-  

Leonardo Pinheiro tira licença para cuidar de ‘assuntos particulares’; rodízio mantém Duquinha na AL

Mais um deputado licenciado na Assembleia Legislativa do Ceará. Desta vez, os parlamentares aprovaram a licença de Leonardo Pinheiro (PP) para dezembro. Ele faz parte do rodízio de licenças que ocorre na base aliada para acomodar Manoel Duca (PDT), que não foi reeleito em 2018. “Duquinha” está no exercício do mandato, no lugar de Bruno Pedrosa (PP).

 

Foto: José Leomar
  -  

Deputados cearenses aprovam compra e distribuição de cestas básicas pela Assembleia Legislativa

A AL-CE aprovou projeto que autoriza a Casa a adquirir e distribuir cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade, durante estado de calamidade pública por causa da pandemia. “Permitirá que o Legislativo atue no combate à fome e garanta a segurança alimentar da população que mais precisa”, disse o presidente da AL, Evandro Leitão (PDT).

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Assembleia Legislativa do Ceará retoma sessões híbridas nesta quinta-feira (6)

A Assembleia Legislativa do Ceará vai retomar as sessões híbridas nesta quinta-feira (6). Os deputados estaduais poderão participar tanto de maneira presencial como virtualmente. Os trabalhos na Casa estavam ocorrendo de forma remota desde o início de março. Para garantir o cumprimento das normas sanitárias, haverá o controle no acesso ao prédio.

Foto: José Leomar
  -  

Diego Barreto toma posse na Assembleia Legislativa do Ceará após licença de Carlos Felipe

O segundo suplente do deputado Carlos Felipe (PCdoB) na Assembleia Legislativa do Ceará, Diego Barreto (PTB), tomou posse do cargo nesta terça (4). Ex-policial civil, em seu discurso, ele ressaltou que, como parlamentar, atuará na defesa de profissionais de segurança pública no Estado e na prevenção da violência por meio do esporte e da cultura.

Foto: Reprodução
  -  

Leonardo Pinheiro será o próximo a se licenciar da Assembleia

O deputado Leonardo Pinheiro (PP) é o próximo a tirar licença da Assembleia, em dezembro. O suplente Manoel Duca (PDT), que já está no exercício do mandato, no lugar de Bruno Pedrosa (PP), assumirá a vaga de Pinheiro. Esse rodízio de licença na base aliada ocorre para acomodar “Duquinha”, que não foi reeleito em 2018.

  -  

Sargento Reginauro tira licença da Câmara Municipal; suplente vai assumir vaga

O vereador Sargento Reginauro (Pros) anunciou, nesta quarta-feira (30), que vai se licenciar da Câmara Municipal de Fortaleza por 120 dias para tratar um linfoma. Quem assume é o terceiro suplente Francisco Sérgio Barbosa Medeiros (Pros), o Barbosinha. Reginauro também vai se afastar da campanha, mas continuará concorrendo ao pleito.

Foto: André Lima/CMFOR
  -  

Walter Cavalcante e Agenor Neto desistem de licença da Assembleia por falta de acordo com suplentes

Os deputados Walter Cavalcante e Agenor Neto, ambos do MDB, desistiram de tirar licença da Assembleia Legislativa e retiraram os requerimentos de tramitação. O Republicanos, partido de Gelson Ferraz, terceiro suplente da coligação, não aceitou liberar a vaga para o outro suplente do MDB, Rafael Branco, assumir. Resumindo, nada de acordo.

  -  

Deputado federal Roberto Pessoa anuncia afastamento do mandato de deputado federal

O deputado federal Roberto Pessoa (PSDB) anunciou, nesta terça-feira (16), o afastamento do mandato na Câmara dos Deputados. Ele se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em Brasília, para pedir apoio a projetos. O tucano é pré-candidato à Prefeitura de Maracanaú. Quem assume a vaga no Parlamento é o ex-deputado Danilo Forte (PSDB).

  -  

Lucílvio Girão, Duquinha e Oriel Nunes assumem vagas na AL com saída de deputados que foram eleitos prefeitos

Com a saída dos deputados Sarto Nogueira (PDT) e Nezinho Farias (PDT) da Assembleia Legislativa, que vão assumir as prefeituras de Fortaleza e Horizonte, respectivamente, os suplentes Lucílvio Girão (PP) e Manoel Duca (PDT) são efetivados nas vagas. Já o suplente Oriel Nunes (PDT) assume a suplência no lugar do deputado licenciado Zezinho (PDT).

Foto: José Leomar e Isanelle Nascimento
  -  

Lucílvio Girão e Manoel Duca assumem cadeiras na Assembleia no lugar de Sarto e Nezinho, eleitos prefeitos

A Assembleia Legislativa vai passar por uma dança das cadeiras, após deputados terem sido eleitos prefeitos. Com a saída de Sarto (PDT) para a Prefeitura de Fortaleza e Nezinho Farias (PDT) para Horizonte, serão efetivados os suplentes Manoel Duca (PDT) e Lucílvio Girão (PP), que já está no lugar de Zezinho (PDT), secretário de Cidades.

