Foto: José Leomar

Cavalcante e André Fernandes chamam de “ataque” notificações do PSL por supostas “infrações”

Os deputados estaduais Delegado Cavalcante e André Fernandes, ambos do PSL, repudiaram, em nota enviada ao PontoPoder, as notificações que a cúpula do partido no Estado prepara contra eles por supostas “infrações“, o que chamam de “ataque pessoal e desproporcional“.

Foto: Foto: José Leomar

Executiva do PSL prepara notificações contra André Fernandes e Delegado Cavalcante

O deputados André Fernandes e Delegado Cavalcante serão notificados pelo PSL no Ceará por supostas “infrações”, segundo o vice-presidente do partido no Estado, João Luiz. Eles estão rachados com o comando partido. O presidente estadual do PSL, Heitor Freire, vai conversar com o deputado Julian Lemos, da Executiva Nacional, sobre expulsão de filiados.

Foto: Isanelle Nascimento

‘Consórcios públicos de saúde no Ceará estão desmantelados’, diz Delegado Cavalcante

Pouco antes da reunião do secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, com os parlamentares, que está em andamento, o deputado Delegado Cavalcante (PSL) disse que os “consórcios públicos de saúde no Ceará estão desmantelados“. Para ele, o Plano de Modernização da Saúde tem bons pontos, mas precisa ser melhor “esclarecido, para que não haja politicagem“.

Deputado usa o nome de Jesus para dizer que bandido merece “chicote e bala”

“Em bandido, é bala! E chicote mesmo, como fez Jesus!”

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) diz ser cristão. E disparou essa na tribuna da Assembleia nesta manhã (20). O discurso era para defender sua atuação como parlamentar da “bancada da bala“, o que é legítimo. Entretanto, a associação que fez entre Jesus Cristo e a violência, entretanto, é descabida.

Foto: fortaleza, 28 de junho de 2019- politica, partido do psl,coletiva do s deputados estaduais, delegado cavalcante e andre fernandes, no comite de imprensa da assembleia legislativa do ceara.

Delegado Cavalcante diz que tomará providências contra Heitor Freire

O deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL) disse que tomará “providências cabíveis” no âmbito cível, criminal e partidário contra o deputado federal Heitor Freire, que preside o partido no Estado, depois dele ter dito em evento, neste sábado (17), que considera expulsar Cavalcante do PSL. Mais um sinal da crise no partido de Bolsonaro no Ceará.