-  

Lula grava mensagem de apoio à candidatura de Luizianne em Fortaleza

O primeiro vídeo do ex-presidente Lula em apoio à candidatura de Luizianne Lins (PT) à Prefeitura de Fortaleza começa a ser exibido a partir desta quinta-feira (22) no programa eleitoral gratuito. Na mensagem, o petista ressalta a experiência da ex-prefeita que comandou Fortaleza por oito anos.

  -  

Assista na íntegra ao PontoPoder Eleições desta terça (20)

O programa PontoPoder Eleições desta terça-feira (20) vai levar ao ar o quadro “O eleitor é quem manda”, além do dia de campanha dos candidatos na Capital, destaque dos embates na campanha na plataforma PontoPoder, e a entrevista com o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL).

 

  -  

Em site de campanha lançado nesta terça, Capitão Wagner (Pros) nega liderar motim no Ceará

Em site lançado nesta terça-feira (20), Capitão Wagner (Pros) rebateu posição do governador sobre a participação dele no motim da PM. Na semana passada, o governador afirmou que o ex-capitão liderou a paralisação. “Capitão Wagner não tinha nenhum motivo para desejar uma paralisação de policiais, especialmente em ano eleitoral”, diz a nota do site.

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
  -  

Agenda dos candidatos: Sarto visitará Hospital da Criança em primeiro ato de campanha

Dia 1. O primeiro ato de campanha oficial do candidato a prefeito de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) será uma visita ao Hospital da Criança, no bairro Jóquei Clube. Médico obstetra, ele estará na unidade de saúde a partir de 8h de domingo (27), primeiro dia autorizado para campanha. Às 18 horas, participará da inauguração de comitê de um vereador.

Foto: Helene Santos
  -  

TRE-CE mantém multa de R$ 30 mil a Naumi e Érika Amorim por perseguir servidor público

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) manteve a aplicação de multa de R$ 30 mil ao prefeito de Caucaia, Naumi Amorim (PMB), e a sua mulher, Érika Amorim (PSD), por conduta vedada, ao coagir e perseguir servidor público para apoiar a candidatura da parlamentar em 2018. A decisão foi mantida nesta segunda, durante o julgamento de embargo de declaração, considerado parcialmente procedente.

Foto: José Leomar