Manifestantes esvaziam plenário na hora do discurso do líder do governo na AL-CE

Manifestantes que protestam contra o plano de reestruturação salarial dos militares esvaziaram as galerias do plenário da Assembleia Legislativa na hora em que o líder do governo, deputado Júlio César Filho (Cidadania), subiu à tribuna. Antes, o deputado Soldado Noélio (Pros), da oposição, tinha se pronunciado e puxado reações efusivas da categoria.

Foto: José Leomar

Para disputa em Maracanaú, Júlio César Filho adota nome na urna como “Julinho Líder do Camilo”

Líder do governo na Assembleia Legislativa do Ceará antes de se licenciar do mandato para concorrer à Prefeitura de Maracanaú, Júlio César Filho (Cidadania) irá adotar o nome “Julinho Líder do Camilo” na urna. A intenção é colar a imagem ao governador Camilo Santana na disputa com o grupo político de Roberto Pessoa (PSDB), que comanda a cidade há 16 anos.

Foto: Divulgação

Cobiçado para apoiar Júlio César Filho, Daniel Baima é incógnita na disputa à Prefeitura de Maracanaú

O professor Daniel Baima (PT) é um dos pré-candidatos à Prefeitura de Maracanaú e está empolgado com a disputa, mas é cobiçado para apoiar o deputado Júlio César Filho (Cidadania) e fazer uma frente contra o deputado Roberto Pessoa (PSDB), aliado da gestão municipal, onde Baima já foi secretário. Uma chapa Baima-Júlio vai depender do grupo governista.

Suplente Tadeu Oliveira toma posse como deputado estadual no lugar de Júlio Cesar Filho

O suplente Tadeu Oliveira (PSB) tomou posse como deputado estadual no lugar de Júlio César Filho (Cidadania), em sessão virtual da Assembleia hoje (16). Júlio se licenciou da Casa por 120 dias para focar na disputa pela Prefeitura de Maracanaú. Tadeu, o novo deputado, é empresário e tirou 16.305 votos na eleição de 2018.

Novo Plano Mansueto deve oferecer bônus para estados e municípios com boa gestão fiscal

“É um Plano que possa reestruturar de forma definitiva a questão fiscal dos estados e municípios. Não poderemos cair no mesmo erro do regime de recuperação fiscal que o Rio já entrou e não fez sua reestruturação”

Pontuou Mauro Filho, destacando que o RJ recebeu, desde 2017, R$ 52 bilhões da União. No novo Plano Mansueto, estados com boa gestão fiscal, como o Ceará, terão tratamento diferenciado, afirma.

Foto: José Leomar

Mauro Filho quer concluir parecer do novo Plano Mansueto em 30 dias na Câmara

Relator do novo Plano Mansueto, o deputado Mauro Filho (PDT) quer entregar, em 30 dias, o relatório sobre o plano, pronto para ser votado em Plenário. Segundo ele, serão feitos debates com governadores, secretários estaduais da Fazenda, especialistas e Tribunais de Contas para discutir a proposta. A meta é torná-lo mais rigoroso, com avaliações e multas já no primeiro ano.

Foto: José Leomar

PDT decide lançar José Sarto à disputa pela Prefeitura de Fortaleza

A dois dias da convenção partidária marcada para este sábado (12), o PDT bateu o martelo e decidiu lançar o deputado estadual José Sarto, presidente da Assembleia Legislativa, à disputa pela Prefeitura de Fortaleza. A decisão será anunciada em ‘live’ nas redes sociais na noite desta quinta-feira (10). A cúpula pedetista optou pelo mais experiente dentre cinco pré-candidatos.

Foto: Thiago Gadelha

“Todos os PMs que se amotinaram cometeram crimes”, defende chefe do Ministério Público

O procurador geral de Justiça, Manuel Pinheiro, diz que todos os que participaram do motim de policiais militares no Ceará cometeram “crime militar”. Em entrevista ao portal Uol, Manuel Pinheiro disse que não se trata de tratar policiais como bandidos, “mas todas as pessoas que participaram desse motim cometeram crimes. Crimes militares”.

Reestruturação salarial dos policiais só entrará em pauta após votação da PEC que proíbe anistia

Apesar de a proposta de reestruturação salarial de policiais e bombeiros militares do Estado já ter sido lida na Assembleia Legislativa, a continuidade da tramitação dela deve ocorrer apenas quando for finalizada a votação da PEC que proibe anistia administrativa para militares que façam motim. Pode ser ainda nesta semana.

Deputado pede vistas e PEC contra anistia a PMs só volta à discussão na segunda (2)

O deputado André Fernandes pediu vistas da PEC que proíbe anistia a militares em caso de greve. A proposta, apresentada pelo governador, volta a discussão na segunda-feira (2). Há duas emendas de deputados ao texto proposto por Camilo Santana.

Foto: José Leomar

PMs tentam sensibilizar Governo pela derrubada de decreto que enfraqueceu associações

Antes das discussões salariais, o representante dos PMs, Soldado Noélio (Pros) pediu, hoje, ao líder do Governo, Júlio César Filho (Cidadania), que interceda pela derrubada do decreto assinado por Camilo Santana, que bloqueou repasses descontados em folha para associações de militares. A medida estaria prejudicando serviços prestados aos policiais.

 

 

Deputado diz que greve é evitada “com valorização da categoria”

Se o Estado democrático entende que uma categoria não deve fazer greve, o melhor caminho para se evitar não é criar uma lei simplesmente dizendo que não pode, é valorizar a categoria”

Disse o deputado Soldado Noelio (Pros), hoje, às vésperas da votação da PEC, na Assembleia Legislativa, que proíbe a concessão de anistia a militares amotinados.

