-  

Justiça condena Delegado Cavalcante a pagar R$ 5 mil para Heitor Freire por propaganda antecipada negativa

A juíza da 118ª Zona Eleitoral de Fortaleza, Mirian Porto, condenou o deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL) a pagar multa de R$ 5 mil ao prefeiturável Heitor Freire (PSL), por fazer propaganda antecipada negativa contra Freire em setembro. Os dois são correligionários e romperam politicamente ainda em 2019. Desde então, trocam farpas.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Justiça Eleitoral manda Facebook retirar publicação de entrevista de Delegado Cavalcante com acusações a Heitor Freire

A juíza da 118ª zona eleitoral de Fortaleza mandou, nesta quinta, o Facebook remover a publicação de uma entrevista do deputado Delegado Cavalcante (PSL) com acusações ao deputado Heitor Freire (PSL), candidato na disputa em Fortaleza. Para ela, houve ofensa à honra e à dignidade do candidato com “informações inverídicas”. Cavalcante tem dois dias para apresentar defesa.

  -  

Cavalcante acusa presidente estadual do PSL de “perseguição” e tenta se desfiliar do partido

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) escancarou os conflitos com o deputado federal Heitor Freire, inimigo dele e presidente do partido no Ceará. Na Assembleia, hoje (24), Cavalcante levou um camalhaço de processos e acusou Freire de perseguição. O parlamentar está tentando se desfiliar do PSL  e abriu um processo na Justiça. Heitor é candidato à Prefeitura de Fortaleza.

  -  

Delegado Cavalcante articula desfiliação do PSL a tempo das eleições 2020

O deputado Delegado Cavalcante está na expetativa para se desfiliar do PSL antes das eleições. Ele disse que o processo está se encaminhando. Ele e o deputado André Fernandes, que saiu do PSL também, romperam com o deputado Heitor Freire, presidente do partido no Ceará. Nenhum dos dois deputados vai apoiar Freire na disputa à Prefeitura de Fortaleza.

  -  

Delegado Cavalcante diz que André Fernandes foi vítima de uma “pegadinha” do PSL

O deputado Delegado Cavalcante questiona a ação do PSL de pedir, na Justiça, o mandado do colega André Fernandes, como publicou a coluna Poder, do Diário do Nordeste, na edição de hoje. Para ele, Fernandes foi alvo de uma “pegadinha”, pois o partido emitiu um documento atestando que não havia objeção à saída do parlamentar. “Armação da pior espécie”, diz.

Foto: José Leomar
  -  

Escudeiro de Bolsonaro, Delegado Cavalcante já fechou apoio à pré-candidatura de Capitão Wagner

No PSL só de corpo presente, por conta de restrições de fidelidade partidária, o deputado Delegado Cavalcante é o fiel escudeiro do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia. Para as eleições deste ano, ele já fechou acordo com a pré-candidatura de Capitão Wagner. Segundo ele, o colega André Fernandes, que deixou o PSL, também fechou apoio.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

A convite de Cavalcante, Flávio Bolsonaro aparece em sessão virtual da Assembleia Legislativa

Ao falar de um projeto seu na sessão virtual da Assembleia Legislativa do Ceará, hoje (16), o deputado Delegado Cavalcante (PSL) surpreendeu os parlamentares ao chamar o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) para dar um “oi” e disse: “aqui tem trabalho”. Nenhum deputado se manifestou. Cavalcante está em Brasília, nas tratativas para mudança de partido.

  -  

André Fernandes e Delegado Cavalcante procuram novo partido; Republicanos está no radar

Os deputados estaduais André Fernandes e Delegado Cavalcante, bolsonaristas de primeira hora no Ceará, procuram outro partido. Fernandes já se desfiliou do PSL, Cavalcante está encaminhando a saída. O Republicanos está no radar deles. Fernandes já conversou com Ronaldo Martins, presidente da sigla no Estado, e deve se reunir nos próximos dias.

Foto: José Leomar
  -  

Delegado Cavalcante nega existência de ‘gabinete do ódio’ e diz ser favorável a CPI na Assembleia

“Estou torcendo que essa CPI venha a funcionar, muitas coisas irão ser esclarecidas”

Delegado Cavalcante (PSL) sobre o pedido protocolado pelo colega Acrísio Sena para investigar a existência de um grupo especializado em espalhar notícias falsas no Ceará, uma possível ramificação do chamado “gabinete do ódio”, que Cavaltante diz nunca ter existido.

