PT de Caucaia lança Elmano pré-candidato a prefeito

O PT de Caucaia lançou, neste sábado (4), o nome do deputado estadual Elmano de Freitas como pré-candidato à Prefeitura de Caucaia. O evento da legenda, que ocorreu de forma remota, também apresentou nomes à Câmara Municipal. O parlamentar já concorreu à Prefeitura de Fortaleza, em 2012, e disputou como vice na chapa de Luizianne, em 2016.

Foto: Camila Lima

Elmano de Freitas transfere título para Caucaia e confirma pré-candidatura a prefeito

Ex-candidato a prefeito de Fortaleza, o deputado Elmano de Freitas (PT) vai disputar, agora, a Prefeitura de Caucaia. Ele transferiu o título de Fortaleza para lá no último sábado (4). Além de outros nomes da oposição, como Vitor Valim (Pros), ele deverá enfrentar o prefeito Naumi Amorim (PSD) e os grupos dos ex-prefeitos Zé Gerardo e Dr. Washington.

Elmano confirma pré-candidatura à Prefeitura de Caucaia e já tem até slogan de campanha

O deputado Elmano de Freitas é mesmo pré-candidato à Prefeitura de Caucaia e está animado. Ele está na ponte Fortaleza-Caucaia, fazendo reuniões com lideranças políticas de lá toda semana. A ideia dele é fazer uma dobradinha com a deputada Luizianne Lins, que quer ser candidata à Prefeitura em Fortaleza. Ele já tem até um slogan de campanha: “13 indo, 13 voltando”.

Pré-candidatos à Prefeitura de Caucaia se movimentam na Assembleia

A oposição à gestão do prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PSD), apareceu no apagar das luzes, literalmente, da sessão desta terça-feira (11) na Assembleia Legislativa. À esquerda, o ex-vereador Silvio Nascimento (Patriota), e à direita o ex-vereador Deuzinho Filho (PSC). Os dois são pré-candidatos a prefeito do segundo maior colégio eleitoral do Estado.

Foto: Divulgação

Membros do diretório do PT de Caucaia são convocados para reunião sobre eleições no município

Os membros do diretório do PT de Caucaia foram convocados para uma reunião, nesta segunda-feira (3), sobre a tese de candidatura própria à Prefeitura do município. O nome que está em discussão internamente para a disputa é do deputado Elmano de Freitas. A lista de pré-candidatos do PT a vereador de Caucaia também vai entrar na pauta.

Foto: José Leomar

Ministério Público Eleitoral denuncia Naumi Amorim e Érika Amorim por crime eleitoral

O Ministério Público Eleitoral apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) denúncia contra o prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PSD), e a deputada estadual, Érika Amorim, por perseguição política a servidores na eleição de 2018. De acordo com a denúncia, houve coação a funcionários da gestão. Outros nomes são citados na denúncia.

Foto: Helene Santos

Reforma da Câmara Municipal de Caucaia vai custar R$ 319,3 mil

A Câmara de Caucaia vai abrir licitação em 5/fev para receber propostas para ampla reforma, com custo de R$ 319.343,62.  O edital prevê serviços de revestimentos, urbanismo e acessibilidade. Desde o final de 2019, a Câmara vive briga política com a Prefeitura por atrasos de pagamento e articulações para abertura de CPI contra o pref. Naumi Amorim (PSD).

Foto: Divulgação

Diretório do PT de Caucaia adia reunião para definir candidatura própria à Prefeitura do município

O diretório do PT de Caucaia adiou a reunião que aconteceria, na última sexta (17), sobre candidatura própria à Prefeitura nas eleições de outubro. O deputado estadual Elmano de Freitas é cotado para a disputa lá. A direção municipal do partido justificou que o diretório nacional vai lançar o calendário eleitoral e definirá as datas das prévias.

Dirigentes do PT se reúnem para discutir candidatura em Caucaia

O diretório do PT em Caucaia se reúne na próxima sexta-feira (17) para definir se o partido terá ou não candidatura própria no município. O nome cotado é do deputado Elmano de Freitas. A direção do partido contabiliza a maioria dos 36 membros a favor da tese. Depois, vão levar a definição para o governador Camilo Santana (PT).

Relator da CPI contra Naumi Amorim pede licença de 120 dias; oposição aponta manobra política

Relator da CPI contra o prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PSD), o vereador Jorge Luís (Pros) apresentou pedido de licença, de 120 dias, à Câmara Municipal. A medida é apontada por integrantes da CPI como manobra política para esvaziar a Comissão, que ainda não concluiu a investigação após quatro meses. A licença só deve ser validada no dia 2 de fevereiro.