-  

Reitor da UFC está de olho em Anastácio Queiroz para cargo “de peso” na instituição

O reitor da UFC Cândido Albuquerque está de olho no ex-secretário de Saúde do Governo Tasso, Anastácio Queiroz, para um cargo de “peso” na universidade. Ele já faz parte do corpo docente da UFC e é um infectologista renomado na área.

Foto: Kid Junior
  -  

Cândido Albuquerque reclama de “defensores do atraso” e anuncia energia solar na UFC

“Enquanto uma pequena minoria defende o atraso, o desrespeito e a estagnação da UFC, a maioria absoluta da comunidade acadêmica, incluindo a Administração Superior, continua trabalhando”

O reitor da UFC divulgou hoje (31) a chegada de uma carreta com placas de energia solar. Ele enfrenta protestos de parte da comunidade acadêmica.

Foto: Camila Lima
  -  

Parceria entre UFC e Governo do Estado avança para criar Distrito de Inovação em Saúde

Tem avançado a proposta de transformar o Complexo Hospitalar da UFC em um Distrito de Inovação em Saúde. A meta é torná-lo referência, até mesmo, internacional. Nesta quinta (14), o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, se reuniu com o reitor Cândido Albuquerque. O distrito prevê uma articulação entre UFC, Estado, Prefeitura de Fortaleza e outros setores da sociedade civil.

Foto: Viktor Braga/UFC
  -  

Fiador do reitor, Jaziel Pereira quer destinar verba de emendas parlamentares para a UFC

Fiador de Cândido Albuquerque em Brasília desde a indicação para reitor, o dep. federal Jaziel Pereira (PL) quer articular com a base governista o envio de emendas ao orçamento da UFC. Ontem, Jaziel e o reitor se encontraram. Cândido já havia articulado recentemente acordo com a base para definir cargos no Complexo Hospitalar da universidade.

Foto: Viktor Braga/UFC
  -  

Ministra Damares Alves desembarca para agenda no Ceará nesta sexta (11)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves vem ao Ceará, nesta sexta (11), participar de uma cerimônia de lançamento das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida, em uma instituição privada, em Fortaleza. Está prevista uma agenda dela na Casa da Mulher Brasileira, mas ainda não foi confirmada.

Foto: Agência Brasil
  -  

MP de Bolsonaro fragiliza as relações de trabalho e traz insegurança aos trabalhadores, diz Tasso

“A MP 927 vai na direção contrária (da política de proteção ao emprego), fragilizando as relações de trabalho e reduzindo a proteção dos trabalhadores. Mesmo com a retirada do Art 18, que permitia a suspensão do contrato sem pagamento de salários por 4 meses, a MP cria grande insegurança”

Tasso Jereissati (PSDB) sobre Medida Provisória de Jair Bolsonaro. Ele fez apelo para que a matéria seja retirada.

  -  

‘Legislativo e Judiciário têm que interferir para a vida do povo não ficar comprometida’, diz André Figueiredo

“Quando temos um Poder Executivo Federal despreparado e genocida, os poderes Legislativo e Judiciário tem que interferir pra vida do povo brasileiro não ficar comprometida”.

Deputado federal André Figueiredo (PDT), líder da oposição, sobre a decisão do ministro Marco Aurélio, do STF, de suspender cortes do Governo no Bolsa Família durante a crise na saúde.

  -  

Agenda de candidatos: Anízio Melo realiza atividade com vereadores no primeiro dia de campanha

Dia 1. No primeiro dia de campanha, Anízio Melo (PCdoB) irá participar de uma atividade com os candidatos a vereador pelo partido no Polo de Lazer Sargento Hermínio, no bairro São Gerardo. O evento ocorre ainda pela manhã, a partir das 10 horas. Antes disso, o candidato tem, na agenda oficial, um café da manhã na casa da mãe.

  -  

Candidato pelo PCdoB, Anízio Melo declara R$300 mil em bens à Justiça Federal

A declaração de bens do candidato a prefeito Anízio Melo (PCdoB) totaliza patrimônio de R$ 300 mil. Na lista de bens disponível no Divulgacand do candidato, consta apenas apartamento financiado, com previsão de entrega para 2023, que está avaliado em R$ 300 mil. Em 2018, quando foi candidato a deputado federal, ele não declarou bens à Justiça Eleitoral.

