselho Tutelar prorroga homologação de eleitos

A Comissão Especial responsável pela eleição do Conselho Tutelar de Fortaleza prorrogou para 1° de novembro a homologação dos novos conselheiros. O motivo é o volume de denúncias de condutas vedadas contra candidatos eleitos e suplentes e o tempo hábil para a tramitação. O MPCE pediu impugnação de 20 candidatos, 10 eleitos e 10 suplentes.