Foto: Divulgação

Votação do título de cidadã cearense para a ministra Damares é adiada na Assembleia

Não foi dessa vez. A concessão de título de cidadã cearense à ministra Damares Alves, proposta pela deputada Dra. Silvana (PL), não foi votada, na Assembleia, nesta quinta-feira (12). O presidente da Casa, deputado José Sarto (PDT), que está, provisoriamente, como governador do Estado, quer estar presente na sessão. O título precisa do aval da Mesa Diretora.

Título de cidadã cearense para Damares deve ser votado em meio a divergências na base governista

O projeto de lei que concede título de cidadã cearense para a ministra Damares Alves, de autoria da deputada Dra. Silvana (PL), deve ser votado, nesta quinta (12), na Assembleia. O líder do Governo, deputado Júlio César Filho (Cidadania), disse que vai liberar a base para votar como quiser. Mas, no PDT, tem deputado avisando que vai votar contra.

Silvana e Elmano travam embate por projeto de cidadania cearense à Damares

Os deputados Drª Silvana (PL) e Elmano de Freitas (PT) travam queda de braço na Assembleia. Motivo? A ministra Damares Alves. O petista pediu vistas do projeto de Silvana para conceder título de cidadã cearense a Damares. A deputada tem pressa em aprovar o título, até já falou com o governador, na tentativa de diminuir resistências na base aliada.

Contradição, teu nome é Damares

“Abuso não se justifica, não se explica, não se minimiza e não se relativiza. Rejeito qualquer justificativa para abuso. O abusador tem que ser contido”, disse a ministra Damares Alves (Mulher, da Família e dos Direitos Humanos). O problema é que ela já disse o seguinte sobre abusos: “As meninas lá são exploradas porque não têm calcinhas, não usam calcinhas, são muito pobres”.