Foto: José Leomar

Maioria da CCJ aprova parecer com suspensão de 30 dias para André Fernandes por quebra de decoro

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou, hoje, por sete votos contra um, o parecer do relator do caso no colegiado, deputado Bruno Pedrosa (PP), pela suspensão de 30 dias ao deputado André Fernandes (PSL) por suposta quebra de decoro. Agora, a punição está pronta para ser votada em plenário.

Foto: Júnior Pio

“Não vou tolerar qualquer desvio de conduta de quem quer que seja”, responde Sarto a André Fernandes

Não há e não haverá dois pesos e duas medidas. Não vou tolerar qualquer desvio de conduta de quem quer que seja. Eu reputo muito séria a situação que aconteceu aqui. Em havendo representação (no Conselho de Ética) pode ter certeza que o rito será igual para todos

José Sarto, presidente da Assembleia (PDT), após discurso de André Fernandes sobre briga entre Osmar Baquit e Leonardo Araújo.

Foto: Júnior Pio

“Que a Assembleia não seja dois pesos e duas medidas”, diz André Fernandes sobre bate-boca de deputados

Subir à Mesa e chamar de comprador de voto? Só vejo duas opções: Osmar Baquit tem que provar que Leonardo comprou votos. Ou segunda opção: ele não prova e se encaixa na mesma situação que a minha. Que (a Assembleia) não seja dois pesou e duas medidas

André Fernandes, deputado do PSL e processado por quebra de decoro, hoje (12), na tribuna, após bate-boca de deputados

Foto: José Leomar

Processado por quebra de decoro, André Fernandes promete discurso sobre bate-boca de deputados

A análise na CCJ da Assembleia do pedido de suspensão temporária do mandato do deputado André Fernandes (PSL), que seria feita hoje (11), ficou para a próxima semana. O relator do processo esqueceu de assinar o relatório. Fernandes disse a deputados que vai discursar amanhã (12) sobre o bate-boca desta semana, talvez para cobrar uma punição no caso.

André Fernandes apresenta projeto para proibir mulheres trans de participarem de competições esportivas femininas

Começou a tramitar hoje (10), na Assembleia, um projeto de lei do deputado André Fernandes (PSL) que quer proibir a participação de atletas “biologicamente” do sexo masculino em competições esportivas femininas. Segundo ele, porque as pessoas que não são do sexo feminino, as mulheres trans, possuem inúmeras vantagens e cita o vigor físico.

Caso André Fernandes deve ser analisado pela CCJ da Assembleia na quarta-feira (4)

O parecer do relator Bruno Pedrosa (PP) sobre a possível quebra de decoro do deputado André Fernandes (PSL) deve ser analisado na quarta (4), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia. Presidente do colegiado, o deputado Antônio Granja (PDT) confirma a retomada do caso ainda nesta semana.

Salmito tenta convencer André Fernandes a não pedir vistas na PEC da anistia, mas sem sucesso

O deputado André Fernandes vai pedir vistas da PEC contra a anistia a militares em greve, na CCJ. A discussão só volta em 48h, mas as sessões extraordinárias da Assembleia continuam para contar os prazos. O deputado Salmito Filho (PDT) ainda tentou convencer o colega a não pedir vistas, mas sem sucesso.

Foto: Helene Santos

Deputados de oposição acompanham discurso de Camilo Santana sem direito a apartes

Os deputados de oposição ao governo Camilo Santana assistiram ao pronunciamento do chefe do Executivo no plenário da Assembleia, nesta manhã, em silêncio. Sem direito a fala, em sessão que foi apenas para receber a mensagem governamental com os programas prioritários da gestão, alguns, como o deputado André Fernandes, tiveram sono.

Foto: Helene Santos

‘Portaria não prejudica direito de policiais se manifestarem’, rebate líder do Governo Camilo

“As pessoas que estão querendo levar para o lado da deficiência, censura, querem politizar. Isso não prejudica o direito de policiais se manifestarem. As normas são baseadas na da PF, CNJ e STJ”

Deputado Júlio César Filho (Cidadania), líder do Governo Estadual sobre críticas de André Fernandes (PSL) à portaria publicada no dia 17, com novas regras de comunicação para a Polícia Civil.

Foto: Isanelle Nascimento

‘Censura’, diz André Fernandes sobre portaria de Camilo que proíbe policiais de expor situação de trabalho

O deputado André Fernandes (PSL) classificou como “ditadura” a portaria do Governo do Estado que proíbe policiais civis de ‘divulgarem situações que possam sugerir supostas dificuldades, limitações ou deficiências de recursos humanos, técnicos, financeiros e materiais’ necessários para o trabalho. “Isso é uma censura e ainda proíbe de falar com a imprensa”, criticou Fernandes.