Foto: Divulgação

Prefeito de Aracaju se filia ao PDT em meio à ofensiva do partido sobre o Nordeste

O prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira, ex-PCdoB, anunciou nas redes sociais que vai se filiar ao PDT. Na foto, ele aparece ao lado do ex-ministro Ciro Gomes e do prefeito Roberto Cláudio, em Fortaleza. A filiação é um passo da ofensiva que o PDT prepara no Nordeste, de olho nas Eleições 2020. O partido se articula em Pernambuco, Maranhão e Salvador.

Ciro Gomes falta à festa do irmão Ivo e surpreende convidados

No aniversário do prefeito Ivo Gomes, a ausência mais notada pelos presentes foi a do ex-ministro e pré-candidato a presidente em 2022, Ciro Gomes. Ciro também não participou, na quinta, do ato de posse de Cid no diretório estadual do PDT, ocorrido em Fortaleza.

Foto: Natinho Rodrigues

“PDT é maior que o Ciro”, alfineta Gleisi Hoffmann ao comentar possíveis alianças do PT no Ceará

Em Fortaleza, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse que o partido não abre mão de ter candidato próprio na Capital. Questionada sobre uma possível aliança com o PDT, ela não perdeu chance de alfinetar. “O PDT é parceiro do PT e é maior do que o Ciro (Gomes)”. Em outras cidades do Ceará, ela admitiu parceria.

“Não seremos puxadinho do PT”, enfatiza André Figueiredo sobre o PDT

Presidente estadual do PDT, André Figueiredo endossou as críticas que Ciro Gomes (PDT) tem feito a Lula. Segundo ele, Ciro tem “direito e legitimidade para tecer as observações” e caracterizou como “infeliz” a declaração de Lula de que o PT “não nasceu para ser partido de apoio”. “De forma alguma seremos considerados puxadinho deles”, enfatizou.  

Presidentes do PT e PDT se reúnem para discutir aliança para 2020 em municípios cearenses

A despeito das divergências entre Ciro Gomes e o ex-presidente Lula, em nível nacional, no Ceará, os dois partidos – PT e PDT – tentam manter clima amistoso e parceria para 2020. Os presidentes das siglas no Ceará, deputado André Figueiredo e Antônio Filho, se reuniram hoje (4) e discutiram a aliança em alguns municípios, menos em Fortaleza, claro. Cada um deve lançar seu candidato.

“Tem que ser um verdadeiro maestro”, diz Camilo sobre relação com Ciro, Bolsonaro e o PT

O governador Camilo Santana foi questionado, em entrevista à TV Bandeirantes exibida ontem (3), sobre como ele dribla a relação com Ciro Gomes, seu aliado político no Ceará, que vive em atrito com o PT, seu partido e, ainda, com o Governo Federal, que é de oposição. Aos risos, Camilo responde bem ao estilo dele: “tem que ser um verdadeiro maestro”.

Foto: José Leomar

Após citação do nome do presidente, Ciro Gomes pede prudência e severidade na investigação do caso Marielle

Após vir à tona a citação do nome do presidente Jair Bolsonaro por uma testemunha do caso Marielle Franco, o ex-governador Ciro Gomes pediu prudência e severidade na apuração do desdobramento. “É preciso prudência, cautela e um apelo para que as autoridades sejam severas”, disse hoje (30) na Assembleia, onde participou da abertura do II Congresso Cearense de Direito Eleitoral.

Com a presença de cearenses, bancadas de centro-esquerda buscam aproximação em Brasília

Parlamentares e lideranças de quatro partidos de centro-esquerda – PDT, PV, PSB e Rede – se reuniram na noite de terça (29), em Brasília. Quatro cearenses participaram do encontro: Cid e Ciro Gomes, além de André Figueiredo, do PDT, e Célio Studart, do PV. Na pauta, questões nacionais, mas também uma aproximação que mira um horizonte eleitoral. Foi a primeira reunião formal do grupo da qual participou o PV. A próxima deve ocorrer em dezembro.

Foto: Reprodução

‘Nem sequer pisar na região se dignou’, dispara Ciro sobre Bolsonaro em relação a óleo no Nordeste

“Cinquenta dias, nem sequer pisar na região o senhor Jair Bolsonaro se dignou, isso é flagrantemente um caso de crime de responsabilidade e, como tal, deveria ser objeto da apuração do MPF”.

Ciro Gomes, no Twitter, ao criticar a omissão do presidente sobre o óleo nas praias da região

Foto: Arquivo/Sistema Verdes Mares

Ciro Gomes, Flávio Dino e Tarcisio Vieira discutem direito eleitoral no Ceará

O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o ex-ministro Ciro Gomes e o ministro do TSE, Tarcísio Vieira, irão discutir normas eleitorais durante o II Congresso Cearense de Direito Eleitoral. O evento ocorre de 30 de outubro a 1º de novembro na Assembleia e é coordenado juíza do TRE-CE Kamile Castro e pelo conselheiro da OAB, Leonardo Vasconcelos.