-  

Senadores cearenses assinam carta a favor da prisão em segunda instância

Os senadores cearenses Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) são signatários de carta a favor da prisão após condenação em segunda instância. Quem coleta assinaturas é o senador Lasier Martins (Podemos-RS). O texto será entregue ao presidente do STF, Dias Toffoli, e ao PGR, Augusto Aras, às vésperas da retomada do julgamento do Supremo que pode mudar o entendimento da Justiça sobre prisão em segunda instância.

Foto: Pedro França/Agência Senado
  -  

Girão declara apoio a Simone Tebet no Senado e defende voto aberto

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) declarou que votará na colega Simone Tebet (MDB-MS) na eleição para a Presidência do Senado, marcada para 1º de fevereiro. Também disputam a eleição Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Major Olimpio (PSL-SP) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO). “O voto aberto dos parlamentares pode mudar o rumo do desfecho e fortalecer o Brasil”, defendeu o senador.

Foto: Agência Senado
  -  

Eduardo Girão assina requerimento por suspensão do recesso parlamentar no Congresso

O senador Eduardo Girão (Podemos) assinou requerimento que suspende o recesso no Congresso. A movimentação do parlamento é no sentido de atuar diante da crise da covid-19. Até esta sexta (15), Girão havia sido o único senador cearense a assinar. Além dele, assinaram os deputados Célio Studart (PV), Denis Bezerra (PSB) e Eduardo Bismarck (PDT).

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
  -  

Análise: Governismo e oposição começam a mover as peças para o jogo de 2022

No Ceará, feito o rescaldo de tudo o que foi o pleito de novembro, com suas perdas e ganhos, as atenções estão voltadas para daqui a dois anos, e todos os passos dados pelos agentes políticos agora miram o futuro eleitoral não tão distante. Leia mais

Foto: Agência Brasil
  -  

Delegados do Ceará integram nova composição da Adepol BR; entidade defende prisão em 2ª instância

Dois delegados de Polícia Civil do Ceará vão integrar a Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol BR). Gustavo Pernambuco (foto) será 1º diretor redator, e, Diego Barreto, suplente no Conselho Fiscal. A Adepol BR representa a categoria nacionalmente, e junto ao STF. A entidade tem como uma das pauta a defesa da prisão em 2ª Instância, em debate no Congresso.

  -  

Tasso Jereissati vota a favor de prisão em segunda instância na CCJ do Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) foi um dos 22 parlamentares da CCJ que aprovaram o projeto que possibilita a prisão de condenados após segunda instância. Apenas Rogério Carvalho (PT) votou contra. Cid Gomes (PDT), que também é titular, não participou da votação. O substitutivo passará por nova votação no colegiado na quarta (11) antes de ir ao Plenário.

Foto: Agência Senado
  -  

‘Vamos chegar cedo para garantir quórum’, diz Eduardo Girão sobre votação de prisão em 2ª instância na CCJ

O projeto de lei do Senado, que visa autorizar prisão após condenação em 2º grau, deve ser votado na próxima terça (10) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Apoiador da pauta, o senador Eduardo Girão (Podemos) disse, hoje (8), durante manifestação favorável ao tema, que parlamentares de direita tentam garantir votos. “Vamos chegar cedo para garantir o quórum”, declarou.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

“Precisa ser uma pessoa extremamente independente”, afirma Tasso Jereissati sobre novo presidente do Senado

“Precisa ser uma pessoa extremamente independente para dar a força e a credibilidade que a instituição Congresso Nacional precisa ter. Ao mesmo tempo, precisa promover um diálogo com o governo federal para que o País não pare, mas sem perder a autonomia e independência”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), sobre a eleição para presidência do Senado Federal.

Foto: Agência Senado
  -  

Eduardo Girão defende voto aberto para escolha do novo presidente do Senado Federal

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) defende votação aberta para a escolha da Mesa diretora do Senado, inclusive o presidente. Ele assinou uma requerimento de urgência para apreciação de um projeto que trata do assunto. A próxima eleição ocorrerá em fevereiro de 2021, quando Davi Alcolumbre tenta meios jurídicos para viabilizar a reeleição.

