Oposição valida CPI da Lava Jato; instalação depende de Rodrigo Maia

Deputados de oposição na Câmara, entre eles o cearense André Figueiredo (PDT), conseguiram validar, com 175 assinaturas, um pedido de CPI da Lava Jato para analisar supostas irregularidades na conduta de procuradores e do juiz Sérgio Moro na operação. A CPI, entretanto, depende da assinatura do presidente da Casa, Rodrigo Maia, para ser instalada.

Cearenses pretendem apresentar emendas à reforma tributária

Termina nesta quarta (11) o prazo para apresentação de emendas a uma das propostas da Reforma Tributária, que está sendo analisada na Câmara. Os deputados Pedro Bezerra (PTB) e André Figueiredo (PDT) devem apresentar sugestões à proposta. “Meu partido irá apresentar algumas emendas para que possamos discutir uma reforma justa para o Brasil”, diz André.

Foto: Divulgação

Presidente do PDT tenta resolver conflitos na indicação de diretórios municipais

Hora de fazer ajustes antes da eleição 2020! O presidente estadual do PDT, deputado André Figueiredo (PDT), reuniu, na segunda (26), a bancada para tentar definir regras sobre a formação dos diretórios municipais. Em véspera de eleição, tem deputado disputando a indicação de aliados para comandar o PDT nos municípios onde são votados.

“Crise diplomática entre Brasil e França deve dominar debates na Câmara”, diz líder do PDT

Para o deputado André Figueiredo, líder do PDT na Câmara, o bate-boca entre os presidentes Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron (França) deve dominar os debates nesta semana. Segundo André, faltou “bom senso” dos representantes brasileiros. “A imagem do Brasil perante o mundo é algo que está extrapolando o limite do razoável”, disse.

Comissão deve votar reforma tributária em outubro; cearenses integram grupo

O relatório da PEC 45/19, que visa acabar com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins, deve ser apresentado pelo relator no dia 8 de outubro. Até a votação, as audiências públicas na comissão ocorrerão todas as terças e audiências regionais nos estados às segundas e sextas. Os cearenses André Figueiredo (PDT), Pedro Bezerra (PTB) e Idilvan Alencar (PDT) integram o colegiado.

PDT vai tentar derrubar veto de Bolsonaro

“Injustificável ter sido vetado na íntegra. um projeto trabalhado em seu conteúdo na Câmara e no Senado. Uma decisão política porque somos da oposição”, diz o deputado cearense André Figueiredo sobre veto de Bolsonaro a projeto. PDT vai tentar derrubar o veto presidencial.

Bolsonaro veta projeto de deputado cearense que impõe prazo ao STF

O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de autoria do deputado cearense André Figueiredo (PDT)  que estabelecia prazo de 180 dias, após a concessão de liminar, para o STF julgar o mérito de uma ação. O prazo valeria para Ação de Direta de Inconstitucionalidade, Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental e mandado de segurança.