-  

Quinto colocado em pesquisa Ibope, Célio Studart destaca baixo índice de rejeição

Candidato na corrida ao Paço Municipal, Célio Studart (PV) destacou o baixo índice de rejeição que sua candidatura recebeu na primeira pesquisa Ibope na Capital. Ele teve 9% de rejeição, empatado com Paula Colares (UP) e Samuel Braga (Patriota). “Temos espaço para crescer entre os eleitores”, ressaltou. Ele tem 4% de intenção de votos em Fortaleza.

Foto: Kid Júnior
  -  

Célio Studart apresenta projeto de lei na Câmara dos Deputados para criar Dia Nacional do Jumento

O deputado federal Célio Studart (PV), defensor da causa animal, propôs um projeto de lei pra criar o Dia Nacional do Jumento. A data seria em homenagem ao padre Antônio Vieira, fundador do Clube Mundial do Jumento, em 1996. Ele justifica a proposta para “conscientizar a população sobre a importância de proteger os jumentos, que são patrimônio histórico”.

Foto: Agência Câmara
  -  

Diagnosticado com Covid-19, Célio Studart é impedido de votar para a Presidência da Câmara e protesta

Afastado desde a última sexta-feira (29), após diagnóstico de Covid-19, Célio Studart (PV) protestou por ter sido impedido de votar na eleição para a Presidência da Câmara, nesta segunda-feira (1º).  “Todas as votações vêm sendo realizadas remotamente“, reclamou, após não ter o pedido de votação remota acatado. Célio havia declarado apoio a Baleia Rossi (MDB-SP).

  -  

PV oficializa apoio a Sarto Nogueira no segundo turno: “não é hora de ser neutro”

Em ato realizado nesta quinta (19), o PV oficializou apoio ao candidato Sarto Nogueira (PDT) na disputa no 2º turno pelo comando da Capital. Para o dirigente estadual da sigla e ex-candidato, Célio Studart, a “única opção de respeito e tolerância é Sarto”. “Poderia ser conveniente a neutralidade, mas não é hora de ser neutro e depois chorar”, disse.

Foto: Kid Júnior
  -  

Prefeito e vice de Viçosa são condenados por aglomeração na campanha; pena também vale para opositores

O prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e seu vice, Dr. Marcelo (MDB), foram condenados na Justiça por provocar aglomerações durante a campanha. A decisão recai também sobre a chapa adversária, encabeçada por Divaldo Soares (PDT). Os dois grupos políticos terão de pagar multa de R$ 250 mil.

  -  

Prefeito e vice do Cedro têm diploma cassado por abuso de poder; ex-prefeito também é condenado

O atual prefeito do Cedro, João Diniz (PDT); a vice, Ana Nilma (PDT); e o ex-prefeito Nilson Diniz (PDT) foram condenados por abuso de poder por terem firmado contratos temporários com servidores durante o período eleitoral. Com a pena, o juiz anulou o último pleito, convocou nova eleição e tornou os três gestores inelegíveis por 8 anos. Cabe recurso.

  -  

TRE-CE mantém cassação de prefeito e vice de Viçosa do Ceará; gestores continuam no cargo

O TRE-CE manteve a cassação do prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e de seu vice, Dr. Marcelo (MDB), por abuso de poder político e conduta vedada, rejeitando o pedido da defesa para anular a decisão do juiz eleitoral zonal. No entanto, eles permanecem no cargo até que esgotem os recursos no TRE.

Foto: Instagram/Reprodução
  -  

Análise: Naumi lidera disputa em Caucaia mesmo com oposição unida

Após a definição do 2° turno em Caucaia, a oposição se reuniu em torno do candidato Vitor Valim (Pros). A união de forças, porém, parece não ter surtido o efeito esperado na transferência de votos, conforme a pesquisa Ibope. No levantamento, Naumi Amorim (PSD) aparece com 62% das intenções de votos contra 38% de Valim. Confira análise de Inácio Aguiar.

  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O PontoPoder Eleições desta quinta-feira (26) entrevista o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT). A atração, que vai ao ar às 21h55, na TV Diário, traz ainda reportagem sobre candidatos que tiveram 0 votos e receberam recursos públicos para a campanha, além dos últimos números da pesquisa Ibope da corrida eleitoral em Caucaia.

  -  

Pesquisa Ibope Caucaia: maioria dos eleitores dizem que votarão mesmo com pandemia

A Pesquisa Ibope para Prefeitura de Caucaia, encomendada pelo Diário do Nordeste e divulgada nesta quinta (26), apontou que 94% dos entrevistados afirmaram que comparecerão para votar no próximo domingo (29) mesmo diante do cenário pandêmico; 5% responderam que ainda estão em dúvida e 1% disseram que não irão votar no segundo turno de jeito nenhum. Leia mais.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
  -  

“Um reflexo do recall dos candidatos”, diz Heitor Freire sobre pesquisa Ibope

“As pesquisas nada mais são do que um reflexo do recall dos candidatos. Nós seguimos com nosso trabalho para endireitar Fortaleza”

Heitor Freire (PSL) comenta a pesquisa Ibope lançada nesta terça-feira (3). O candidato teve 2% de intenção de votos.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

‘Reflete os que já têm mandatos’, diz Paula Colares sobre pesquisa Ibope

“Reflete os que já têm mandatos. Por isso, a importância de ter debates na tv e rádio com a presença de todos os candidatas/os”.

