-  

Mais de 30% dos candidatos no Ceará estão aptos para as eleições

O número de candidaturas deferidas no Ceará chegou a 5.186, entre postulantes a cargos de prefeito e vereador. Corresponde a 32% do total de 16.097 pedidos ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), segundo a plataforma Divulgacand, atualizada às 16h09. Inaptos são 209. Resta a avaliação 10.702 candidaturas.

Foto: Agência Brasil
  -  

1.350 candidatos já estão aptos no Ceará para a Eleição 2020, segundo Divulgacand

Dos 16.069 candidatos com pedido de registro de candidatura no Ceará, 1.350 (8,4%) já foram considerados aptos pela Justiça Eleitoral. Em resumo, são 1.348 candidaturas deferidas e dois pedidos “indeferidos com recurso”. Os números constam no sistema Divulgacand, atualizado diariamente pelo Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

 

  -  

31 candidatos do Ceará foram indeferidos pela Justiça Eleitoral; 164 já são considerados aptos

Em todo o Ceará, 31 candidatos às Eleições Municipais 2020 já foram considerados inaptos para disputar o pleito, de acordo com o portal Divulgacand, às 16h desta terça-feira (6). Em relação aos candidatos aptos, são 164. Na capital, até agora, um postulante à Câmara Municipal teve a candidatura indeferida. Os dados são atualizados diariamente.

  -  

Entre candidatos a prefeito e vereador, Fortaleza já tem 197 nomes aptos para Eleição 2020

Dos 1.380 pedidos de registro de candidatura em Fortaleza, a Justiça Eleitoral contabiliza 214 decisões de postulantes a prefeito ou vereador. Até agora, segundo o Divulgacand, são 197 aptos, sendo 6 na disputa ao Paço Municipal: Sarto Nogueira (PDT), Luizianne Lins (PT) e Célio Studart (PV). Deferido, Renato Roseno (Psol) ainda não consta no sistema.

  -  

Aglomerações de campanha: Justiça Eleitoral multa candidatos em R$ 100 mil em Viçosa do Ceará

Em Viçosa do Ceará, dois candidatos a Prefeitura foram multados em R$ 100 mil por não descumprimento das regras sanitárias. Divaldo Soares (PDT) e Zé Firmino (MDB) foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral após promoverem aglomerações em atos de campanha. Além da multa, a Justiça determinou nova penalidade de R$ 250 mil em caso de reincidência.

  -  

Luizianne Lins ganha liminar contra disseminação de fake news no Facebook e Whatsapp

A Justiça Eleitoral concedeu liminar determinando a exclusão de vídeo difamatório contra Luizianne Lins (PT) que circulava em grupos do Facebook e do Whatsapp. O juiz eleitoral André Teixeira também solicitou a identificação do administrador e responsável pela postagem. A candidata também solicitou audiência com a Polícia Federal para investigar o caso.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Candidatos que descumprirem regras sanitárias em campanhas podem responder por crime de desobediência

A recusa ao cumprimento de medidas sanitárias obrigatórias nas campanhas políticas pode ser qualificada como crime de desobediência, previsto no Código Eleitoral. Caso o candidato, partido ou coligação não atenda à intimação inicial da Justiça Eleitoral, o procedimento definido por esta autoriza que a autoridade policial seja acionada.

  -  

Após troca de farpas entre Camilo e Capitão Wagner, Eduardo Girão critica governador

“O Ceará detém o vergonhoso título de campeão de mortes violentas. O governador diz que o aumento de assassinatos não é responsabilidade dele. Em quem ele vai colocar a culpa por sermos também o campeão mundial de mortes por milhão da Covid-19?”

Senador Eduardo Girão (Podemos), no Twitter, nesta terça-feira, criticando o governador Camilo Santana (PT) após o gestor trocar farpas com Capitão Wagner (Pros).

Senador Eduardo Gião
Foto: Pedro França/Agência Senado
  -  

“Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado”, afirma Heitor Freire sobre ruptura com Bolsonaro

“Eu sou um apoiador de Jair Bolsonaro. Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado. (…) Ele mesmo disse que não estava apoiando ninguém. E, até mesmo quando ele citou Fortaleza, disse ‘ah, tem um capitão lá’. O Capitão (também) não utiliza o nome dele”.

