-  

PT de Camilo discute aliança com PDT em Fortaleza e nível de envolvimento na campanha de Sarto

Enquanto o governador Camilo Santana declara hoje (16) apoio à candidatura de Sarto (PDT) no 2º turno, o PT, partido dele, discute oficialização da aliança. Sarto ligou para petistas. É consenso que o PT atue para derrotar Capitão Wagner, mas em razão das divergências de Luizianne com os irmãos Ferreira Gomes, é preciso definir o “tom” do engajamento.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Sarto recebe deputados para discutir sucessão da Mesa Diretora e deve buscar governador sobre o assunto

O prefeito eleito de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) passou a manhã reunido com deputados na Assembleia, onde fica presidente até o dia 31 de dezembro. Sarto está empenhado em conduzir o processo de sucessão da Mesa e deve se reunir com Camilo Santana para discutir o assunto. Enquanto isso, nomes do PDT na ‘corrida’ pedem apoio aos colegas discretamente.

Foto: José Leomar
  -  

Camilo comenta eleição de Sarto à Prefeitura de Fortaleza: “vitória da defesa da verdade”

Após definição da eleição de Sarto (PDT) para a Prefeitura de Fortaleza, hoje (29), o governador Camilo Santana (PT) comentou o resultado em sua conta no Twitter. “Uma vitória da defesa da verdade, do respeito, da paz e do reconhecimento ao trabalho e à enorme disposição para enfrentar os muitos desafios que virão pela frente”, disse o petista.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Sarto destaca que é fundamental apoio de Roberto Cláudio e Camilo Santana na sua campanha

“Fundamental. É um grupo que tem prestação de contas a fazer e está fazendo, e a população reconhece como positivo

Sarto Nogueira (PDT), sobre influência do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do governador Camilo Santana (PT) na sua campanha

Foto: José Leomar
  -  

PT espera gestos de Sarto para superar mal estar com Luizianne após ataques na campanha

O PT deve declarar hoje (17) apoio à candidatura de Sarto (PDT) à Prefeitura de Fortaleza, mas espera gestos do pedetista para superar as críticas contra Luizianne Lins na campanha. Sarto, inclusive, ligou para lideranças do petistas manifestando o desejo de refazer a relação com o PT em Fortaleza que, atualmente, na gestão Roberto Cláudio, é de oposição.

Foto: Isanelle Nascimento/Camila Lima
  -  

Heitor Freire (PSL), candidato à Prefeitura de Fortaleza, detalha propostas

O candidato do PSL à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire, apresenta detalhes das propostas da candidatura, em entrevista na rádio Verdes Mares (AM 810 Verdinha). Acompanhe:

  -  

Entrevista: Renato Roseno (Psol), candidato à Prefeitura de Fortaleza, fala sobre propostas

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno (Psol) é o entrevistado da vez na Verdinha. Acompanhe:

  -  

Pedetistas estão na corrida pela presidência da AL e chapa deve ser apresentada até dia 15

Nos bastidores da Assembleia não se fala em outra: a sucessão da Mesa Diretora. O presidente, Sarto (PDT), eleito prefeito de Fortaleza, deve conduzir o processo. Até agora, estão no páreo: Tin Gomes (PDT), Sérgio Aguiar (PDT), Zezinho Albuquerque (PDT) e Evandro Leitao (PDT). O PDT vai buscar um nome de consenso com a base aliada e deve apresentar até o dia 15.

Foto: José Leomar
  -  

“Sou apenas mais um, estou passando e quero deixar um legado”, afirma Sarto na Assembleia

Em primeira fala na Assembleia após ser eleito prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT) fez um balanço da campanha. “Se eu fosse me deixar levar por cada agressão e cada mentira, já teria perdido as estribeiras”, disse. “Sou apenas mais um, estou de passagem e quero deixar um legado”, concluiu.

Foto: José Leomar
  -  

Sarto se reúne com lideranças e partidos aliados no segundo turno na Assembleia

O prefeito eleito Sarto Nogueira (PDT) reúne aliados que o apoiaram durante a disputa pelo segundo turno das eleições deste ano. O encontro ocorre na manhã desta quarta (2), na Assembleia Legislativa do Ceara, que é atualmente presidida pelo pedetista. Samuel Braga (Patriota) e Anízio Melo (PCdoB) estão na reunião. Sarto está acompanhado do vice, Élcio Batista (PSB).

Foto: José Leomar
  -  

Sarto Nogueira ganha em 12 zonas eleitorais no 2° turno

O prefeito eleito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), ganhou em 12 zonas eleitorais no 2° turno. Em relação ao 1°, ele teve saldo de uma zona eleitoral a mais. Com o resultado, ele venceu em duas zonas eleitorais nas quais Capitão Wagner havia ganhado no 1° turno – 3° e 115° – e perdeu na 116°, onde tinha conquistado a maioria dos votos no dia 15 de novembro. Veja análise completa.