Eduardo Girão
Foto: Agência Senado
  -  

Cid chama Paulo Guedes de ‘mentiroso’ após ministro criticar derrubada de veto sobre servidores

O senador Cid Gomes (PDT) chamou, hoje (20), o ministro da Economia, Paulo Guedes, de “mentiroso” após o gestor criticar a derrubada, pelo Senado, do veto presidencial ao aumento salarial a servidores públicos até o fim de 2021. “Aponte, mentiroso, um centavo que o Senado desviou da saúde para os servidores públicos. Malandro é quem posando de liberal será o (ir)responsável pelo maior rombo nas contas públicas da história do País!”, disse.

  -  

Grupos de direita convocam protesto em Fortaleza contra Gilmar Mendes

Grupos de direita em Fortaleza organizam um protesto para este domingo (17), na Praça Portugal, pelo impeachment do ministro do STF Gilmar Mendes. Eles também defendem a aprovação da PEC da segunda instância no Congresso, dentre outras pautas. Será a segunda manifestação no local em menos de três dias. Na sexta (15), um grupo de poucas pessoas erguia uma faixa em defesa de uma “intervenção militar” no País, também na Praça Portugal.

  -  

Manifestações contra STF e PL do abuso de autoridade dividem espaço na Praça Portugal

Dois trios reúnem algumas centenas de manifestantes neste domingo (25) na Praça Portugal, em Fortaleza. Apesar das pautas em comum, contra o projeto de lei do abuso de autoridade e o Supremo Tribunal Federal (STF), um dos grupos defende “intervenção militar”. Detalhe é que o “artigo 142” da Constituição, citado em uma das faixas do ato, não traz essa previsão.

Foto: José Leomar
  -  

Ao reafirmar apoio, Tasso compara Tebet à presidente da Câmara dos EUA: ‘será a nossa Nancy Pelosi’

O senador Tasso Jereissati (PSDB) comparou, nas redes sociais, a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, com a senadora Simone Tebet (MDB-MS), candidata à Presidência do Senado. “Mulher, corajosa e independente, Simone Tebet será a nossa Nancy Pelosi”, escreveu. Ele também classificou a posse de Joe Biden nos EUA como “vitória da democracia”.

  -  

Tasso Jereissati e Eduardo Girão assinam nota em defesa da não reeleição de presidentes da Câmara e do Senado

Dois dos três senadores cearenses – Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) – são signatários de nota de congressistas em reação às movimentações de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) visando reeleição. A nota diz que “a Constituição é clara” e sustenta que “não há espaço para reeleição dos presidentes das casas do Congresso Nacional na mesma legislatura”.

  -  

CoronaVac: “É absolutamente inaceitável”, diz Tasso Jereissati sobre declarações de Bolsonaro

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disse ser “absolutamente inaceitável por parte da presidência da República” declaração do presidente Jair Bolsonaro de que se saiu “vencedor por uma suposição que uma vacina (salvadora de vidas) fracassou e uma pessoa supostamente morreu”. “Nunca esperei ver nada parecido no Brasil! O Senado não pode se omitir“.

Foto: Agência Senado
  -  

Cearenses de oposição fazem coro a cobranças de líderes da Câmara ao Governo Bolsonaro

Lideranças cearenses de bancadas na Câmara dos Deputados e líderes partidários traçaram prioridades, em reunião na quarta-feira (20), para cobrar o Governo Federal. “Vacina para todos, renda emergencial e imediata abertura do impeachment de Bolsonaro” são alguns pontos, aponta nota publicada pelo grupo, que inclui José Guimarães (PT) e André Figueiredo (PDT).

  -  

Com chapa única, prefeito de Chorozinho deve assumir presidência da Aprece

Apoiado pelo grupo governista no Estado, o prefeito de Chorozinho, Dr, Júnior (PDT), deve assumir a presidência da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) pelo próximos dois anos. Ele conseguiu aglutinar apoios de outros gestores filiados para formar chapa única e consensual. A eleição está marcada para o próximo dia 26 de janeiro.

