-  

Proposta de reajuste dos militares foi aprovada nas comissões, mas está em negociação com a categoria para mudanças

A proposta de reajuste salarial dos militares enviada pelo Governo já foi aprovada hoje (12) nas comissões da Assembleia. Pelo acordo feito com os militares, ela só virá para votação no plenário quando for negociada em definitivo entre a comissão dos três poderes e os representantes da categoria. Nova reunião marcada para hoje (12).

  -  

Assembleia Legislativa: reformas no plenário e nas comissões custam R$1,5 milhão

O plenário e o complexo de comissões da Assembleia estão passando por reformas para a reabertura dos trabalhos legislativos na próxima segunda (3). Uma das novidade é o novo painel de votação digital. O presidente José Sarto (PDT) diz que o investimento é de R$ 1,5 milhão. Em 2019, ainda segundo Sarto, a Assembleia economizou quase R$ 40 milhões.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Reforma da Previdência Estadual é aprovada nas comissões e vai ao plenário nesta quinta (19)

As propostas de reforma da Previdência do Governo Camilo foram aprovadas, hoje (18), nas comissões técnicas, com uma emenda da deputada de oposição Fernanda Pessoa (PSDB). O restante das outras emendas, o “emendão”, vai ser apresentado em Plenário. A tendência é votar a reforma na quinta (19), e limpar a pauta para o recesso.

  -  

3ª reunião com representantes dos militares sobre reajuste está mantida para hoje (16) na Assembleia

Está marcada para 17h, na Assembleia Legislativa, a terceira rodada de negociação da comissão dos três poderes do Estado com os representantes dos militares sobre o reajuste salarial de policiais e bombeiros. A expectativa do governo é de resolver o impasse com a categoria ainda nesta semana e mandar a proposta para votação no plenário.

Foto: Kid Junior
  -  

Governo deve apresentar contraproposta de reajuste salarial para militares em nova negociação

A equipe econômica do Governo está analisando possíveis mudanças à proposta de reajuste salarial de militares  e deve apresentar uma contraproposta amanhã (12). As negociações dos militares com a comissão de três poderes do Estado recomeçaram na última terça-feira (10) e devem continuar amanhã (12), na Assembleia Legislativa.

Foto: Kid Junior
  -  

Profissionais de segurança se concentram na Assembleia para acompanhar reunião sobre proposta salarial

Profissionais de segurança se concentram nos corredores da Assembleia. Eles acompanham a reunião da comissão formada por representantes do governo e das associações sobre a proposta de reajuste do governo. A proposta prevê aumento de 10% a 32% de acordo com cada patente, dividido em quatro parcelas.

  -  

Cid chama Paulo Guedes de ‘mentiroso’ após ministro criticar derrubada de veto sobre servidores

O senador Cid Gomes (PDT) chamou, hoje (20), o ministro da Economia, Paulo Guedes, de “mentiroso” após o gestor criticar a derrubada, pelo Senado, do veto presidencial ao aumento salarial a servidores públicos até o fim de 2021. “Aponte, mentiroso, um centavo que o Senado desviou da saúde para os servidores públicos. Malandro é quem posando de liberal será o (ir)responsável pelo maior rombo nas contas públicas da história do País!”, disse.

  -  

Reajuste salarial de policiais militares pode ser votado na Assembleia ainda nesta semana

O projeto de lei do Executivo Estadual com o reajuste salarial dos policiais militares pode ser votado ainda nesta semana na Assembleia. Ontem, representantes da categoria e integrantes da Comissão dos três Poderes chegaram a um acordo, e a proposta vai a plenário sem alteração. Entretanto, a medida ainda precisa do aval da Mesa Diretora para ser votada.

Foto: Kid Junior
  -  

Representantes dos militares querem consenso sobre reajuste antes do dia 20 de março

Representantes dos militares estão com pressa para a votação da mensagem de reajuste salarial da categoria. O objetivo é chegar a um consenso nesta quinta (12) para levar a mensagem à votação no plenário da Assembleia Legislativa antes do próximo dia 20 de março, para que o aumento já conste na folha de pagamento dos militares em abril.

