-  

TSE defere candidatura da prefeita eleita de Caridade, Simone Tavares; TRE-CE vai marcar a data da posse

O Tribunal Superior Eleitoral deferiu, nesta terça (9), por 6 votos a 1, a candidatura da prefeita eleita de Caridade, Simone Tavares (PDT). O TRE-CE vai divulgar a data da posse. “Sempre acreditei que essa missão era minha, e que eu conquistei nas urnas”, disse a prefeita que respondia por supostas irregularidades quando era secretária de saúde.

Foto: Antonio Carlos Alves
  -  

Análise: municípios cearenses realizam novas eleições para prefeito neste ano

A população de Caridade e de Martinópole terá que ir às urnas, neste ano, para escolher seus prefeitos novamente. O TSE considerou os eleitos nesses municípios, Simone Tavares (PDT) e James Bel (PP), respectivamente, inelegíveis. Além deles, existem outros 13 gestores com pendências na Justiça Eleitoral. Leia análise de Inácio Aguiar.

  -  

Seis cidades do Ceará ainda estão sob gestão de presidentes das Câmaras Municipais

Em seis cidades do Ceará, os presidentes das Câmaras Municipais ainda estão à frente das prefeituras enquanto os prefeitos eleitos resolvem pendências com a Justiça. É o caso de Barreira, Missão Velha, Pedra Branca, Jaguaruana, Martinópole e Caridade – nesta última, o TSE determinou eleição suplementar, mas a data só pode ser definida após o trânsito em julgado do processo.

Foto: Cid Barbosa
  -  

TSE mantém indeferimento de prefeita eleita de Caridade e determina novas eleições para a cidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, por unanimidade, o indeferimento do registro de candidatura de Simone Tavares (PDT) para o cargo de prefeita de Caridade. Com a decisão, Simone, apesar de ter sido a candidata mais votada, não pode ser diplomada nem assumir. A Corte ainda determinou a convocação de novas eleições para a cidade.

Foto: Antonio Carlos Alves
  -  

Com base na Lei da Ficha Limpa, TRE-CE considera ex-prefeita Simone Tavares inelegível em Caridade

O Tribunal Regional Eleitoral no Ceará indeferiu (rejeitou) o registro de candidatura de Simone Tavares (PDT) ao cargo de prefeita de Caridade. Ela foi eleita no domingo. Em julgamento hoje e em concordância com parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, o pleno do TRE-CE considerou a ex-prefeita inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. Cabe recurso.