-  

Projeto de lei quer declarar patrimônio imaterial de Fortaleza a Parada pela Diversidade Sexual do Ceará

Projeto de lei de autoria da vereadora Larissa Gaspar (PT) quer declarar patrimônio imaterial de Fortaleza a Parada pela Diversidade Sexual. A matéria tramita na Casa desde 2017, mas apenas agora deve ter parecer apreciado pela CCJ. Associações de direito da população LGBT estiveram na Câmara para conversar com os vereadores em busca da aprovação.

Foto: Carlos Marlon
  -  

Parlamentares apostam que próximo prefeito enfrentará uma oposição maior do que Roberto Cláudio

Dezenas de contas circulam entre os vereadores em relação ao número de votos necessários para a eleição e a possível composição da Câmara Municipal. Muita especulação. Uma das suposições é que quem quer que seja o prefeito eleito terá uma bancada de oposição maior do que tem atualmente o prefeito Roberto Cláudio (PDT). Há temor entre os parlamentares.

  -  

Vereador Casimiro Neto desiste de disputar a reeleição em Fortaleza

Após reunião com a família e assessores, o vereador de Fortaleza Casimiro Neto (MDB) decidiu retirar sua candidatura à Câmara Municipal. Ele foi eleito pela primeira vez vereador da Capital em 2000. O parlamentar tem mantido contato com o prefeito Roberto Cláudio e colegas vereadores, para definir seu apoio a postulantes do cargo.

  -  

Quarto candidato a visitar a Câmara de Fortaleza, Anízio Melo defende frente ampla pela Educação

Em visita à Câmara Municipal de Fortaleza nesta quarta (14), o candidato pelo PCdoB, Anízio Melo, voltou a defender o fortalecimento da Frente Norte e Nordeste pela Educação para trazer recursos de Brasília para escolas do Ceará e de Fortaleza. Ele é o quarto prefeiturável a ir ao Legislativo Municipal.

Foto: Divulgação
  -  

Larissa Gaspar cobra inclusão em pauta de matérias acumuladas na Câmara Municipal de Fortaleza

A ver. Larissa Gaspar (PT) questionou hoje demora da Mesa Diretora em pautar propostas de enfrentamento à pandemia. Ela citou, como exemplo, inclusão do projeto do ver. Gardel Rolim, apresentado em 3 de junho, com mesmo teor de projeto apresentado antes por ela. O pres. Antônio Henrique (PDT) reconheceu falha em não observar o teor semelhante dos projetos.

Foto: CMFor
  -  

Vereadora pede ao MPCE que haja redução de passageiros no transporte coletivo

A vereadora Larissa Gaspar (PT) encaminhou pedido ao Ministério Público do Ceará (MPCE) para que o órgão possa recomendar à Prefeitura de Fortaleza que adote medidas para a redução de passageiros nos transportes públicos da Capital, além da entrega de máscaras para os trabalhadores do transporte coletivo.

Foto: CMFor
  -  

Larissa Gaspar assume liderança do PT na Câmara Municipal de Fortaleza

A vereadora Larissa Gaspar assumiu a liderança do PT na Câmara Municipal de Fortaleza. Pouco mais de um ano após voltar à legenda petista, a parlamentar assume o posto após Guilherme Sampaio (PT) decidir se afastar do cargo ao assumir a presidência municipal do partido. A decisão pela nova liderança de Larissa Gaspar foi unânime.

  -  

AL deve votar projeto que autoriza Estado a reorganizar metas do PPA para Segurança, Saneamento e outras áreas

A Assembleia Legislativa deve votar, nesta quinta-feira (22), projeto de lei enviado pelo governador Camilo Santana (PT) que autoriza o Poder Executivo a reorganizar metas previstas no Plano Plurianual (2020-2023) para Segurança Pública, Saneamento Básico e Assistência Social, além de outras áreas. Também estão na pauta outros projetos do Governo e de parlamentares.

Foto: Camila Lima
  -  

Com plenário esvaziado, sessão da Assembleia Legislativa não tem pauta de votação

Com o plenário esvaziado, apesar do telão registrar 25 deputados presentes ‘fisicamente’, a sessão da Assembleia desta quinta-feira (8) foi mais uma vez morna, sem ter sequer votação prevista na pauta. No expediente, há apenas a leitura de projetos do Executivo e de deputados.

