-  

Senado fará sessão de homenagem ao líder espírita cearense Bezerra de Menezes na quinta-feira

A pedido do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), o Plenário do Senado fará uma sessão especial nesta quinta, às 16h, para homenagear o cearense Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, um dos expoentes do Espiritismo, conhecido como Bezerra de Menezes (1831-1900). “Extremamente caridoso, dedicou a sua carreira a cuidar dos pobres e dos desfavorecidos”, justificou o senador.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
  -  

Eduardo Girão mobiliza senadores para ampliar CPI da Covid-19 aos estados e municípios

Em meio às articulações para a implantação da CPI da Covid-19, o senador Eduardo Girão (Podemos) tem buscado assinaturas de colegas para estender as investigações do colegiado, caso ele seja criado, também a estados e municípios. Até agora, os nove senadores do Podemos apoiaram a iniciativa. “Estamos querendo mais amplitude nessa investigação”, defende Girão.

  -  

‘Sou favorável, desde que inclua estados e municípios’, diz Eduardo Girão sobre CPI da Covid-19

“Sou favorável à CPI e assinarei (o requerimento para instalação), desde que inclua também a gestão da pandemia nos estados e municípios. Existem indícios de desvios dos recursos para o enfrentamento ao coronavírus em alguns entes federativos, inclusive no Ceará”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre instalação de CPI da Covid-19 no Senado.

  -  

Girão convida Alexandre de Moraes para tratar de “limite entre opiniões” após prisão de Daniel Silveira

O senador Eduardo Girão (Podemos) convidou o ministro Alexandre de Morais (STF), para que esclareça “o limite entre opiniões respaldadas pelo instituto da inviolabilidade parlamentar e opiniões que configuram conduta criminosa”. Roberto Rocha (PSDB-MA) reforçou o convite. Moraes determinou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) após insultos ao STF.

Foto: Agência Senado
  -  

Análise: governadores cobram chefes do Congresso Nacional por auxílio em meio à pandemia

Com o temor de novos picos de Covid-19, governadores adotam medidas restritivas mais severas, mas tentando proteger a economia. Sem auxílio emergencial, um lockdown colocaria a população em situação de miséria. Por isso, gestores fazem coro pelo auxílio e pela criação de um orçamento para a saúde aos presidentes da Câmara e do Senado. Leia análise.

Foto: Agência Brasil
  -  

Cid critica PEC que retira piso de investimentos: “se comprar menos leite condensado, encontraremos recursos”

O senador Cid Gomes (PDT) criticou nesta terça (23) a proposta que retira o investimento mínimo em Saúde e Educação em estados e municípios. O texto tramita no Senado. Cid escreveu que para acabar com a pobreza não se deve retirar o piso constitucional: “Se taxar lucros e dividendos e comprar menos leite condensado, encontraremos recursos necessários”.

  -  

Tasso defende urgência de projeto para compra de vacinas por estados, municípios e iniciativa privada

O senador Tasso Jereissati (PSDB) pediu urgência na votação de proposta que permite a compra de vacinas contra a covid-19 por estados, municípios e iniciativa privada. As doses, no entanto, só poderiam ser comercializadas após a vacinação dos grupos prioritários. “Não existe nada mais urgente neste País do que essa questão de vacina”, disse Tasso.

  -  

Cid cobra instalação da CPI da Covid-19 e ataca Bolsonaro: “inconsequente, irresponsável, despreparado”

O senador Cid Gomes (PDT) pediu, nesta terça-feira (2), urgência na instauração da CPI da Covid-19, que deve investigar irregularidades no combate à pandemia. Ele fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro. “Esse presidente inconsequente, irresponsável, despreparado precisa ter um alerta para que não cometa mais tais absurdos e fique negando um mal que o mundo inteiro teme”, disse.

Foto: Senado
  -  

Após reunião com Lira, Camilo Santana volta a eleger vacinas como prioridade

A reunião dos governadores com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) nesta terça-feira (2), tratou de quatro pontos principais. Segundo Camilo Santana (PT), o encontro debateu  aquisição de vacinas, recursos para a saúde, auxílio emergencial e a criação de medidas para a recuperação econômica. O governador cearense participou da reunião virtualmente.