 

 

Foto: Reprodução
  -  

Heitor Freire declara patrimônio de R$ 447 mil à Justiça Eleitoral

Candidato a prefeito de Fortaleza, Heitor Freire (PSL) declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 447 mil – dentre imóvel, investimentos e dinheiro em espécie. Em relação a 2018, quando foi eleito deputado federal, Freire teve uma redução no patrimônio, de acordo com os dados no Divulgacand. Há dois anos, o parlamentar declarou R$ 1,09 milhão em bens. 

  -  

UFC: juiz pede especificação das partes em processo contra os ocupantes da Reitoria da UFC

Em primeiro despacho quanto ao processo que Cândido Albuquerque move contra “manifestantes e ocupantes da Reitoria da UFC”, o juiz da 1º Vara Federal, George Marmelstein, determinou que “é fundamental que a parte autora identifique, com mais precisão, as pessoas que deverão ocupar o polo passivo”. Por isso, o magistrado voltou a ação para o autor para que especifique quem está sendo processado.

Foto: José Leomar
  -  

Cândido Albuquerque entra com processo contra ocupantes da Reitoria

Reitor empossado da Universidade Federal do Ceará, Cândido Albuquerque entrou com processo na Justiça contra “manifestantes que obstam o pleno acesso e funcionamento do prédio da Reitoria da UFC”. A ação, de n° 0815846-31.2019.4.05.8100, foi feita em nome da instituição e pede “reintegração/manutenção de posse“, além de multa.

Foto: Camila Lima
  -  

Novo reitor da UFC gera protestos nas sessões da Câmara e da Assembleia

As sessões da Câmara e da Assembleia começaram com a UFC no centro dos debates. O deputado Elmano (PT) disse que o novo reitor, Cândido Albuquerque, terá que “renunciar ao cargo”. Idalmir Feitosa (PDT), vereador,  reconheceu que Bolsonaro tem prerrogativa de indicar reitor, mas a nomeação é “questionável”. Guilherme (PT) rebateu declarações de Cândido.

  -  

Por onde anda? Ex-vice-governador Professor Pinheiro se dedica à pesquisa e à cátedra

“Não tenho mágoas, só alegrias por ter servido ao povo do Ceará”. A declaração é de Francisco Pinheiro, conhecido como Professor Pinheiro, ex-vice-governador do Ceará no primeiro mandato de Cid Gomes (2007-2010). Afastado da vida pública desde janeiro de 2015, hoje se dedica à sala de aula e à pesquisa no Departamento de História da UFC.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Orçamento participativo foi uma das contribuições de Pinheiro no governo

Integrante do Diretório Estadual do PT, no Ceará, Professor Pinheiro lembra com orgulho de ter coordenado a elaboração do orçamento participativo do Ceará para o período de 2008 a 2010. “O debate com a população começou ainda na campanha e 85% das propostas apresentadas pelos movimentos populares foram executadas pelo Governo do Ceará“, afirma.

  -  

“Ceará Colonial” é tema de pesquisa de Professor Pinheiro na UFC, após saída da vida pública

Vereador e vice-governador, Francisco Pinheiro terminou o último mandato eletivo na Assembleia Legislativa do Ceará, como deputado estadual. Hoje coordena, na UFC, projetos de transcrição de documentos do Ceará Colonial do Arquivo Histórico Ultramarino. Oito, de 22 livros sobre o assunto, já estão prontos.

  -  

MEC libera mais de R$47 milhões para ensino superior no Ceará

O Ministério da Educação (MEC) liberou os recursos para as universidades e institutos do Ceará que estavam bloqueados em razão da Lei de Responsabilidade Fiscal.  Serão R$21,3 milhões para UFC, R$5,6 milhões para UNILAB,  R$3,9 milhões para UFCA e R$16,7 milhões ao IFCE. Os valores são para despesas de custeio das instituições.

  -  

Tasso Jereissati propõe criação de benefício infantil com foco na primeira infância

O sen. Tasso Jereissati (PSDB) apresentou uma PEC que prevê a criação do Benefício Universal Infantil – um programa para atender famílias com crianças de até 14 anos -, mais especificamente aquelas com idade de zero a seis anos. O texto permite a integração parcial ou total com outros programas e teria verba oriunda da revisão de benefícios fiscais.