Foto: Helene Santos
  -  

Capitão Wagner vence em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno

Capitão Wagner teve, no 2° turno, um resultado diferente nas zonas eleitorais de Fortaleza em comparação ao dia 15 de novembro. No embate de domingo (29), Capitão Wagner venceu em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno. A derrota ocorreu na 3° e na 115° zona. O ex-candidato também ganhou a zona 116°, conquistada por Sarto no 1° turno. Veja análise completa.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Coordenadora do TRE-CE diz que eleição foi “bem tranquila” e descarta possibilidade de atraso na divulgação da apuração

Edna Saboia, coordenadora de Eleições do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), avaliou a votação do segundo turno em Fortaleza e Caucaia como “bem tranquila”. A gestora também garantiu que os resultados parciais devem ser divulgados de cinco em cinco minutos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que os atrasos registrados no primeiro turno não devem se repetir. “Até 21 horas a gente espera que Fortaleza e Caucaia já tenham o resultado para os eleitores”, projetou.

Foto: Helene Santos
  -  

TRE-CE suspende 382 órgãos partidários por ausência de CNPJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) suspendeu 382 órgãos partidários sem CNPJ há mais de 30 dias. A ação, que foi executada logo após o primeiro turno das Eleições 2020, foi aplicada em 315 órgãos partidários não vigentes e 67 vigentes. O TRE-CE também atualizou informações referentes à organização partidária do Ceará.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Eleitor ausente no 1° e 2° turno pode justificar até janeiro de 2021 de forma remota

Os eleitores que ainda não justificaram a ausência no 1° ou 2° turno das eleições 2020 têm até janeiro para concluir o procedimento. Para quem não foi às urnas no dia 15/11, o prazo para justificar é até o dia 14/01, já para os ausentes no 2° turno, a data limite é 28/01. A justificativa pode ser feita por meio do e-Título, Sistema Justifica ou na zona eleitoral.

  -  

TRE-CE defere candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita com o coletivo “Nossa Cara”

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará deferiu o registro de candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita que representa a candidatura coletiva “Nossa Cara”. A decisão verificou se o nome utilizado na urna, que faz referência ao coletivo, respeitava os requisitos de elegibilidade. É a primeira vez que esse modelo de candidatura é julgado no Estado.

Foto: Theyse Viana
  -  

Análise: Estratégias de olho na Mesa Diretora

A corrida pela Presidência da Assembleia Legislativa está a todo vapor. Deputados estaduais do PDT – partido com a maior bancada da Casa – disputam indicação. O posto é estratégico e dá visibilidade para quem o ocupa. Em Fortaleza, os dois últimos prefeitos eleitos eram presidentes do Legislativo quando foram lançados à eleição pelo Executivo Municipal. Leia análise.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Grupo do PDT quer indicar Evandro Leitão à presidência da AL e incomoda aliados por “quebra” de acordo

A disputa pela indicação do PDT à Presidência da Assembleia Legislativa está acirrada no partido. Uma ala, ligada a Sarto Nogueira, defende Evandro Leitão. Os demais cotados – Sérgio Aguiar, Tin Gomes e Zezinho Albuquerque – estão incomodados porque isso “quebra” acordo de que membros da Mesa Diretora não poderiam disputar esta eleição. Leitão é 1º secretário.

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast detalha as articulações pelas mesas diretoras da Câmara e da Assembleia; ouça

Está no ar a edição de número 36 do PontoPoder Cafezinho, podcast do Sistema Verdes Mares (SVM) sobre os bastidores da política cearense. Desta vez, os jornalistas Alessandra Castro, Letícia Lima e Márcio Dornelles debatem as articulações para a composição das mesas diretoras da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza. Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Roberto Cláudio e Sarto definem comissão de transição conjunta; trabalhos começam na segunda (7)

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o prefeito eleito Sarto Nogueira (PDT) definiram, nesta quinta-feira (3), a composição da comissão de transição, que será conjunta: Samuel Dias, Marcelo Pinheiro, Elcio Batista e Ferrucio Feitosa, além de Renato Lima. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (7), no Paço Municipal, com apoio técnico de servidores.

  -  

Tasso Jereissati e Eduardo Girão assinam nota em defesa da não reeleição de presidentes da Câmara e do Senado

Dois dos três senadores cearenses – Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) – são signatários de nota de congressistas em reação às movimentações de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) visando reeleição. A nota diz que “a Constituição é clara” e sustenta que “não há espaço para reeleição dos presidentes das casas do Congresso Nacional na mesma legislatura”.

  -  

Jaguaruana: TRE-CE indefere registro de candidatura do prefeito reeleito Roberto da Viúva

O prefeito que foi reeleito no dia 15 de novembro, em Jaguaruana, Roberto da Viúva (PDT), teve o registro de candidatura indeferido nesta quinta-feira (3) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). O motivo é rejeição de contas públicas. O plenário rejeitou a candidatura por 4 votos a 2. O pedetista pode recorrer ao TSE.

  -  

Conselho de Ética da AL deve julgar na próxima segunda (7) se aceita ou não representações contra deputados por quebra de decoro

As cinco representações que tramitam na Assembleia contra deputados por quebra de decoro parlamentar vão ser julgadas no Conselho de Ética, na próxima segunda (7). Os alvos são André Fernandes (Republicanos), por falas sobre a pandemia; Osmar Baquit (PDT) e Leonardo Araujo (MDB) por troca de ofensas, e Bruno Gonçalves (PL), por áudio vazado com supostas negociações escusas.

Foto: José Leomar