Foto: Helene Santos

MPF é provocado para apurar denúncias de intimidação a protesto na UFC

As denúncias de intimidação de manifestantes na reitoria da UFC por seguranças particulares chegaram ao Ministério Público Federal (MPF) no Ceará. Duas representações foram apresentadas ao órgão – uma advinda da ADUFC (sindicato dos professores); outra anônima – pedindo que os relatos sejam apurados e que cessem tentativas de intimidação ao protesto contra a nomeação de Cândido Albuquerque para o cargo de reitor.