-  

Governistas pedem a Bolsonaro veto ao projeto de abuso autoridade

Entre outros governistas, Heitor Freire (PSL) entregou ao presidente Jair Bolsonaro, um pedido de veto a, pelo menos, 10 artigos da Lei de Abuso de Autoridade. O texto precisa ser sancionado pelo presidente até o dia 5. “Os artigos podem trazer insegurança jurídica. É importante que o presidente exerça o seu direito de veto”, disse.

  -  

Governo lança Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19; governador do Ceará participa da cerimônia

Em viagens para articular o início da vacinação no Ceará, o governador Camilo Santana (PT) estará amanhã (16) na cerimônia de lançamento do plano de vacinação contra a Covid-19. O evento promovido pelo Ministério da Saúde contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Hoje, Camilo está em São Paulo. Ele defende vacina do Butantan no Plano Nacional.

Foto: Reprodução
  -  

Ministra Damares Alves desembarca para agenda no Ceará nesta sexta (11)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves vem ao Ceará, nesta sexta (11), participar de uma cerimônia de lançamento das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida, em uma instituição privada, em Fortaleza. Está prevista uma agenda dela na Casa da Mulher Brasileira, mas ainda não foi confirmada.

Foto: Agência Brasil
  -  

MP de Bolsonaro fragiliza as relações de trabalho e traz insegurança aos trabalhadores, diz Tasso

“A MP 927 vai na direção contrária (da política de proteção ao emprego), fragilizando as relações de trabalho e reduzindo a proteção dos trabalhadores. Mesmo com a retirada do Art 18, que permitia a suspensão do contrato sem pagamento de salários por 4 meses, a MP cria grande insegurança”

Tasso Jereissati (PSDB) sobre Medida Provisória de Jair Bolsonaro. Ele fez apelo para que a matéria seja retirada.

  -  

Proposta de menor ingerência dos governadores sobre PMs tem pouco apoio até de deputados ligados à categoria

Proposta defendida nacionalmente por parlamentares da “bancada da bala” de reduzir a autonomia dos governadores sobre o comando das PMs é vista com cautela até por cearenses ligados à pauta. Capitão Wagner (Pros) não acredita que o projeto “apresente na sua integralidade uma ideia que possa melhorar a segurança pública”. Já Heitor Freire (PSL) considera que a proposta é “bastante polêmica e necessita de muito debate”.

Foto: Divulgação
  -  

Heitor Freire responde a críticas de Capitão Wagner e André Fernandes

Alvo de questionamentos dos deputados Capitão Wagner (Pros) e André Fernandes (Republicanos) sobre a nomeação do irmão como secretário de Sarto (PDT), Heitor Freire (PSL) respondeu ao que chamou de “pequeno grupo que adora criar factoides”. “Já estou acostumado e prefiro dedicar meu tempo a trabalhar pelo Ceará”. “Sigo fazendo oposição“, disse.

Foto: Divulgação
  -  

“Não tenho nenhuma relação com a escolha do nome do meu irmão”, diz Heitor Freire sobre secretariado de Sarto

Após ver o irmão, o arquiteto Leonardo Freire, nomeado como secretário do prefeito Sarto Nogueira (PDT), o deputado federal Heitor Freire (PSL) disse não ter influenciado na escolha. “Ele é presidente do PRTB e foi indicado pelo partido. Leonardo tem preparo técnico para assumir a função e eu desejo que faça um bom trabalho”, disse.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Heitor Freire apoia vetos do Bolsonaro à Lei de abuso de autoridade

“Policiais e juízes não podem ser punidos por exercerem corretamente as suas atividades, não haverá inversão de papéis entre o certo e errado, e nem criminosos sendo protegidos ou beneficiados por brechas ou interpretações equivocadas da lei”

A declaração é do vice líder do PSL na Câmara, Heitor Freire, que pretende atuar para manter os 19 vetos do presidente Bolsonaro.

  -  

Protesto convocado para a Praça Portugal pede veto ao projeto sobre abuso de autoridade

Grupos de direita no Ceará convocaram protesto neste domingo (25), na Praça Portugal, em Fortaleza, pedindo veto integral de Bolsonaro ao projeto de lei que trata do abuso de autoridade e o impeachment do presidente do STF, Dias Toffoli. A manifestação está marcada para 16h. O ato em Fortaleza não integra a lista de cidades do movimento Vem Pra Rua.

  -  

Magistrados assumem papel de articulação para pressionar Bolsonaro por veto

Promotores e juízes fizeram um círculo e cantaram o Hino Nacional durante ato no Fórum Clóvis Beviláqua, pedindo veto à Lei de Abuso de Autoridade. Ao dobrando um cartaz, no ato, o presidente da Associação Cearense dos Magistrados, Ricardo Alexandre Costa, brincou: “voltando ao tempo do movimento estudantil”. Atos ocorrem até sábado.

Foto: José Leomar
  -  

Vereador Marcelo Lemos é diplomado após decisão favorável da Justiça Eleitoral

Após conseguir decisão favorável na Justiça Eleitoral, o vereador eleito Marcelo Lemos (PSL) foi diplomado nesta quarta-feira (23). Ele teve o registro indeferido durante a campanha, mas o TRE-CE liberou a candidatura na quinta-feira (17). Com o documento, Lemos tem o atestado de que está apto a tomar posse, no próximo dia 1º de janeiro.

