-  

Capitão Wagner quer intervenção do governo federal para garantir venda de oxigênio no Ceará

O deputado federal Capitão Wagner (Pros) pediu intervenção administrativa do governo federal na empresa White Martins – principal fornecedora de oxigênio no Ceará. Segundo ele, a empresa estaria criando dificuldade para vender o insumo a municípios. A reclamação de prefeitos sobre a questão já levou a pedido de CPI na Assembleia Legislativa.

  -  

Capitão Wagner defende indicação da médica cearense Mayra Pinheiro para o Ministério da Saúde

O deputado Capitão Wagner (Pros), defendeu hoje, em entrevista, que a médica cearense Mayra Pinheiro seja indicada para assumir o Ministério da Saúde. Ela é secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, no Governo Federal. “Dra. Mayra preenche todos os requisitos para assumir a função, além de ser cearense. Pra gente seria um orgulho”, disse.

Foto: Reprodução / Instagram
  -  

Capitão Wagner diz que decisão a favor de Lula “desacredita a Justiça e abre precedência para a impunidade”

A decisão do Fachin desacredita a Justiça brasileira e abre precedência perigosa para a impunidade de políticos corruptos do Brasil. E anular todas as condenações de Lula relacionadas à Lava Jato é uma desmoralização para um País que teve bilhões saqueados dos cofres públicos.

Deputado federal Capitão Wagner (Pros) sobre decisão que favoreceu ex-presidente Lula.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“Que obrigação eu tenho de destinar dinheiro para hospital de Camilo?”, rebate Capitão Wagner sobre emendas de bancada

“Que obrigação eu tenho de destinar dinheiro para hospital de Camilo? Ele arrume o dinheiro e construa. Dos 9,6 milhões da emenda de bancada botei todo pra Saúde. Não sou contra a construção, mas nesse momento a prioridade não é cimento”.

Capitão Wagner (Pros), um dos 4 deputados federais cearenses que não destinou emendas de bancada para constrrução do hospital da Uece.

 

 

Foto: Divulgação
  -  

“A vida não tem sido fácil”, diz Capitão Wagner ao pedir palmas para Bolsonaro no Ceará

O deputado federal Capitão Wagner (pros) foi o único parlamentar a discursar durante passagem de Bolsonaro pelo Ceará nesta sexta (26). “Queria pedir a todos uma salva de palmas para o presidente. A vida não tem sido fácil nesses dois anos. A gente tem mais um ano e 10 meses de Governo e a gente espera que o presidente Bolsonaro possa entregar muito mais”, disse.

Foto: Kid Junior
  -  

Capitão Wagner votará pela soltura do deputado Daniel Silveira: “prisão é ilegal”

O deputado Capitão Wagner (Pros), disse, durante live, que votará, nesta sexta (18), pela soltura de Daniel Silveira (PSL-RJ), deputado bolsonarista preso em flagrante na última terça (16), após divulgar um vídeo com ataques verbais e ameaças a ministros da Corte. Wagner argumentou que o parecer de juristas indica ilegalidade na prisão, por ser em flagrante.

  -  

Restrição a funcionamento de bares e restaurantes é pauta de encontro da oposição

O decreto estadual que reduziu o horário de funcionamento de estabelecimentos em Fortaleza foi pauta no encontro de vereadores da oposição com o dep. Capitão Wagner. “Diante do decreto, muitos setores nos procuraram. Acreditamos que parte desse aumento (de casos) não se deve a bares e restaurantes, mas aos clandestinos”, disse o ver. Pedro Matos (Pros).

 

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Vereadores de oposição em Fortaleza se reúnem com deputado Capitão Wagner

Vereadores da oposição ao prefeito Sarto Nogueira (PDT) se reuniram, na noite de sexta (5), com o deputado federal Capitão Wagner (Pros) para definir ações para este ano. “Parabenizei os vereadores pela maneira responsável como estão cumprindo o papel de fiscais da Prefeitura, inclusive revertendo decisões”, disse o deputado.

  -  

Após reunião de líderes, Arthur Lira garante continuidade de auxílio emergencial, diz Capitão Wagner

O deputado federal Capitão Wagner (Pros), após reunião de líderes partidários com o novo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse, em redes sociais, que o auxílio emergencial terá continuidade “tão logo seja votado o Orçamento, em fevereiro”, conforme previsão de Lira. O encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira (4).

Foto: Reprodução
  -  

Capitão Wagner exalta ‘harmonia’ entre Legislativo e Executivo com a eleição de Arthur Lira

Apoiador da candidatura de Arthur Lira (PP-AL), Capitão Wagner (Pros) comemorou a vitória do aliado. “Ter apoiado a candidatura dele nos dá não só mais acesso à Mesa (Diretora), mas também vamos participar de relatorias importantes. E facilita a harmonia entre o Legislativo e o Executivo para que possamos buscar melhorias para nosso Ceará”, disse. 

