-  

Reestruturação das carreiras policiais será enviada à Assembleia ainda em fevereiro

O Palácio da Abolição vai enviar à Assembleia, ainda neste mês, a mensagem com a reestruturação da categoria de Segurança Pública do Estado, que tem demostrado insatisfação com a questão salarial. A proposta terá um impacto de R$ 440 milhões nos próximos três anos, segundo o governador. Uma das principais questões é a remuneração dos soldados.

Foto: Helene Santos
  -  

Projeto que adequa Conselho de Segurança Pública do Estado à lei federal começa a tramitar na Assembleia

Começou a tramitar na Assembleia, nesta quinta (8), o projeto de lei enviado pelo Poder Executivo que adequa a composição do Conselho de Segurança Pública do Estado à lei federal que criou o Susp. Representantes das forças de segurança que atuam no Ceará (federal, estadual e municipal) terão lugar no colegiado. A medida deve garantir o envio de recursos para a Segurança.

Foto: Arquivo/Sistema Verdes Mares
  -  

Em 1ª sessão após suspensão do mandato, André Fernandes fala em “gabinete do ódio” contra ele

O deputado André Fernandes (Republicanos) voltou às sessões na Assembleia, após ser suspenso do mandato. Ele se uniu ao discurso de Cavalcante contra o deputado Heitor Freire, do PSL, partido ao qual estava filiado. Fernandes, que foi apontado por ter ligações com grupos de notícias produzidos contra adversários políticos, também acusou ter um “gabinete do ódio” contra ele.

  -  

A dois dias do início da campanha eleitoral, poucos deputados são vistos em sessão da Assembleia

A dois dias de começar a campanha eleitoral, o plenário da Assembleia teve pouco mais de 10 deputados, apesar do painel ter marcado 26 parlamentares presentes na manhã de hoje (24). No período de eleições é comum os deputados focarem as atenções nas suas bases eleitorais para eleger os aliados, de olho na reeleição deles em 2022. A tendência, pelo visto, é o trabalho no Legislativo ficar em segundo plano.

  -  

Em ato com Camilo, Roberto Cláudio fala em “fraude” ao se referir a Capitão Wagner

O prefeito Roberto Cláudio voltou a fazer crítica ao candidato a prefeito pelo Pros, Capitão Wagner, no embate eleitoral de Fortaleza. Segundo o prefeito, “é uma fraude que está sendo desconstruída”.  Para o gestor, o adversário seria uma “ameaça à parceria” entre a Prefeitura e o Governo do Estado. Ele inaugurou nova areninha ao lado de Camilo Santana (PT).

Foto: Camila Lima
  -  

“Um governo que cabe um monte de gente”, diz Roseno ao justificar oposição a Camilo

“Nós somos oposição ao Governo Camilo porque é um governo que cabe um monte de gente, um governo que cabe uma base fundamentalista, um governo gigantesco, tanto é que a sua própria base está brigando aqui em Fortaleza”

Candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, em entrevista à rádio Verdinha AM 810 na manhã desta quarta-feira (28).

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Em primeiro ato público após se recuperar da Covid-19, Camilo volta a criticar Capitão Wagner

Em sua primeira aparição pública após se recuperar da Covid-19, o governador Camilo Santana (PT) reforçou críticas ao candidato do Pros, Capitão Wagner. “Ele andou dizendo que eu só estava falando nas redes, mas quero dizer em bom tom: que ele assuma a responsabilidade enquanto um dos líderes dos motins que desestabilizaram a segurança e geraram pânico à população”.

Foto: José Leomar
  -  

Assembleia aprova as contas do governador Camilo Santana de 2019

A Assembleia Legislativa aprovou, em votação secreta, nesta quinta (3), por 26 votos a favor e cinco contra, as contas do governador Camilo Santana (PT) de 2019. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia recomendado a aprovação das contas do Executivo Estadual, mas fez 51 ressalvas.

  -  

Governo envia projeto que prorroga prazo para empresas pagarem valores devidos ao Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal

O Governo do Ceará enviou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que permite ao Estado prorrogar a cobrança de valores devidos ao Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (Feef) a empresas. Pela medida, os contribuintes terão 30 dias úteis para impugnar ou recorrer de autos de infração ou pagar os tributos lançados. A proposta deve ser lida amanhã (9).

Foto: Reprodução
  -  

Novos tempos: em meio à crise, Seinfra controla uso de água, ar-condicionado, elevadores e até iluminação

Em meio à pandemia, com queda na arrecadação, o Estado aperta o cinto. O secretário de Infraestrutura do Estado, Lúcio Ferreira Gomes, baixou portaria criando comissão de contingenciamento de gastos na e determinando restrições no uso de água, normas para a utilização de ar-condicionado e elevadores, redução de impressão de papeis e até iluminação.

Foto: Camila Lima
  -  

Em ato no Curió, Paula Colares defende política de segurança baseada na geração de emprego

Em visita ao bairro Curió, a candidata da UP, Paula Colares, defendeu uma política de segurança pública baseada na geração de empregos e acesso aos serviços públicos de qualidade. No ato, a postulante lembrou os 5 anos da chacina de Messejana. “Se tivermos investimentos sociais, as desigualdades econômicas reduzirão e, consequentemente, a violência também”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

PEC que proíbe anistia a amotinados será votada a partir das 13h

A sessão extraordinária que votará a PEC que proíbe concessão de anistia a militares que aderirem a motins ou paralisações esta marcada para às 13h. Por enquanto, os deputados da Assembleia Legislativa discursam no Primeiro Expediente. Após aprovação na CCJ, a expectativa é de que a maioria do Governo na Casa garanta a aprovação da matéria.

