Foto: Helene Santos

Casos de expulsão de servidores públicos federais aumentam no Ceará; maior causa é corrupção

A quantidade de servidores públicos federais expulsos de seus cargos no País, após processos administrativos internos, bateu recorde histórico em 2018, com 643 casos, cuja maioria é de expulsões por corrupção. O Ceará, segundo a Controladoria-Geral da União, somou 13 casos no ano passado, mas já chega a 16 em 2019. Desde 2003, o Estado soma 225 expulsões.