Foto: José Leomar
  -  

Após aprovarem título de cidadania a Bolsonaro, vereadores de Iguatu voltam atrás e querem revogar homenagem

Os vereadores de Iguatu aprovaram, na última terça(4), título de cidadania ao presidente Jair Bolsonaro. Contudo, menos de 24 horas depois, os parlamentares voltaram atrás e apresentaram novo decreto para revogar à homenagem. O motivo foi a repercussão negativa entre a população. A expectativa é que a revogação possa ser votada no início da semana.

Foto: Evaristo Sá/AFP
  -  

Consórcio de prefeituras brasileiras articula compra de vacina da chinesa Sinopharm contra Covid-19

Representantes do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras – Conectar, que reúne mais de 2 mil prefeituras, estiveram reunidos, nesta sexta (7), com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, para articular compra de vacinas da farmacêutica chinesa Sinopharm. A intenção é fechar uma aquisição conjunta de doses do imunizante.

  -  

Zezinho cogita trocar PDT pelo Progressistas para eleição de 2022, mas vai conversar com Cid e Ciro

O deputado licenciado da Assembleia, Zezinho Albuquerque, secretário das Cidades, confirmou que cogita sair do PDT para o Progressistas, de olho na eleição de 2022. Nos bastidores, os parlamentares dão como certa a mudança para a sigla comandada pelo filho, o deputado AJ, mas Zezinho é prudente. Diz que vai conversar com Cid e Ciro Gomes, líderes do PDT.

Foto: Helene Santos
  -  

TRE-CE julga últimos recursos do prefeito de Viçosa do Ceará e confirma cassação do mandato

O imbróglio em torno da candidatura do prefeito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e do vice, Dr. Marcelo (MDB), ganhou novo capítulo. O TRE-CE negou provimento aos embargos de declaração. Assim, esgotam-se os recursos em 2a instância. A cassação deve ser imediata. Firmino, que ainda não se pronunciou, poderá recorrer, fora do cargo, ao TSE.

Foto: Reprodução/Instagram
  -  

TRE-CE cassa prefeito e vice de Itaiçaba por desaprovação de contas

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cassou, nesta quinta-feira (6), os diplomas do prefeito eleito de Itaiçaba, Frank Gomes (PDT), e de seu vice, Nilsinho (PP). Frank Gomes teve as contas desaprovas pela Câmara Municipal quando foi gestor da cidade. Agora, a Corte entendeu que ele estava inelegível. Ainda cabe recurso.

  -  

Evandro Leitão planeja concurso da Assembleia para segundo semestre de 2021

Com a retomada dos trabalhos presenciais, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), disse que a intenção é realizar o concurso no 2º semestre deste ano e que vai levar a proposta para discussão na Mesa Diretora. O concurso deveria ter ocorrido em 2020. Mais de 33 mil pessoas se inscreveram para o certame que oferecerá 100 vagas.

  -  

Assembleia Legislativa retoma sessões presenciais com plenário meio esvaziado

A Assembleia Legislativa retomou os trabalhos presenciais, nesta quinta-feira (6). As sessões continuarão híbridas, ou seja, virtuais e remotas. Apesar da volta, não tinham muitos deputados estaduais no plenário. Dos 46, no máximo 15 marcaram presença e se revezaram entre o plenário e os gabinetes. As sessões têm ocorrido uma vez por semana.

  -  

André Fernandes procurou presidente da AL para explicar acusação de nepotismo do MP

O deputado André Fernandes (Republicanos) procurou o presidente da Assembleia, Evandro Leitao (PDT), para explicar suspeita de nepotismo levantada pelo Ministério Público. Segundo Leitão, Fernandes disse que os familiares já tinham sido exonerados. O presidente ofereceu assessoria jurídica da Casa. Fernandes não compareceu à sessão nesta quinta (6).

  -  

Tasso quer Abin na CPI da Pandemia para explicar fala de Bolsonaro sobre “guerra química”

O senador Tasso Jereissati (PSDB) apresentou requerimento à CPI da Pandemia, nesta quinta (5), para que a Agência Brasileira de Inteligência esclareça a fala do presidente Jair Bolsonaro sobre “guerra química”, em relação à pandemia. Para o senador, a menção pode ser  “um boicote, uma injúria e uma calúnia contra o maior fornecedor de vacinas (China)”.

  -  

Eduardo Girão propõe que economia com cota parlamentar seja revertida para saúde e educação

O senador Eduardo Girão (Podemos) apresentou um projeto de lei para que os valores não gastos com a cota parlamentar sejam revertidos para outros fins. “Que outros parlamentares revisem suas ações e o impacto positivo que esse tipo de economia gera para o Brasil. O valor considerável poderia ser aplicado em áreas como Saúde e Educação’’, destacou.