Câmara Municipal de Caucaia abre CPI para investigar decreto do prefeito

Oito vereadores assinaram e a presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Natécia Campos (PMB), instalou no Legislativo do 2º maior município do Estado, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar um decreto de “Calamidade Administrativa” do prefeito Naumi Amorim (PSD). Caucaia está mergulhada em crise política.

Foto: Divulgação

Em disputa judicial, Natécia Campos reassume presidência da Câmara Municipal de Caucaia

A vereadora Natécia Campos (PMB) reassumiu nesta terça (10) o mandato e a presidência da Câmara Municipal de Caucaia. Ela estava afastada há uma semana, acusada de ter empossado irregularmente um suplente sem que ele tivesse diploma de vereador. Nova decisão judicial, porém, reavaliou documentos apresentados por Natécia e restabeleceu as funções.

Justiça afasta presidente da Câmara de Caucaia por suposta improbidade administrativa

A juíza Maria Valdileny Sombra Franklins, da 1ª Vara Cível da Comarca de Caucaia, decidiu, nesta segunda (2), afastar por 180 dias Natécia Campos do cargo de vereadora e de presidente da Câmara Municipal de Caucaia, por suposta improbidade administrativa. De acordo com ação do PSL, a vereadora do PMB empossou um suplente de vereador sem ser diplomado.

Foto: Câmara Municipal de Caucaia

MP pede o afastamento da presidente da Câmara Municipal de Caucaia; ela nega a acusação

O Ministério Público pediu o afastamento da presidente da Câmara Municipal de Caucaia, Natécia Campos (PMB), por suposto ato de improbidade. O MP acusa a vereadora de ter empossado irregularmente um suplente sem que ele tivesse diploma da Justiça Eleitoral. Natécia nega e diz que já anexou o diploma do vereador aos autos. A ação é movida pelo PSL.