  -  

“O Estado tem recursos para comprar, mas não há vacinas disponíveis para aquisição direta”, diz Camilo Santana

Após reunião com representantes da vacina russa Sputnik, Camilo Santana (PT) disse que deseja comprar as vacinas, mas que não há suficientes. “Estamos em negociação com a Pfizer, fizemos contato com o Butantan e com laboratórios chineses, porém, ainda nenhuma está disponível para compra”, disse. “O Estado tem recursos para comprar”, acrescentou.

  -  

Após reunião em Brasília, Camilo diz que pretende comprar vacinas para complementar Plano Nacional

Em viagem a Brasília, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), tratou sobre a compra direta da vacina Sputnik pelos estados. “A multinacional informou que conta com 10 milhões de doses produzidas, que serão incorporadas ao Plano Nacional de Imunização assim que for aprovada pela Anvisa. Nossa intenção é a possibilidade da compra direta pelo Estado, em complemento ao PNI”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

‘Não há intenção de extinguir benefícios’, diz Gardel Rolim sobre projeto com mudanças na Previdência

“Não há intenção de extinguir esses benefícios (licença prêmio e anuênios), há intenção de discutir um novo formato para que eles possam continuar sendo concedidos”.

Vereador Gardel Rolim (PDT), líder do Governo Sarto (PDT) na Câmara Municipal de Fortaleza, sobre projeto com mudanças na Previdência dos servidores reapresentado pela Prefeitura.

Foto: CMFor
  -  

Opositor pede vistas, e projeto que muda Previdência deve ser analisado na quarta pela Comissão Especial

Com pedido de vistas do vereador Guilherme Sampaio (PT), o projeto com mudanças na Previdência dos servidores de Fortaleza deve ser analisado pela Comissão Especial , instalada na Câmara Municipal de Fortaleza, apenas na quarta-feira (3). O objetivo, segundo o petista, é colher assinaturas para apresentar emendas à proposta.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

“Não é nenhuma novidade”, diz Gardel após líder do Pros orientar voto contrário a mudanças na Previdência

“O Pros vota contra as matérias do Governo há pelo menos quatro anos nessa Casa, então não vai ser novidade nenhuma o Pros votar contra”.

‌Vereador Gardel Rolim (PDT), após o líder do Pros, Pedro Matos, orientar a bancada a votar contra a proposta com mudanças na Previdência de Fortaleza. Na primeira vez que a matéria esteve na Casa, Matos liberou a bancada.

  -  

‘Isso é eficiência’, diz Adail sobre mudanças na Previdência estarem na pauta da Câmara desta terça

“A pauta é feita assim. Apareceu ontem à noite e veio na pauta hoje. Isso é eficiência da presidência”

Vereador Adail Júnior (PDT),  após parte da oposição reclamar do horário em que a proposta com mudanças na Previdência dos servidores municipais chegou à Câmara Municipal de Fortaleza, na noite de segunda-feira (1º). Nesta terça (2), a matéria começou a tramitar.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Em Brasília, Camilo Santana participará virtualmente de reunião com presidente da Câmara

Além da visita ao laboratório que representa a vacina Sputnik V, o governador Camilo Santana (PT) também participará hoje (2), em Brasília, de reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP). O parlamentar reúne cerca de 20 governadores para discutir a crise sanitária. Em Brasília, Camilo participará remotamente do encontro, informou a assessoria de Lira.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Servidores voltam a protestar contra reforma da Previdência de Fortaleza nesta terça

Quase uma semana após reunião com a Prefeitura de Fortaleza sobre a reforma da Previdência Municipal, servidores foram à Câmara Municipal em novo protesto, nesta terça (2). Além do aumento da idade, do tempo de serviço e da contribuição previdenciária, entre outros pontos, sindicatos questionam a redução dos benefícios do anuênio e da licença prêmio.

Foto: Divulgação/Sindifort