Foto: Agência Senado
  -  

Heitor Freire defende auxílio de R$ 600 para população mais vulnerável, o Renda Fortaleza

Em visita à comunidade do Dendê, no bairro Edson Queiroz, nesta quinta-feira (1), Heitor Freire (PSL) criticou a falta de investimentos para diminuição da desigualdade e afirmou que pretende implementar o Renda Fortaleza,  um auxílio mensal de R$ 600 reais para a população mais vulnerável. Segundo o candidato, o objetivo é fazer o dinheiro circular nos bairros.

Foto: Zé Rosa
  -  

Única candidatura coletiva em Fortaleza, “Nossa Cara” tem pedido de impugnação do registro feito pelo MPE

O Ministério Público Eleitoral pediu a impugnação do registro da única candidatura coletiva em Fortaleza, intitulada “Nossa Cara” e formada por três mulheres. Segundo a ação, a candidatura “induziria o eleitor ao erro” já que não há embasamento jurídico para o modelo de candidatura. Em 2018, duas candidaturas coletivas conquistaram cargo eletivo.

  -  

Célio Studart critica investimentos em saúde da primeira infância na Capital

O candidato do PV, Célio Studart, criticou a falta de investimentos em saúde pública para a primeira infância na Capital. “As prioridades têm que ser alteradas e faremos isso na nossa gestão”, declarou o político durante visita ao Incor Criança.

Foto: Divulgação
  -  

Célio Studart visita Incor Criança e promete apoio em construção de hospital

Candidato a prefeito de Fortaleza, Célio Studart (PV) se comprometeu em ajudar o Instituto do Coração da Criança e do Adolescente (Incor Criança) na construção de hospital com leitos infantis de alta complexidade, caso seja eleitor prefeito da Capital. A instituição, sem fins lucrativos, opera por meio de doações, repasses e financiamento público.

Foto: Divulgação
  -  

“Os deputados tem estado presentes na plataforma virtual. Não há prejuízo”, diz Sarto sobre esvaziamento de sessões

Apesar do esvaziamento visto nas últimas sessões da Assembleia, o presidente da Casa, Sarto Nogueira (PDT), disse que não há prejuízo aos trabalhos por causa do modelo híbrido de participação: “Tem tanto gente no gabinete, como em casa. Os deputados tem estado presentes na plataforma virtual, nas discussões nas comissões e nas sessões”

  -  

Assembleia aprova aumento de repasse do ICMS para prefeituras que atingirem metas na Saúde

Os deputados estaduais aprovaram, nesta quinta (1º), projeto de lei do Governo do Estado que aumenta de 5% para 15% o repasse do ICMS para as prefeituras que melhorarem os índices da Saúde. O montante a ser distribuído aos municípios cearenses deve subir de R$175 milhões para R$525 milhões. Os critérios de repasse ainda serão definidos pelo Estado.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Candidata à Prefeitura de Tauá, Patrícia Aguiar se licencia da Assembleia

A Assembleia aprovou, nesta quinta (1º), a licença da deputada Patrícia Aguiar (PSD) por 45 dias, para “tratar assuntos particulares”. Por ser um tempo curto, nenhum suplente assume a vaga dela. Patrícia é candidata à Prefeitura de Tauá e vai se concentrar na campanha. Também se licenciaram Vitor Valim (Pros) e Júlio César Filho (Cidadania).

Foto: José Leomar
  -  

Com elogios à vice, Capitão Wagner avalia primeiros dias de campanha

Acompanhado da vice, Kamila Cardoso, e do deputado Delegado Cavalcante, o candidato à Prefeitura Capitão Wagner fez um balanço dos primeiros dias de campanha. “Comparando com 2016, a recepção tem sido mais positiva. Tínhamos rejeição na Regional 2, por exemplo, mas hoje a população nos conhece melhor. A Kamila tem agregado muito nisso”, disse.

Foto: José Leomar
  -  

Em visita ao Buraco da Gia, Capitão Wagner critica Lei dos Alvarás

Candidato do Pros à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner visitou o Buraco da Gia, no Centro. Ele criticou medidas adotadas pela atual gestão municipal que, segundo ele, “burocratizaram” o setor comercial. “Tanto é que grandes pontos comerciais perderam sua pujança, como a Monsenhor Tabosa e a Bezerra de Menezes”, disse. Ele também prometeu revogar a Lei de Alvarás.

Foto: José Leomar