-  

Sobre queda da prisão em 2ª instância: “decisão judicial a gente respeita”, diz ministro de Bolsonaro

“Isso é uma pauta judiciária e eu aprendi desde cedo: decisão judicial, concorde ou não, a gente respeita e eu tenho respeito pelo STF”

General Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, sobre decisão do STF que derrubou a prisão em 2ª instância e pode soltar o ex-presidente Lula

  -  

Segundo deputado, ministro pediu para não ser gravado em reunião com parlamentares e o governador

Em reunião, na tarde de hoje (8), com o governador Camilo Santana (PT), secretários e deputados, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, teria pedido para não ser gravado no encontro. Recentemente, conversa entre Bolsonaro e deputados do PSL vazou e irritou o Planalto. Por sua assessoria, o ministro nega o pedido.

Foto: ASCOM/SEGOV-PR
  -  

Prefeita e deputado se estranham em reunião com ministro Eduardo Ramos

A reunião do ministro Luiz Ramos com prefeitos e deputados cearenses hoje (8) mais cedo teve momentos quentes quando a prefeita de Alto Santo, Íris Gadelha, criticou a obra de um coliseu na cidade da gestão passada. Genecias Noronha (SD) disse que o debate não era político. Íris rebateu: “não autorizei o senhor a interferir na minha fala”. Climão!

Foto: José Leomar
  -  

“Se os deputados não aprovarem, não vai passar”, diz ministro sobre proposta de extinção de municípios

Vai extinguir os municípios tem na proposta lá, mas se os deputados aprovaram ou não, não vai passar. Vai ser discutido, os deputados estão aqui. A intenção é acertar”

General Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, em Fortaleza, sobre a proposta de extinguir municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria inferior a 10%.

  -  

Comitiva de ministros do Governo Bolsonaro no Ceará

Na comitiva da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves, vem junto o ministro da Educação Milton Ribeiro e o ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Eles desembarcam hoje (10) em Fortaleza para agendas amanhã (11) no Estado.

  -  

Ex-integrante do MBL, Carmelo Neto deixa conselho do Governo Bolsonaro para pré-campanha

Até então conselheiro nacional de juventude do Governo Bolsonaro, o ex-coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) no Ceará, Carmelo Neto, deixou o posto para se dedicar à pré-campanha na Capital. Pré-candidato a vereador pelo Republicanos, ele diz que pretende, agora, “intensificar a agenda de reuniões pela Cidade”.

 

 

 

 

  -  

“Governo se envolveu com problemas que não são fundamentais”, diz Tasso Jereissati

“Nunca vimos o governo (Bolsonaro) propriamente falar de pandemia, estar sensibilizado pela pandemia. (…) Fica criando crise política com o STF, com o Congresso, com a imprensa, e isso faz com que se perca o foco dos grandes problemas”

Disse o sen. Tasso Jereissati (PSDB), hoje, no Seminário de Gestores Públicos, citando a ausência do plano de retomada da economia.

Foto: Agência Senado
  -  

‘Vamos tentar construir uma candidatura para 2022’, diz Camilo ao defender aliança entre PT-PDT

Em entrevista ao Diário do Nordeste, na edição deste domingo (20), o governador Camilo Santana disse que 2022 exigirá “responsabilidade” dos líderes do campo progressista. Ele, que promoveu reaproximação entre Ciro e Lula em setembro, defendeu que é preciso pensar em candidatura contra Bolsonaro. “Se não for possível no 1º turno, que seja no 2º turno”, diz sobre aliança PT-PDT.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Lula diz que teve “conversa civilizada” com Ciro, mas deixa 2022 em aberto

O ex-presidente Lula (PT) comentou, em entrevista, hoje (15), em São Bernardo do Campo, o encontro que teve com Ciro Gomes (PDT) no início de setembro. Segundo o petista, “foi uma conversa civilizada” em que foi falado sobre respeito mútuo entre os partidos. A ideia, defende ele, é que “um candidato progressista” possa vencer em 2022.