Heitor Freire (PSL), em entrevista ao PontoPoder Eleições, falou da relação com o presidente Jair Bolsonaro e aproveitou para minimizar o apoio dele a Capitão Wagner.

Foto: Kid Júnior
  -  

Heitor Freire propõe oferecimento de crédito como ajuda financeira para pequenos negócios

Entrevistado pelo PontoPoder Eleições, Heitor Freire (PSL) detalhou o programa “Fortaleza agora vai”, em que pretende fornecer ajuda financeira para pequenos negócios. “Vai ajudar o comerciante a ter dinheiro no bolso”, ressaltou. Ele sustentou que a arrecadação do Município fornece verba suficiente, mas acrescentou que pretende diminuir impostos municipais.

Foto: Kid Júnior
  -  

Assista na íntegra ao PontoPoder Eleições desta terça (20)

O programa PontoPoder Eleições desta terça-feira (20) vai levar ao ar o quadro “O eleitor é quem manda”, além do dia de campanha dos candidatos na Capital, destaque dos embates na campanha na plataforma PontoPoder, e a entrevista com o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL).

 

  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Heitor Freire associa indecisão à “decepção” do eleitor com a política

Heitor Freire (PSL) associou o alto número de eleitores ainda indecisos quanto ao voto em novembro à decepção com a atual política. “O fortalezense está muito decepcionado”. Freire é o entrevistado desta terça (20) do PontoPoder Eleições, a partir das 21h55. O candidato aproveitou para ressaltar que  “é o único candidato conservador” em Fortaleza.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Em site de campanha lançado nesta terça, Capitão Wagner (Pros) nega liderar motim no Ceará

Em site lançado nesta terça-feira (20), Capitão Wagner (Pros) rebateu posição do governador sobre a participação dele no motim da PM. Na semana passada, o governador afirmou que o ex-capitão liderou a paralisação. “Capitão Wagner não tinha nenhum motivo para desejar uma paralisação de policiais, especialmente em ano eleitoral”, diz a nota do site.

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
  -  

“Quando os índices de violência caem, mérito dele. Quando sobem, culpa dos outros”, responde Wagner a críticas do governador

“Interessante o governador falar em assumir. Quando os índices de violência caem, mérito dele. Quando sobem, culpa dos outros. E o Ceará segue no topo do ranking da violência. Ele não dialogou. O cacique do seu grupo jogou uma retroescavadeira nas pessoas. No meu mandato, vamos escutar todos”

Capitão Wagner (Pros), comentou no Twitter, crítica do governador Camilo Santana (PT) sobre a participação do candidato no motim da Polícia Militar neste ano.

  -  

“Assuma seus atos”, diz Camilo a Capitão Wagner sobre motim da PM no Ceará

“Fake News? As imagens de seus discursos inflamados para os grupos de encapuzados e amotinados? Sua luta pública para dar anistia aos envolvidos nos atos criminosos do motim contra a população? Capitão Wagner, se não se arrepende do que fez, pelo menos assuma os seus atos”

Camilo Santana, no Twitter, nesta terça (20), após rebater uma das afirmações do site de Capitão Wagner que considera “fakenews” a fala do governador que aponta o candidato como líder do motim da PM.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Capitão Wagner lança site para desmentir “fake news” contra a campanha dele à Prefeitura

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), lançou, nesta terça-feira (20), um site que promete desmentir informação falsa atrelada à candidatura dele. “Nada melhor que a verdade para combater o ódio e a mentira”, diz nota da assessoria do deputado federal.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Em vídeo postado em rede social, candidato Sarto Nogueira (PDT) diz “estar melhorando a cada dia”

Em um vídeo postado em sua rede social, o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PDT, Sarto Nogueira, internado desde o último domingo por causa do tratamento contra a Covid-19, disse estar “bem, melhorando a cada dia” e que está “muito animado para voltar às ruas“. Ele não informou uma previsão de alta médica. “Nos encontramos em breve”, disse.

Foto: Reprodução