  -  

Vereador Sargento Reginauro é investigado por aliciação para motim

O Comando-Geral do Corpo de Bombeiros investiga indícios de crime militar de aliciação para motim ou revolta pelo vereador e 1° sargento da reserva remunerada, Reginauro Sousa Nascimento. São apontadas publicações em redes sociais que podem configurar como aliciamento ou incitação a outros bombeiros a participarem de movimento “grevista”. O ver. afirma que ainda não foi notificado.

Foto: José Leomar
  -  

Nelinho Freitas promete requalificação do Parque das Timbaúbas para 2022

O candidato Nelinho Freitas (PSDB) disse em entrevista ao PontoPoder Eleições, nesta quinta (29), que, se eleito, fará um processo de requalificação do Parque das Timbaúbas, em Juazeiro do Norte. “O nosso projeto é que queremos, dentro do primeiro semestre do segundo ano, concluir essa obra, que vai trazer conforto para nossas famílias”, afirmou.

  -  

Nelinho diz que simboliza a ‘nova política’ por apresentar projetos inovadores

Embora vinculado à política tradicional de Juazeiro do Norte, o entrevistado do PontoPoder Eleições desta quinta (29), Nelinho Freitas (PSDB), que tem como candidato a vice o filho do ex-prefeito Raimundão, Davi de Raimundão (MDB), disse que representa uma renovação na política: “A gente está muito tranquilo fazendo uma política renovada e de propostas”.

  -  

Juazeiro: Nelinho Freitas é o último entrevistado do PontoPoder Eleições nesta quinta (29)

O candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte pelo PSDB, Nelinho Freitas, é o entrevistado desta quinta-feira (29) no programa PontoPoder Eleições, da TV Diário. O postulante ao Paço Municipal da cidade é deputado estadual e participa de uma série de entrevistas a fim de debater as propostas para a próxima gestão municipal, que inicia em 2021.

  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições traz nesta quinta-feira (29) reportagem sobre os gastos dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza nas campanhas nas redes sociais, e repercussão do encontro entre Lula e Ciro Gomes. A atração, que vai ao ar às 21h55, na TV Diário, também entrevista o candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte, Nelinho Freitas (PSDB).

 

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast analisa repercussões do encontro entre Lula e Ciro em setembro

Está no ar edição extra do podcast PontoPoder Cafezinho. Os jornalistas Inácio Aguiar, Márcio Dornelles e Wagner Mendes discutem as repercussões do encontro entre o ex-presidente Lula e o ex-ministro Ciro Gomes. O que reserva a conversa entre os líderes? Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Deputado Marcos Sobreira desiste de candidatura à Prefeitura de Iguatu

O candidato à Prefeitura de Iguatu, Marcos Sobreira, publicou nota nas redes sociais, nesta quinta-feira (29), afirmando que está saindo da disputa ao Executivo. O agora ex-candidato diz que a desistência é uma decisão do partido, o PDT. “Neste momento, temos que ter serenidade para seguir pelo melhor caminho”, escreveu.

  -  

Ciro Gomes deve fazer rodada de viagens pelo País antes de focar na eleição em Fortaleza

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) deve fazer nos próximos dias uma rodada de viagens por diferentes cidades do País. A intenção é participar da campanha de candidatos do PDT em municípios como Rio de Janeiro, Recife e Campo Grande. Apenas depois disso, ele deve se concentrar na disputa em Fortaleza. Ciro passou 21 dias em casa após diagnóstico de Covid-19.

  -  

Em primeira aparição pública após Covid, Ciro Gomes não comenta encontro com Lula

Ciro Gomes (PDT) fez primeira aparição após se recuperar da Covid-19. Junto a Roberto Cláudio, ele participou da inauguração do Ginásio Aécio de Borba. Afônico, Ciro não comentou o encontro com o ex-presidente Lula (PT). Segundo a assessoria, a reunião ocorreu no dia 1º de setembro e não tratou da disputa em 2022. O foco foi a oposição a Jair Bolsonaro.

Foto: Kaio Machado
  -  

Polícia Federal investiga suposto crime de compra de votos em Crato e Caririaçu

A Polícia Federal no Ceará cumpriu mandados de busca e apreensão hoje (29) nas cidades de Crato e Caririaçu, em investigação sobre supostos crimes de compra de votos. Em Caririaçu, há indícios de recebimento de benefício, como material de construção, pelo eleitor em troca de voto. No Crato, a investigação busca identificar distribuição de dinheiro.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Justiça manda retirar do ar propaganda de Wagner que liga Sarto à operação Lava Jato

A Justiça Eleitoral concedeu pedido da coligação do candidato Sarto Nogueira (PDT) para que seja retirada do ar uma peça publicitária do candidato Capitão Wagner (Pros), a qual diz que o pedetista teria recebido dinheiro da JBS, empresa investigada na Operação Lava Jato. O juízo considerou que a publicidade não apresenta provas de que Sarto é investigado.

Foto: Natinho Rodrigues