Foto: Reprodução Instagran
  -  

PontoPoder Análise: Eleição de Fortaleza ganha espaço no debate nacional

A eleição em Fortaleza, polarizada entre três candidaturas, segundo o Ibope, está no centro do debate nacional. Sarto (PDT) é ligado a Ciro, Capitão Wagner (Pros) tem a simpatia de Bolsonaro e Luizianne Lins (PT) a de Lula. Vencer em uma grande Capital eleva os territórios de influência política para os que estão de olho em 2022. Leia aqui a análise de Inácio Aguiar.

  -  

Delegados do Ceará integram nova composição da Adepol BR; entidade defende prisão em 2ª instância

Dois delegados de Polícia Civil do Ceará vão integrar a Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol BR). Gustavo Pernambuco (foto) será 1º diretor redator, e, Diego Barreto, suplente no Conselho Fiscal. A Adepol BR representa a categoria nacionalmente, e junto ao STF. A entidade tem como uma das pauta a defesa da prisão em 2ª Instância, em debate no Congresso.

  -  

Tasso Jereissati vota a favor de prisão em segunda instância na CCJ do Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) foi um dos 22 parlamentares da CCJ que aprovaram o projeto que possibilita a prisão de condenados após segunda instância. Apenas Rogério Carvalho (PT) votou contra. Cid Gomes (PDT), que também é titular, não participou da votação. O substitutivo passará por nova votação no colegiado na quarta (11) antes de ir ao Plenário.

Foto: Agência Senado
  -  

‘Vamos chegar cedo para garantir quórum’, diz Eduardo Girão sobre votação de prisão em 2ª instância na CCJ

O projeto de lei do Senado, que visa autorizar prisão após condenação em 2º grau, deve ser votado na próxima terça (10) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Apoiador da pauta, o senador Eduardo Girão (Podemos) disse, hoje (8), durante manifestação favorável ao tema, que parlamentares de direita tentam garantir votos. “Vamos chegar cedo para garantir o quórum”, declarou.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

STF cobra informações em ação pela suspensão de foro privilegiado para defensores públicos do Ceará

A ministra Cármen Lúcia, do STF, cobra informações do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa em ação pela suspensão de foro privilegiado para defensores do Ceará. A decisão atende a pedido do PGR, Augusto Aras, que considera inconstitucional que defensores estaduais tenham como primeira instância o TJCE. A matéria ainda será julgada. A Associação dos Defensores do Estado do Ceará (Adpec) analisará os próximos passos a serem adotados na ação.

Foto: Agência Brasil
  -  

Análise: imbróglio envolvendo o prefeito de Viçosa gera embate entre instâncias da Justiça

Até a determinação de que o presidente da Câmara de Viçosa do Ceará, Manoel Alves (MDB), assuma a Prefeitura interinamente, o juiz da 35ª Zona Eleitoral, Moisés Brisamar, e o ministro do STF, Gilmar Mendes, travam um ebate judicial sobre a posse no município. O caso é reflexo da bagunça institucional que vive o Brasil. Leia análise de Inácio Aguiar.

Foto: Divulgação/STF
  -  

Com liminar do STF, prefeito de Viçosa com registro cassado toma posse sem diplomação

Mesmo sem ainda terem sido diplomados pela Justiça Eleitoral, o prefeito eleito de Viçosa do Ceará, Zé Firmino (MDB), e seu vice, Dr. Marcelo (MDB), tomaram posse nos cargos, na Câmara Municipal, no dia 1º de janeiro. Eles conseguiram uma liminar no STF, em 31 de dezembro de 2020, suspendendo as sanções aplicadas pela cassação dos registros de suas candidaturas pelo TRE-CE.

Foto: Divulgação
  -  

Presidente da OAB-CE coloca sede da entidade à disposição para ser usada como local de vacinação

Em reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19, o presidente da Ordem dos Advogados secção Ceará (OAB-CE), Erinaldo Dantas, colocou a sede da instituição em Fortaleza à disposição para ser utilizada como local da vacinação contra a doença. Outras instituições também têm oferecido equipamentos para a campanha de imunização, como o Ceará Sporting Club.