Foto: Nilton Cezar
  -  

STF: Kassio Nunes tem “as digitais do Centrão”, afirma Eduardo Girão

O senador Eduardo Girão (Podemos) criticou a escolha do desembargador Kassio Nunes para o Supremo Tribunal Federal (STF). “Ao que tudo indica, tal indicação parece mesmo ter as digitais do Centrão”. O parlamentar disse que esperava que o indicado do presidente Jair Bolsonaro tivesse um perfil mais conservador. A indicação ao STF deve ser votada no Senado.

  -  

Capitão Wagner promete legalizar a situação dos comerciantes da Granja Portugal

Em caminhada pelo bairro Granja Portugal, nesta segunda-feira (26), Capitão Wagner (Pros) conversou com a população e prometeu regularizar a situação dos comerciantes locais. “Muitos negócios não têm alvarás e têm dificuldade de acessar as linhas de crédito e participarem de licitações por conta dessa falta de documentação e adequação”.

Foto: Divulgação
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.

  -  

Polícia Federal simula fiscalização de ilegalidades nas eleições com uso de drones

A Polícia Federal vai testar na manhã de terça-feira (27) drones que serão utilizados na fiscalização das eleições municipais do Ceará. Os equipamentos devem servir para impedir práticas ilegais e registrar irregularidades no dia da votação. De acordo com a PF, os equipamentos têm zoom capaz de identificar atividades suspeitas e placas de carro com nitidez.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Em primeiro ato público após se recuperar da Covid-19, Camilo volta a criticar Capitão Wagner

Em sua primeira aparição pública após se recuperar da Covid-19, o governador Camilo Santana (PT) reforçou críticas ao candidato do Pros, Capitão Wagner. “Ele andou dizendo que eu só estava falando nas redes, mas quero dizer em bom tom: que ele assuma a responsabilidade enquanto um dos líderes dos motins que desestabilizaram a segurança e geraram pânico à população”.

Foto: José Leomar
  -  

PontoPoder Cafezinho: Podcast entrevista candidato Samuel Braga

O podcast PontoPoder Cafezinho iniciou, nesta segunda-feira (26), ciclo de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Fortaleza. O primeiro entrevistado foi Samuel Braga (Patriota). O conteúdo é feito em parceria com a Verdinha AM 810. As entrevistas serão divulgadas de segunda a sexta. Confira aqui:

  -  

Candidatos à Prefeitura de Fortaleza assinam documento que estabelece 30 compromissos pela criança e pela adolescência

Cinco candidatos à Prefeitura de Fortaleza e dois vices marcaram presença no Ministério Público Estadual, nesta segunda (26), para assinatura do documento “30 compromissos pela criança e pela adolescência“. O texto aponta políticas públicas na questão social, educação, saúde, família, entre outras áreas, que devem ser prioridade na gestão municipal.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Fim de semana tem troca de farpas entre chapas do PDT e do PT em Fortaleza

Após veiculação de inserção da coligação liderada por Sarto Nogueira (PDT) listando avaliações negativas sobre a gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT), a chapa petista reagiu. “Uma campanha sem propostas reais. As pessoas esperam ser cuidadas pelo poder público e não ataques mentirosos”, disse Luizianne nas redes sociais.

Foto: Isanelle Nascimento/Agência Diário
  -  

Filiado ao PP, deputado Apóstolo Luiz Henrique anuncia apoio a candidatura de Capitão Wagner

O deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (PP) anunciou apoio à candidatura de Capitão Wagner (Pros) para a Prefeitura de Fortaleza. O PP, partido de Luiz Henrique, integra a coligação de Sarto Nogueira (PDT). O parlamentar, segundo sua assessoria, comunicou a decisão ao partido, que compreendeu a posição. Apóstolo é líder de uma igreja na Capital.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner diz que vai revogar Lei dos Alvarás e tornar taxa definitiva, mas precisará de apoio na Câmara

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), fez uma caminhada, nesta segunda (26), pela Granja Portugal. Ele disse que uma de suas primeiras medidas em uma futura gestão será revogar a Lei dos alvarás, que hoje é pago anualmente, e tornar a taxa definitiva. Para isso, precisará de apoio da Câmara, formada hoje por maioria governista.

  -  

Capitão Wagner quer “flexibilizar” regularização de empresas em Fortaleza e criar conselho econômico

Em visita à Granja Portugal, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) disse que quer “flexibilizar” a regularização de empresas e estabelecer novas regras para a abertura de negócios. Questionado sobre as medidas, Wagner disse que vai criar um conselho econômico no gabinete para discutir medidas com o setor produtivo.

Foto: Isanelle Nascimento