Foto: Camila Lima

Deputado sugere que Estado deveria ter usado recursos gastos no Acquario para pagar policiais

Representante do policiais militares na Assembleia, o deputado Soldado Noélio (Pros) sugeriu, hoje, na Assembleia, que o Estado deveria ter usado os recursos gastos com o Acquario Ceará para melhorar as condições de trabalho dos policiais. Ele disse ter avisado da insatisfação da categoria. Noélio, antes do motim, fechou acordo com o Estado sobre o reajuste, mas a categoria o desautorizou.

Foto: Lucas Barbosa

Agenda dos candidatos: Heitor Férrer participa de missa no Santuário de Nossa Senhora da Assunção

Dia 1. Como primeiro ato de campanha, Heitor Férrer (SD) irá participar de missa no Santuário Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, a partir das 9h. O candidato a vice, Walter Cavalcante (MDB), também participa. Depois, Ferrer segue para o Raimundo dos Queijos, no Centro, enquanto Cavalcante participa do Encontro de Casais com Cristo.

Agenda da campanha: Renato Roseno participa de bicicleata em primeiro ato de campanha

Dia 1. O candidato a prefeito de Fortaleza, Renato Roseno (Psol), terá um primeiro dia de campanha cheio. Às 7h, ele recepciona uma bicicletada na Barra do Ceará (a partida, às 5h30, será na Praia de Iracema). Ao longo do dia, participa de bandeiraços e reuniões em bairros da Capital, antes da inauguração do comitê de campanha, às 19h30, na PI.

Foto: Fabiane de Paula

Agenda de campanha: Heitor Freire se reúne com apoiadores para café da manhã

Dia 1. O primeiro ato do candidato a Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL), será um café da manhã com apoiadores, a partir das 8 horas. Logo depois, ele irá participar de um torneio de futebol com o mesmo grupo. Para encerrar o domingo, Freire irá inaugurar comitê de campanha, às 17 horas. A assessoria ainda não informou o endereço das atividades.

Agenda de candidatos: Anízio Melo realiza atividade com vereadores no primeiro dia de campanha

Dia 1. No primeiro dia de campanha, Anízio Melo (PCdoB) irá participar de uma atividade com os candidatos a vereador pelo partido no Polo de Lazer Sargento Hermínio, no bairro São Gerardo. O evento ocorre ainda pela manhã, a partir das 10 horas. Antes disso, o candidato tem, na agenda oficial, um café da manhã na casa da mãe.

Foto: Natinho Rodrigues

PDT pede explicações ao PT na Justiça sobre pesquisa eleitoral em Fortaleza

O PDT acionou o PT na Justiça Eleitoral para que explique por que a pesquisa de intenções de voto que pretende publicar nessa sexta (25) não incluiu o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o ex- ministro Ciro Gomes (PDT) como “influenciadores” de voto. O questionário inclui apenas Jair Bolsonaro (sem partido), Cid Gomes (PDT), Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (MDB). Isso, segundo o PDT, pode gerar resultados distorcidos.

Foto: Divulgação/TRE-CE

No interior, candidatos firmam acordo para evitar aglomerações durante campanha eleitoral

Em Milagres e Abaiara representantes de partidos acordaram, perante a Justiça Eleitoral, que não realizarão atos com aglomerações na campanha eleitoral. No encontro, os dirigentes decidiram vetar carreatas, caminhadas e comícios. O encontro foi promovido pelo juiz eleitoral da 26ª Zona, Diogo Schenatto, e o promotor  Alcides Luiz de Sena.

Foto: Helene Santos

Agenda dos candidatos: Sarto visitará Hospital da Criança em primeiro ato de campanha

Dia 1. O primeiro ato de campanha oficial do candidato a prefeito de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) será uma visita ao Hospital da Criança, no bairro Jóquei Clube. Médico obstetra, ele estará na unidade de saúde a partir de 8h de domingo (27), primeiro dia autorizado para campanha. Às 18 horas, participará da inauguração de comitê de um vereador.

Foto: Divulgação

Agenda de campanha: Samuel Braga dará abraço simbólico nas dunas da Sabiaguaba

Dia 1. Como primeiro ato da campanha que se inicia neste domingo (27), o candidato Samuel Braga (Patriota) planeja dar um abraço simbólico nas dunas de areia da Sabiaguaba. Ele é militante da causa ambiental. Braga, sua vice, Roberlene Rodrigues, e os candidatos a vereador da sigla vão se encontrar às 8h30 no local.

Agenda dos candidatos: Paula Colares fará visita ao bairro Curió

Dia 1. Estreante em eleições, a candidata Paula Colares (UP) fará reunião com apoiadores no Bairro Curió. O encontro está marcado para domingo (27), às 9h, e será o primeiro ato oficial de campanha. No mesmo dia, às 14h30, Paula fará encontro com o diretório municipal do partido, no bairro Benfica. A candidata já divulgou agenda da semana.

Justiça Eleitoral manda Facebook retirar publicação de entrevista de Delegado Cavalcante com acusações a Heitor Freire

A juíza da 118ª zona eleitoral de Fortaleza mandou, nesta quinta, o Facebook remover a publicação de uma entrevista do deputado Delegado Cavalcante (PSL) com acusações ao deputado Heitor Freire (PSL), candidato na disputa em Fortaleza. Para ela, houve ofensa à honra e à dignidade do candidato com “informações inverídicas”. Cavalcante tem dois dias para apresentar defesa.