Candidata da UP, Paula Colares, sobre resultado da pesquisa Ibope. A postulante à Prefeitura de Fortaleza não pontou na pesquisa.

  -  

“Pesquisas indicam a nacionalização da eleição”, afirma Anízio Melo sobre pesquisa Ibope

“As pesquisas indicam a nacionalização da eleição para a Prefeitura de Fortaleza. Neste sentido, intensificaremos nossa posição com uma candidatura mais firme e consistente contra o Bolsonarismo, Guedismo e seus representantes em nossa cidade”

Candidato Anízio Melo (PCdoB) sobre pesquisa Ibope. O postulante do PCdoB não pontou no levantamento.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Sarto se reunirá com prefeitos do País para debater consórcio para compra de vacinas pelos municípios

O prefeito José Sarto (PDT) se reunirá com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, e outros gestores municipais, nesta segunda-feira (1º), para tratar da criação de um consórcio público para aquisição de vacinas. O anúncio foi feito pelo pedetista neste domingo (28), nas redes sociais, após conversa com o presidente da FNP.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Presidente da Aprece vai a Brasília tratar de possível compra da vacina russa para municípios cearenses

O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Júnior Castro (PDT), deve ir a Brasília, na próxima terça-feira (2), se reunir com representantes da vacina russa Sputnik V sobre as possibilidades de aquisição para prefeituras cearenses. Ele tenta alinhar a agenda com a do governador, que também tentará comprar o imunizante contra a Covid-19.

Foto: Reprodução
  -  

‘Sou favorável, desde que inclua estados e municípios’, diz Eduardo Girão sobre CPI da Covid-19

“Sou favorável à CPI e assinarei (o requerimento para instalação), desde que inclua também a gestão da pandemia nos estados e municípios. Existem indícios de desvios dos recursos para o enfrentamento ao coronavírus em alguns entes federativos, inclusive no Ceará”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre instalação de CPI da Covid-19 no Senado.

  -  

Camilo vai a Brasília para tratar de possível compra direta da vacina russa Sputnik V para o Ceará

O governador Camilo Santana (PT) informou, neste sábado (27), que visitará na próxima terça-feira (2) o laboratório que representa a vacina russa Sputnik V, em Brasília, para tratar de possível aquisição direta do imunizante, em complemento ao Plano Nacional de Imunização. A possibilidade de compra de vacinas por estados e municípios tem o aval do STF.

  -  

“Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, afirma Cid Gomes após visita de Bolsonaro ao Ceará

Após aglomerações na visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Ceará, o senador Cid Gomes (PDT) afirmou, neste sábado (27), que também vai cobrar a instalação da CPI da Covid-19 no Senado, para investigar ações do Governo Federal no combate à pandemia. “Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, frisou o pedetista.

  -  

Opositor, Vitor Valim agradece ao governador pelo aumento da frota intermunicipal de ônibus em Caucaia

Opositor ao Governo do Estado, o prefeito de Caucaia, Vitor Valim (Pros), foi às redes sociais neste sábado (27) para agradecer ao governador Camilo Santana (PT) pelo aumento em 10% da frota intermunicipal de ônibus. Ele já havia anunciado aumento da frota de ônibus municipal em 25%. “Nosso apelo foi atendido e os esforços para reduzir aglomerações (…) não param”, escreveu.

Foto: José Leomar
  -  

Após aglomerações em visita de Bolsonaro ao Ceará, Tasso quer instalação da CPI da Covid-19 no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disse ao jornalista Gerson Camarotti (G1) que cobrará do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalação da CPI da Covid-19 no Senado. “Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao mandar as pessoas à morte, estimulando aglomeração”, disse, após visita do presidente ao Ceará. Ao todo, 30 senadores assinaram o requerimento da CPI.

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
  -  

TRE-CE reverte cassação dos diplomas do prefeito e do vice de Mulungu

Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), foi revertida sentença de 1º grau que cassava os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Mulungu, Robert Viana (PL) e Cleanto Uchoa (PP), em ação por abuso de poder. Os juízes também reverteram a cassação do diploma da vereadora  Lyziane do Studart (PL). O julgamento do recurso ocorreu na sexta-feira (26).

Foto: Reprodução
  -  

“Ignora a aflição do nosso povo”, diz Cid sobre aglomeração em visita de Bolsonaro ao Ceará

“A situação da pandemia é gravíssima (…). Enquanto isso, o irresponsável, despreparado e inconsequente presidente da República se cerca de outros tantos irresponsáveis e promovem aglomerações no Ceará. Ignora a aflição do nosso povo”.

Senador Cid Gomes (PDT), em reação à visita presidencial ao Ceará.

  -  

Deputados destinam emendas para a Saúde e atendem pedido do governador, diz Danilo Forte

Após discussão na Câmara, a bancada cearense atendeu ao pedido do governador Camilo Santana (PT), e destinou cerca de 90% da emenda parlamentar para custeio da Saúde no Ceará.  A informação é do deputado Danilo Forte (PSDB). Mais de R$ 100 milhões serão de administração direta do governo. Há também a verba enviada diretamente para as prefeituras.