-  

Renato Roseno defende garantia de moradia em roda de conversa com moradores da Sabiaguaba

O candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, cumpre agenda na manhã deste domingo (11) na Sabiaguaba. Ele participa de roda de conversa com moradores do bairro, incluindo uma candidata a vereadora. “A prefeitura deveria garantir moradia e proteger a área”, escreveu no Twitter sobre a visita. Ainda neste domingo, o candidato tem atividade de campanha no Farol do Serviluz.

  -  

Prefeito e vice de Viçosa são condenados por aglomeração na campanha; pena também vale para opositores

O prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e seu vice, Dr. Marcelo (MDB), foram condenados na Justiça por provocar aglomerações durante a campanha. A decisão recai também sobre a chapa adversária, encabeçada por Divaldo Soares (PDT). Os dois grupos políticos terão de pagar multa de R$ 250 mil.

  -  

Prefeito e vice do Cedro têm diploma cassado por abuso de poder; ex-prefeito também é condenado

O atual prefeito do Cedro, João Diniz (PDT); a vice, Ana Nilma (PDT); e o ex-prefeito Nilson Diniz (PDT) foram condenados por abuso de poder por terem firmado contratos temporários com servidores durante o período eleitoral. Com a pena, o juiz anulou o último pleito, convocou nova eleição e tornou os três gestores inelegíveis por 8 anos. Cabe recurso.

  -  

TRE-CE mantém cassação de prefeito e vice de Viçosa do Ceará; gestores continuam no cargo

O TRE-CE manteve a cassação do prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e de seu vice, Dr. Marcelo (MDB), por abuso de poder político e conduta vedada, rejeitando o pedido da defesa para anular a decisão do juiz eleitoral zonal. No entanto, eles permanecem no cargo até que esgotem os recursos no TRE.

Foto: Instagram/Reprodução
  -  

Após reunião da Previdência, servidores dizem que negociação com a Prefeitura sobre reforma não avança

Após reunião com membros da Prefeitura, representantes dos servidores municipais afirmam que as negociações sobre a reforma da Previdência não avançaram. Eles pedem negociação diretamente com o prefeito José Sarto, e não com interlocutores. Enquanto isso, projetos com mudanças de questões da Previdência na Lei Orgânica segue com tramitação barrada na Justiça.

  -  

Prefeitura e sindicatos discutem o imbróglio da previdência municipal

Representantes da Prefeitura de Fortaleza e de sindicatos de servidores da Capital reúnem-se, virtualmente, na manhã desta segunda-feira (22), para dialogar sobre a previdência municipal e o reajuste salarial. De acordo com o Sindicato dos Servidores de Fortaleza (Sindifort), os trabalhadores pedem acréscimo de 4,52% nos salários. O imbróglio maior é na Previdência.

Foto: José Leomar
  -  

Prefeitura e vereadores devem se reunir nesta segunda (22) com sindicatos para discutir Previdência

Uma comissão especial de vereadores de Fortaleza junto com representantes da Prefeitura devem se reunir, nesta segunda (21), com representantes de sindicatos para discutir os projetos que adequam a Lei Orgânica da cidade às novas regras da reforma da Previdência. As propostas geram polêmica, como o ponto que revoga a licença prêmio de três meses.

Foto: José Leomar
  -  

Com apoio crítico a Sarto, Psol diz que mantém oposição aos Ferreira Gomes no legislativo

Em nota, o Psol declarou voto contrário à candidatura de Capitão Wagner (Pros) à Prefeitura. O voto crítico em Sarto Nogueira (PDT) é explicado como uma forma de combate à “maior ameaça aos direitos do povo e à democracia” que “é o bolsonarismo”. “Seguiremos combatendo e sendo oposição de esquerda aos governos do grupo dos Ferreira Gomes“.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Psol formaliza apoio a Sarto Nogueira no segundo turno em Fortaleza

O Psol será mais um dos que disputaram a Prefeitura de Fortaleza no primeiro turno a formalizar apoio à candidatura de Sarto Nogueira (PDT) no segundo turno. O partido deverá lançar uma nota ainda nesta noite (17). Em São Paulo, os pedetistas estudam apoiar Guilherme Boulos (Psol) no segundo turno contra Bruno Covas (PSDB).

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Roseno diz que sentimento do Psol é derrotar Bolsonarismo, mas ressalta: “não é uma aliança programática com Sarto”

A direção estadual do Psol deve se reunir, nesta terça (17), para decidir sobre posição no 2º turno em Fortaleza. O ex-candidato à Prefeitura da Capital pelo partido, Renato Roseno, diz que o sentimento da sigla é derrotar o “Bolsonarismo” e se for formalizado o apoio ao candidato Sarto (PDT), não será uma aliança programática: “vamos fazer oposição”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

“Enfrentamos a ameaça à democracia”, diz Renato Roseno sobre campanha à Prefeitura de Fortaleza

Ao comparecer para votação neste domingo (15), Renato Roseno falou sobre a campanha realizada. “Enfrentamos a ameaça à democracia. O que seria da democracia se não tivesse expressões como a esquerda ideológica renovada? A um só tempo ela afirma seus princípios de classe, mas é feminista, antirracista, anti-homofóbica, é ecológica”, disse.