Foto: Divulgação
  -  

Vereador Marcelo Lemos será diplomado nesta quarta (23) pela Justiça Eleitoral

Após ver o suplente Juninho (PSL) ser diplomado na sexta (18), o vereador Marcelo Lemos (PSL) será oficialmente diplomado na quarta (23). Ele teve o registro indeferido, mas o TRE-CE liberou a candidatura na quinta (17). Devidos aos trâmites, não houve tempo para a decisão ser cumprida. “Juninho estará presente nas nossas ações, estamos unidos“, diz Lemos.

 

 

Foto: José Leomar
  -  

Um dos vereadores diplomados em Fortaleza não tomará posse em janeiro

A diplomação dos eleitos em Fortaleza terá uma cena inusitada. Um dos vereadores vai ser diplomado, mas não tomará posse.Trata-se de Júlio Aquino Jr (PSL). Como 1º suplente da chapa, ele se beneficiou do indeferimento do registro do único eleito, Marcelo Lemos. Na quinta (17), o TRE liberou a candidatura de Marcelo, mas os trâmites inviabilizam a diplomação dele na solenidade de hoje (18).

  -  

“Pela primeira vez, começamos a reduzir o estoque de processos”, diz presidente do TJCE

O Sistema Verdes Mares recebeu, nesta segunda-feira (18), a visita institucional do Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo. O magistrado fez um balanço da produtividade do TJCE em 2020: “Julgamos 131% dos processos que entraram. Pela primeira vez, começamos a reduzir o estoque de processos do Poder Judiciário”, frisou. 

Foto: José Leomar
  -  

Camilo, Izolda e Sarto acompanham descarregamento da vacina no Aeroporto de Fortaleza

Com a meta de vacinar os primeiro cearenses ainda nesta segunda (18), o governador Camilo Santana (PT), a vice Izolda Cela (PDT) e o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), acompanharam, no fim da tarde, o descarregamento de 218 mil doses da Coronavac no Aeroporto Velho da Capital. A aplicação começou no início da noite, no Hospital Leonardo da Vinci. 

Foto: Reprodução
  -  

Aprovação de vacinas faz bancada cearense na Câmara criticar Bolsonaro; aliados destacam início da vacinação

Deputados federais da bancada cearense repercutiram a autorização da Anvisa para a vacinação contra a Covid-19. Parlamentares de oposição a Jair Bolsonaro (sem partido) exaltaram a decisão da Agência e criticaram o presidente, inclusive com a tradicional “vaia cearense”. Já aliados do chefe do Palácio do Planalto destacaram o início da vacinação no País. Veja as reações.

Foto: Governo de São Paulo
  -  

José Guimarães cobra explicações do MEC sobre candidatos prejudicados na realização do Enem

Um documento exigindo explicações ao Ministério da Educação (MEC) sobre a realização do Enem no último domingo (17) foi protocolado nesta segunda-feira (18) pelo deputado federal José Guimarães (PT). Ele quer informações do ministro Milton Ribeiro sobre candidatos prejudicados com a lotação das salas e também saber quantos estudantes não realizaram o exame.

Foto: Divulgação
  -  

Em Guarulhos, Camilo e Sarto se encontram com ministro da Saúde para despacho da vacina ao Ceará

O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), estão no aeroporto de Guarulhos aguardando o despacho das 218 mil doses da vacina contra a Covid-19 para o Ceará. Eles se encontraram com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e com outros governadores. A expectativa é de que a imunização no Estado possa ser iniciada ainda hoje.

  -  

Com 218 mil doses, Governo do Ceará planeja começar vacinação em todos os municípios ao mesmo tempo

Após reunião de planejamento, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) definiu que a vacinação no Ceará começará ao mesmo tempo em todos os 184 municípios. Para isso, as vacinas, que chegarão nesta segunda-feira (18), serão distribuídas por aviões, helicópteros e caminhões, através de seis rotas aérea e duas terrestres.

Foto: Governo de São Paulo
  -  

Secretaria da Saúde faz reunião emergencial para definir a logística de vacinação no Ceará

A Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) convocou reunião emergencial na noite deste domingo (17), às 20 horas, para definir como será executada a logística da vacinação contra a Covid-19 para os municípios cearenses. A reunião será fechada e as informações divulgadas pela pasta após a conclusão do encontro.

Foto: Divulgação
  -  

Lote de vacinas será enviado para o Ceará nesta segunda (18), diz Camilo Santana

O governador Camilo Santana (PT) informou, nas redes sociais, que o lote de vacinas para o Ceará será enviado nesta segunda-feira (18), às 7 horas. Ele viaja neste domingo (17) para São Paulo, onde acompanhará o envio das doses do imunizante.

Foto: Reprodução
  -  

Ceará comemora, neste domingo, 222 anos de emancipação política com programação virtual

O Estado do Ceará comemora, neste domingo (17), 222 anos de emancipação política. A data foi lembrada nas redes sociais pelo governador Camilo Santana e demais políticos cearenses. A programação comemorativa será realizada de modo virtual pelas secretarias de Cultura do Estado, e do município de Aquiraz, a primeira capital do Ceará.

Foto: Governo do Estado
  -  

Mesa Diretora da Assembleia decreta luto de três dias após a morte de Roberto Mesquita

A Mesa Diretora da Assembleia legislativa do Ceará decretou três dias de luto oficial após a morte do ex-deputado Roberto Mesquita. Em nota, o presidente Fernando Santana, externou votos de pesar à família, amigos e admiradores “do grande homem público”. Mesquita faleceu na madrugada deste domingo (17) após enfrentar luta contra um câncer.

Foto: Assembleia Legislativa