Foto: Divulgação
  -  

Em retorno de julgamentos, TRE analisa recurso de prefeito de Viçosa do Ceará; definição continua em aberto

O TRE-CE retomou as sessões de julgamento hoje (21). Um dos casos foi o recurso do prefeito de Viçosa do Ceará, Zé Firmino (MDB). O relator do caso, Inácio de Alencar Cortez Neto, manteve a sentença, mas votou por trocar a acusação de abuso de poder político para conduta vedada. O julgamento não foi encerrado, porque o juiz Eduardo Scorsafava pediu vistas.

  -  

Secretário Mauro Filho testa positivo para Covid-19: ‘estou clinicamente bem’

Deputado federal licenciado e atual titular da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), Mauro Filho (PDT) foi diagnosticado com Covid-19. Ele usou as redes sociais para informar que cancelou toda a agenda pública. “Estou clinicamente bem, apenas com alguns sintomas gripais“, disse.

Foto: José Leomar
  -  

Prefeito de Paracuru testa positivo para Covid-19

O prefeito de Paracuru, Wembley Beim (PDT), informou, por meio de suas redes sociais, que testou positivo para a Covid-19. Ele acrescentou, ainda, que antes mesmo de sair o resultado do teste, já estava trabalhando de casa, desde os surgimentos de sintomas gripais.

Foto: Reprodução
  -  

Cearenses de oposição fazem coro a cobranças de líderes da Câmara ao Governo Bolsonaro

Lideranças cearenses de bancadas na Câmara dos Deputados e líderes partidários traçaram prioridades, em reunião na quarta-feira (20), para cobrar o Governo Federal. “Vacina para todos, renda emergencial e imediata abertura do impeachment de Bolsonaro” são alguns pontos, aponta nota publicada pelo grupo, que inclui José Guimarães (PT) e André Figueiredo (PDT).

  -  

Com chapa única, prefeito de Chorozinho deve assumir presidência da Aprece

Apoiado pelo grupo governista no Estado, o prefeito de Chorozinho, Dr, Júnior (PDT), deve assumir a presidência da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) pelo próximos dois anos. Ele conseguiu aglutinar apoios de outros gestores filiados para formar chapa única e consensual. A eleição está marcada para o próximo dia 26 de janeiro.

Foto: Reprodução
  -  

Vice-prefeita do Eusébio, Lucinha Feitosa renuncia antes de completar um mês no cargo

Menos de um mês após tomar posse como vice-prefeita de Eusébio, Lucinha Feitosa renunciou ao cargo. Ela publicou nesta quarta-feira (20) uma carta de renúncia enviada à Câmara Municipal. Entre os motivos elencados no documento, estão mecanismos que “impedem as pessoas politicamente expostas e seus familiares de fazer negócios com muitas empresas”.

Foto: Reprodução
  -  

Ao reafirmar apoio, Tasso compara Tebet à presidente da Câmara dos EUA: ‘será a nossa Nancy Pelosi’

O senador Tasso Jereissati (PSDB) comparou, nas redes sociais, a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, com a senadora Simone Tebet (MDB-MS), candidata à Presidência do Senado. “Mulher, corajosa e independente, Simone Tebet será a nossa Nancy Pelosi”, escreveu. Ele também classificou a posse de Joe Biden nos EUA como “vitória da democracia”.

  -  

Girão declara apoio a Simone Tebet no Senado e defende voto aberto

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) declarou que votará na colega Simone Tebet (MDB-MS) na eleição para a Presidência do Senado, marcada para 1º de fevereiro. Também disputam a eleição Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Major Olimpio (PSL-SP) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO). “O voto aberto dos parlamentares pode mudar o rumo do desfecho e fortalecer o Brasil”, defendeu o senador.

Foto: Agência Senado
  -  

Governador Camilo Santana lamenta morte de prefeito eleito de Ereré e presta solidariedade a familiares

O governador Camilo Santana (PT) usou as redes sociais para lamentar a morte do prefeito eleito de Ereré, Otoni Queiroz (PDT). “Antes de ser gestor do município, Otoni era servidor da nossa Secretaria da Fazenda, onde há mais de 10 anos atuou como analista jurídico. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos, e a todos os cearenses que perderam parentes para a Covid”, escreveu.