Foto: José Leomar
  -  

Renato Roseno vota no início da tarde deste domingo (15) ao lado da vice e de apoiadores

Renato Roseno, candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSOL, compareceu ao local de votação no início da tarde deste domingo (15). Junto dele, que vota no colégio Ari de Sá da Washington Soares, apareceram a vice Raquel Lima e o candidato a  vereador Ailton Lopes.

Foto: José Leomar
  -  

Renato Roseno deverá votar às 12h na Sabiaguaba

O candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, está com votação marcada para 12h no Colégio Ari de Sá, na avenida Washington Soares, na Sabiaguaba. Na manhã deste domingo (15), o postulante e sua vice, Raquel Lima, acompanharam a votação de alguns vereadores durante votação no Instituto Federal do Ceará.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Sarto se reunirá com prefeitos do País para debater consórcio para compra de vacinas pelos municípios

O prefeito José Sarto (PDT) se reunirá com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, e outros gestores municipais, nesta segunda-feira (1º), para tratar da criação de um consórcio público para aquisição de vacinas. O anúncio foi feito pelo pedetista neste domingo (28), nas redes sociais, após conversa com o presidente da FNP.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Presidente da Aprece vai a Brasília tratar de possível compra da vacina russa para municípios cearenses

O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Júnior Castro (PDT), deve ir a Brasília, na próxima terça-feira (2), se reunir com representantes da vacina russa Sputnik V sobre as possibilidades de aquisição para prefeituras cearenses. Ele tenta alinhar a agenda com a do governador, que também tentará comprar o imunizante contra a Covid-19.

Foto: Reprodução
  -  

‘Sou favorável, desde que inclua estados e municípios’, diz Eduardo Girão sobre CPI da Covid-19

“Sou favorável à CPI e assinarei (o requerimento para instalação), desde que inclua também a gestão da pandemia nos estados e municípios. Existem indícios de desvios dos recursos para o enfrentamento ao coronavírus em alguns entes federativos, inclusive no Ceará”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre instalação de CPI da Covid-19 no Senado.

  -  

Camilo vai a Brasília para tratar de possível compra direta da vacina russa Sputnik V para o Ceará

O governador Camilo Santana (PT) informou, neste sábado (27), que visitará na próxima terça-feira (2) o laboratório que representa a vacina russa Sputnik V, em Brasília, para tratar de possível aquisição direta do imunizante, em complemento ao Plano Nacional de Imunização. A possibilidade de compra de vacinas por estados e municípios tem o aval do STF.

  -  

“Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, afirma Cid Gomes após visita de Bolsonaro ao Ceará

Após aglomerações na visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Ceará, o senador Cid Gomes (PDT) afirmou, neste sábado (27), que também vai cobrar a instalação da CPI da Covid-19 no Senado, para investigar ações do Governo Federal no combate à pandemia. “Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, frisou o pedetista.

  -  

Opositor, Vitor Valim agradece ao governador pelo aumento da frota intermunicipal de ônibus em Caucaia

Opositor ao Governo do Estado, o prefeito de Caucaia, Vitor Valim (Pros), foi às redes sociais neste sábado (27) para agradecer ao governador Camilo Santana (PT) pelo aumento em 10% da frota intermunicipal de ônibus. Ele já havia anunciado aumento da frota de ônibus municipal em 25%. “Nosso apelo foi atendido e os esforços para reduzir aglomerações (…) não param”, escreveu.

Foto: José Leomar
  -  

Após aglomerações em visita de Bolsonaro ao Ceará, Tasso quer instalação da CPI da Covid-19 no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disse ao jornalista Gerson Camarotti (G1) que cobrará do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalação da CPI da Covid-19 no Senado. “Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao mandar as pessoas à morte, estimulando aglomeração”, disse, após visita do presidente ao Ceará. Ao todo, 30 senadores assinaram o requerimento da CPI.

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
  -  

TRE-CE reverte cassação dos diplomas do prefeito e do vice de Mulungu

Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), foi revertida sentença de 1º grau que cassava os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Mulungu, Robert Viana (PL) e Cleanto Uchoa (PP), em ação por abuso de poder. Os juízes também reverteram a cassação do diploma da vereadora  Lyziane do Studart (PL). O julgamento do recurso ocorreu na sexta-feira (26).

Foto: Reprodução
  -  

“Ignora a aflição do nosso povo”, diz Cid sobre aglomeração em visita de Bolsonaro ao Ceará

“A situação da pandemia é gravíssima (…). Enquanto isso, o irresponsável, despreparado e inconsequente presidente da República se cerca de outros tantos irresponsáveis e promovem aglomerações no Ceará. Ignora a aflição do nosso povo”.

Senador Cid Gomes (PDT), em reação à visita presidencial ao Ceará.

  -  

Deputados destinam emendas para a Saúde e atendem pedido do governador, diz Danilo Forte

Após discussão na Câmara, a bancada cearense atendeu ao pedido do governador Camilo Santana (PT), e destinou cerca de 90% da emenda parlamentar para custeio da Saúde no Ceará.  A informação é do deputado Danilo Forte (PSDB). Mais de R$ 100 milhões serão de administração direta do governo. Há também a verba enviada diretamente para as prefeituras.