-  

Capitão Wagner conversa com trabalhadores no Montese e promete revitalizar corredor comercial do bairro

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), ouviu demandas de trabalhadores da Avenida Gomes de Matos e prometeu revitalizar o comércio da área. “Temos a missão de fazer com que todos esses corredores possam gerar emprego, renda e fazer com que novas empresas sejam abertas aqui”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

Candidaturas de Fortaleza são as que mais gastam com impulsionamento de conteúdo no País

Os candidatos à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT), Capitão Wagner (Pros) e Célio Studart (PV) lideram nacionalmente os gastos com impulsionamento de conteúdo no Facebook e no Instagram. Em 30 dias, entre 22 de setembro e 21 de outubro, o pedetista gastou R$ 393 mil. O candidato do Pros, R$ 216 mil. Já o representante do PV, R$ 122 mil

Foto: José Leomar/Fabiane de Paula/Thiago Gadelha
  -  

Capitão Wagner apresenta plano de governo atualizado à Justiça Eleitoral

Capitão Wagner (Pros) apresentou novo plano de governo nessa quinta-feira (22) à Justiça Eleitoral. O texto tem 29 páginas e é dividido em “pactos“. O primeiro inclui saúde, educação e desenvolvimento; o segundo tem economia, inovação e emprego; o terceiro, meio ambiente, mobilidade e infraestrutura; e o quarto tem governança, transparência e participação.

Foto: José Leomar
  -  

Candidato Capitão Wagner (Pros) propõe criação de clínicas para hipertensos e diabéticos

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), propôs a criação de clínicas para hipertensos e diabéticos. “Além das clínicas, vamos garantir que não vai faltar medicamentos para estas doenças”, disse. O candidato participou, nesta quinta-feira (22), de uma reunião com agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.

  -  

Juíza decide retirar propaganda de Wagner que aponta repasse de R$ 43 milhões para o Ceará

A juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu decidiu retirar do ar propaganda da campanha de Capitão Wagner (Pros) que aponta o repasse de R$ 43 milhões para o Ceará. De acordo com o despacho, o deputado teria repassado, em emendas parlamentares, R$ 11 milhões entre 2019 e 2020. Em caso de descumprimento da medida, a multa é de R$ 5 mil.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Geraldo Luciano e Marcos Holanda entram para a coordenação de campanha de Capitão Wagner

A coordenação de campanha de Capitão Wagner (Pros), que já tinha a frente o senador Eduardo Girão (Podemos), teve mais dois acréscimos. O ex-presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, e o executivo Geraldo Luciano assumiram como coordenadores estratégicos. Geraldo Luciano chegou, inclusive, a ser pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo Novo.

  -  

“O Ciro deve ter tomado a senha das redes sociais do governador”, alfineta Capitão em troca de farpas com Camilo

Após troca de farpas com o governador que voltou a acusá-lo, nesta terça (20), de apoiar o motim dos PMs neste ano, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) minimizou o caso hoje (21) e disse que a postura de Camilo não é o “normal”, mas alfinetou o grupo governista. “O Ciro deve ter tomado a senha das redes sociais do governador”.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner visita Incor e defende parcerias com terceiro setor para “economizar” na Saúde

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) visitou, nesta quarta (21), o Instituto do Coração da Criança e do Adolescente (Incor). Defendeu parceria com o terceiro setor, para “economizar” na construção de equipamentos. “Leva custos e a gente vê dificuldade de recurso para manter. O ideal é ter parcerias de ajuda com essas instituições”.

Foto: José Leomar
  -  

Após troca de farpas entre Camilo e Capitão Wagner, Eduardo Girão critica governador

“O Ceará detém o vergonhoso título de campeão de mortes violentas. O governador diz que o aumento de assassinatos não é responsabilidade dele. Em quem ele vai colocar a culpa por sermos também o campeão mundial de mortes por milhão da Covid-19?”

Senador Eduardo Girão (Podemos), no Twitter, nesta terça-feira, criticando o governador Camilo Santana (PT) após o gestor trocar farpas com Capitão Wagner (Pros).

Foto: Pedro França/Agência Senado
  -  

Em site de campanha lançado nesta terça, Capitão Wagner (Pros) nega liderar motim no Ceará

Em site lançado nesta terça-feira (20), Capitão Wagner (Pros) rebateu posição do governador sobre a participação dele no motim da PM. Na semana passada, o governador afirmou que o ex-capitão liderou a paralisação. “Capitão Wagner não tinha nenhum motivo para desejar uma paralisação de policiais, especialmente em ano eleitoral”, diz a nota do site.

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados