-  

Defensoria pede investigação a ato de assessor parlamentar contra faixas LGBTQIA+ em Sobral

A Defensoria Pública pediu ao MPCE a abertura de notícia crime contra Kawan Miranda, assessor do dep. André Fernandes (Rep). Miranda instalou uma placa de “travessia de animais silvestres”, sem autorização, no cruzamento das ruas de Sobral, no qual uma faixa de pedestres nas cores do arco-íris foi pintada. Ele foi procurado, mas não respondeu sobre a ação.