  -  

Projeto de lei que proíbe uso de cerol é aprovado na Assembleia

Deputados aprovaram, nesta quinta (21), projeto de lei do deputado Delegado Cavalcante (PSL) que proíbe no Estado a utilização de fio com cerol, da linha chilena ou qualquer tipo de material cortante para empinar pipa ou raia. Ele justifica o risco aos motociclistas nas ruas. O projeto seguirá para o governador que pode sancionar ou vetar.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
  -  

Delegado Cavalcante desiste de mandado de segurança contra lei do desconto nas mensalidades

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) desistiu do mandado de segurança que tentava suspender a lei que dá descontos nas mensalidades da rede privada de ensino. Ele questionava a constitucionalidade da matéria, mas, em comunicado à Justiça, seu advogado reconheceu o entendimento do Tribunal e da CCJ da AL-CE, de que os estados podem legislar sobre direito do consumidor.

Foto: José Leomar
  -  

Justiça nega pedido para suspender lei que reduz mensalidades escolares no Ceará

A desembargadora Francisca Adelineide Viana do TJCE indeferiu mandado de segurança do deputado Delegado Cavalcante (PSL) contra o projeto aprovado na Assembleia que reduz as mensalidades escolares. Ela afirma que os contratos e prestação de serviço durante a pandemia não foram tratados pela legislação federal e, portanto, os estados podem normatizar.

  -  

Deputado entra com mandado de segurança no TJ contra projeto que reduz mensalidades escolares

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Ceará questionando a aprovação do Projeto de Lei, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, que reduz mensalidades de instituições de ensino privadas. Ele diz que a matéria é inconstitucional e que a Casa não tem “competência” para legislar.

Foto: José Leomar
  -  

Deputado Osmar Baquit usa máscara com “fora, Bolsonaro” em sessão virtual da Assembleia

As sessões da AL-CE têm sido palco de manifestações pró e contra Bolsonaro. Primeiro, o aliado Delegado Cavalcante (PSL) posicionou, atrás dele, livros do guru da Família Bolsonaro, Olavo de Carvalho. Depois, um fundo falso com a foto do presidente. Hoje, Osmar Baquit (PDT) revidou com uma mensagem de “fora, Bolsonaro” escrita na máscara de proteção.

Foto: Reprodução
  -  

CCJ aprova constitucionalidade de PEC que proíbe anistia a PMs; matéria deve ser votada na terça (3)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia aprovou, hoje, a constitucionalidade da PEC que proíbe anistia administrativa a PMs em motins. A matéria recebeu apenas um voto contrário: do deputado Delegado Cavalcante (PSL), que substituiu André Fernandes (PSL) na comissão. Com a decisão, a PEC deve ser votada no plenário na terça (3), às 13h.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Em defesa da categoria, Delegado Cavalcante chama de “crianças” PM’s punidos pelo Estado

Conhecido pela postura punitiva quando o assunto é criminalidade, o deputado Delegado Cavalcante (PSL) adota visão mais branda ao tratar dos policiais punidos pelo Estado por deserção ou adesão ao motim. “Estão marginalizando um bocado de criança, de 18, 19 anos, a 25 anos. Prendendo arbitrariamente, sem dar direito à defesa”, disse hoje (27) na Assembleia.

Foto: José Leomar
  -  

Deputado quer criar comissão especial na Assembleia para acompanhar negociações salariais dos militares

O dep. Delegado Cavalcante (PSL) protocola, ainda hoje, requerimento que solicita a criação de uma comissão especial da Assembleia Legislativa para debater a reestruturação salarial dos agentes de Segurança Pública e acompanhar as negociações entre a categoria e Governo do Estado. Ele reuniu assinaturas de sete parlamentares em apoio à proposta.

  -  

Delegado Cavalcante quer CPI da Enel na Assembleia Legislativa do Ceará

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) apresentou pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades na empresa de energia Enel. Ele conseguiu 19 assinaturas de apoio – são necessárias no mínimo 16 – para instalação da comissão. Porém, já existe uma CPI, a dos diplomas falsos, na “fila” para ser instalada.

  -  

Deputados de oposição acompanham discurso de Camilo Santana sem direito a apartes

Os deputados de oposição ao governo Camilo Santana assistiram ao pronunciamento do chefe do Executivo no plenário da Assembleia, nesta manhã, em silêncio. Sem direito a fala, em sessão que foi apenas para receber a mensagem governamental com os programas prioritários da gestão, alguns, como o deputado André Fernandes, tiveram sono.

Foto: Helene Santos
  -  

Aliados de Bolsonaro vão inaugurar ponto de apoio em Fortaleza para criação do Aliança pelo Brasil

Aliados do presidente Jair Bolsonaro no Ceará vão inaugurar, na próxima quarta (15), um ponto de apoio, com cartório, no bairro José Bonifácio, em Fortaleza, para colher assinaturas para criação do partido Aliança pelo Brasil. Os deputados André Fernandes e Delegado Cavalcante, que ainda estão filiados ao PSL, encabeçam o evento.

Foto: Thiago Gadelha