Após falsos médicos, vereadores de Baturité aprovam abertura de CPI da saúde

A Câmara Municipal de Baturité aprovou por unanimidade a abertura de uma CPI para investigar a gestão municipal da saúde. A decisão do parlamento ocorre depois do afastamento de médicos falsos atuando em uma UPA do município. Logo após a denúncia, a secretária de saúde deixou o cargo. Presente na sessão, o prefeito Assis Arruda vinculou a CPI à disputa eleitoral.