Foto: Gustavo Pellizzon
  -  

Capitão Wagner assume liderança do Pros na Câmara dos Deputados

O deputado Capitão Wagner assume hoje (1º) a liderança do Pros na Câmara Federal, no lugar do deputado Acácio Favacho (AP). A bancada do Pros conta com 10 deputados. “É uma responsabilidade a mais conduzir o partido nas votações no Congresso Nacional”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

Heitor Freire responde a críticas de Capitão Wagner e André Fernandes

Alvo de questionamentos dos deputados Capitão Wagner (Pros) e André Fernandes (Republicanos) sobre a nomeação do irmão como secretário de Sarto (PDT), Heitor Freire (PSL) respondeu ao que chamou de “pequeno grupo que adora criar factoides”. “Já estou acostumado e prefiro dedicar meu tempo a trabalhar pelo Ceará”. “Sigo fazendo oposição“, disse.

Foto: Divulgação
  -  

Capitão Wagner e André Fernandes questionam Heitor Freire sobre nomeação do irmão como secretário de Sarto

Os deputados federal Capitão Wagner (Pros) e o estadual André Fernandes (Republicanos) questionaram a nomeação do arquiteto Leonardo Freire como secretário de Sarto Nogueira (PDT). Leonardo é irmão do deputado federal Heitor Freire (PSL). “O cara que se diz contra a esquerda, contra o PT, o PDT, o PCdoB, simplesmente pegou a fatia do bolo”, criticou Wagner.

Foto: Kid Júnior
  -  

Análise: Governismo e oposição começam a mover as peças para o jogo de 2022

No Ceará, feito o rescaldo de tudo o que foi o pleito de novembro, com suas perdas e ganhos, as atenções estão voltadas para daqui a dois anos, e todos os passos dados pelos agentes políticos agora miram o futuro eleitoral não tão distante. Leia mais

Foto: Agência Brasil
  -  

Capitão Wagner vai ao Centro agradecer votos na disputa pela Prefeitura de Fortaleza

O candidato derrotado à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), voltou às ruas do Centro, na manhã de hoje (12), um dos principais palcos da campanha de 2020, para agradecer à população pelos 625 mil votos no 2º turno. “Resolvi contrariar aquelas pessoas que pensam ‘ah, esses políticos só vêm aqui em época de eleição'”, disse Wagner nas redes sociais

Foto: Reprodução
  -  

Deputado federal Capitão Wagner vai assumir liderança do Pros na Câmara dos Deputados

Derrotado nas urnas na disputa pela prefeitura de Fortaleza, o deputado federal Capitão Wagner (Pros) anunciou retorno ao Parlamento e afirmou que vai assumir a liderança do partido na Câmara dos Deputados. “Com a liderança do nosso partido, em Brasília, vamos ter mais condições de ajudar o nosso Ceará com mais recursos e convênios”, disse.

  -  

Capitão Wagner anuncia que será o líder do Pros na Câmara dos Deputados

O deputado federal Capitão Wagner (Pros), que retorna nesta quarta-feira (2) à Câmara dos Deputados, anunciou nas redes sociais será o líder do partido na Casa. Derrotado na disputa à Prefeitura de Fortaleza, Wagner disse que, com a liderança terá “mais condição de ajudar nosso Estado, para que a qualidade de vida das pessoas possa mudar”.

Foto: Helene Santos
  -  

Após eleição, Capitão Wagner deve retornar ao mandato na Câmara dos Deputados na quarta (2)

Sem vitória na disputa pela Prefeitura de Fortaleza,  Capitão Wagner (Pros) voltará ao mandato de deputado federal na próxima quarta-feira (2). Ele tirou licença por 120 dias no início de agosto para se dedicar à campanha. Com o prazo da licença chegando ao fim, o parlamentar retorna ao mandato e o médico Agripino Magalhães (Pros) volta à suplência.

Foto: Helene Santos
  -  

Capitão Wagner vence em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno

Capitão Wagner teve, no 2° turno, um resultado diferente nas zonas eleitorais de Fortaleza em comparação ao dia 15 de novembro. No embate de domingo (29), Capitão Wagner venceu em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno. A derrota ocorreu na 3° e na 115° zona. O ex-candidato também ganhou a zona 116°, conquistada por Sarto no 1° turno. Veja análise completa.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

“A oposição no Ceará está mais do que viva neste momento”, diz Capitão Wagner após resultado das urnas

Capitão Wagner (Pros) se pronunciou após o resultado da votação. Wagner ficou com 48,31%  dos votos . Ele agradeceu o povo de Fortaleza. “Foram quase 625 mil eleitores votaram em mim e na Camila, um resultado expressivo, diferente de tudo que foi apresentado até a véspera. A oposição no Ceará está mais do que viva nesse momento, ela se fortalece”, disse.

Foto: Camila Lima