Mudanças nas Regionais da Capital geram queixas e atrasam entrega do projeto

Planejada para ser entregue em agosto, a proposta da Prefeitura que trata da nova territorialização de Fortaleza tem enfrentado resistências. Na nova configuração, há perda de status político dos atuais secretários, que passariam a ser secretários-executivos, gerando queixas.

O Diário do Nordeste trouxe reportagem sobre a proposta.