 

Foto: José Leomar
  -  

Nelinho Freitas promete requalificação do Parque das Timbaúbas para 2022

O candidato Nelinho Freitas (PSDB) disse em entrevista ao PontoPoder Eleições, nesta quinta (29), que, se eleito, fará um processo de requalificação do Parque das Timbaúbas, em Juazeiro do Norte. “O nosso projeto é que queremos, dentro do primeiro semestre do segundo ano, concluir essa obra, que vai trazer conforto para nossas famílias”, afirmou.

  -  

Nelinho diz que simboliza a ‘nova política’ por apresentar projetos inovadores

Embora vinculado à política tradicional de Juazeiro do Norte, o entrevistado do PontoPoder Eleições desta quinta (29), Nelinho Freitas (PSDB), que tem como candidato a vice o filho do ex-prefeito Raimundão, Davi de Raimundão (MDB), disse que representa uma renovação na política: “A gente está muito tranquilo fazendo uma política renovada e de propostas”.

  -  

Juazeiro: Nelinho Freitas é o último entrevistado do PontoPoder Eleições nesta quinta (29)

O candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte pelo PSDB, Nelinho Freitas, é o entrevistado desta quinta-feira (29) no programa PontoPoder Eleições, da TV Diário. O postulante ao Paço Municipal da cidade é deputado estadual e participa de uma série de entrevistas a fim de debater as propostas para a próxima gestão municipal, que inicia em 2021.

  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições traz nesta quinta-feira (29) reportagem sobre os gastos dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza nas campanhas nas redes sociais, e repercussão do encontro entre Lula e Ciro Gomes. A atração, que vai ao ar às 21h55, na TV Diário, também entrevista o candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte, Nelinho Freitas (PSDB).

 

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast analisa repercussões do encontro entre Lula e Ciro em setembro

Está no ar edição extra do podcast PontoPoder Cafezinho. Os jornalistas Inácio Aguiar, Márcio Dornelles e Wagner Mendes discutem as repercussões do encontro entre o ex-presidente Lula e o ex-ministro Ciro Gomes. O que reserva a conversa entre os líderes? Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Deputado Marcos Sobreira desiste de candidatura à Prefeitura de Iguatu

O candidato à Prefeitura de Iguatu, Marcos Sobreira, publicou nota nas redes sociais, nesta quinta-feira (29), afirmando que está saindo da disputa ao Executivo. O agora ex-candidato diz que a desistência é uma decisão do partido, o PDT. “Neste momento, temos que ter serenidade para seguir pelo melhor caminho”, escreveu.

  -  

Ciro Gomes deve fazer rodada de viagens pelo País antes de focar na eleição em Fortaleza

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) deve fazer nos próximos dias uma rodada de viagens por diferentes cidades do País. A intenção é participar da campanha de candidatos do PDT em municípios como Rio de Janeiro, Recife e Campo Grande. Apenas depois disso, ele deve se concentrar na disputa em Fortaleza. Ciro passou 21 dias em casa após diagnóstico de Covid-19.

  -  

Em primeira aparição pública após Covid, Ciro Gomes não comenta encontro com Lula

Ciro Gomes (PDT) fez primeira aparição após se recuperar da Covid-19. Junto a Roberto Cláudio, ele participou da inauguração do Ginásio Aécio de Borba. Afônico, Ciro não comentou o encontro com o ex-presidente Lula (PT). Segundo a assessoria, a reunião ocorreu no dia 1º de setembro e não tratou da disputa em 2022. O foco foi a oposição a Jair Bolsonaro.

Foto: Kaio Machado
  -  

Polícia Federal investiga suposto crime de compra de votos em Crato e Caririaçu

A Polícia Federal no Ceará cumpriu mandados de busca e apreensão hoje (29) nas cidades de Crato e Caririaçu, em investigação sobre supostos crimes de compra de votos. Em Caririaçu, há indícios de recebimento de benefício, como material de construção, pelo eleitor em troca de voto. No Crato, a investigação busca identificar distribuição de dinheiro.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Justiça manda retirar do ar propaganda de Wagner que liga Sarto à operação Lava Jato

A Justiça Eleitoral concedeu pedido da coligação do candidato Sarto Nogueira (PDT) para que seja retirada do ar uma peça publicitária do candidato Capitão Wagner (Pros), a qual diz que o pedetista teria recebido dinheiro da JBS, empresa investigada na Operação Lava Jato. O juízo considerou que a publicidade não apresenta provas de que Sarto é investigado.

Foto: Natinho Rodrigues