Foto: Reprodução
  -  

Vice-prefeita do Eusébio, Lucinha Feitosa renuncia antes de completar um mês no cargo

Menos de um mês após tomar posse como vice-prefeita de Eusébio, Lucinha Feitosa renunciou ao cargo. Ela publicou nesta quarta-feira (20) uma carta de renúncia enviada à Câmara Municipal. Entre os motivos elencados no documento, estão mecanismos que “impedem as pessoas politicamente expostas e seus familiares de fazer negócios com muitas empresas”.

Foto: Reprodução
  -  

Governador Camilo Santana lamenta morte de prefeito eleito de Ereré e presta solidariedade a familiares

O governador Camilo Santana (PT) usou as redes sociais para lamentar a morte do prefeito eleito de Ereré, Otoni Queiroz (PDT). “Antes de ser gestor do município, Otoni era servidor da nossa Secretaria da Fazenda, onde há mais de 10 anos atuou como analista jurídico. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos, e a todos os cearenses que perderam parentes para a Covid”, escreveu.

  -  

Pedro Bezerra reforça apoio a Arthur Lira na disputa pela presidência da Câmara

O deputado federal cearense Pedro Bezerra (PTB) deixou a ala dos indecisos sobre a sucessão da presidência da Câmara dos Deputados: apoiará Arthur Lira (PP). “O meu partido escolheu apoiá-lo e vou seguir”, disse. Pedro conversou tanto com Lira quanto com o seu adversário Baleia Rossi (MDB) quando ambos estiveram em Fortaleza, na semana passada.

  -  

Prefeito eleito de Ereré morre vítima de Covid-19

O prefeito eleito de Ereré, Otoni Queiroz (PDT), faleceu nesta quarta-feira (20) vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o ano passado. A informação foi confirmada ao PontoPoder pela vereadora do município Charlene (PDT).

Foto: DivulgaCand
  -  

MPCE cobra que prefeitos de Boa Viagem e Madalena apresentem planos municipais de vacinação

O Ministério Público do Ceará (MPCE) expediu recomendação para as prefeituras de Boa Viagem e Madalena apresentarem  planos municipais de vacinação contra a Covid-19, especificando os profissionais de saúde e a população de risco que irão receber doses. Em Boa Viagem, a vacinação já foi iniciada, enquanto em Madalena as doses chegaram nesta quarta-feira (20).

Foto: Divulgação/Prefeitura de Boa Viagem
  -  

Cid destaca independência de Roberto Cláudio e Camilo: “não são paus mandados”

“Nenhum dos dos é pau mandado”, diz o Senador Cid Gomes (PDT), referindo-se ao governador Camilo Santana (PT) e ao ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Em entrevista ao Sistema Verdes Mares, Cid falou sobre como seu grupo político indicou e tornou conhecidas “as figuras mais importantes” das Eleições 2020 e frisou a independência dos dois. Leia.

  -  

De olho em 2022, Cid Gomes diz que Dória é “um oportunista” e Huck, um “animador de auditório”

O senador Cid Gomes (PDT) chamou o apresentador Luciano Huck de “animador de auditório” e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), de “oportunista”. Os dois são cotados como candidatos à presidência em 2022. Em entrevista ao Sistema Verdes Mares, Cid classifica seu irmão, Ciro Gomes (PDT), como o mais preparado para a disputa ao Planalto.   

Foto: Camila Lima
  -  

“Eu o considero um novo Eduardo Cunha”, diz senador Cid Gomes sobre Arthur Lira

Em entrevista exclusiva ao Sistema Verdes Mares, o senador Cid Gomes (PDT) classificou o candidato à presidência da Câmara, Arthur Lira (PP), aliado de Bolsonaro, como “novo Eduardo Cunha”. Ex-presidente da Casa, Cunha cumpre prisão domiciliar. “É o mesmo estilo, da esperteza, da falta de compromissos com o País”, disse o senador. Leia a entrevista.