-  

Governistas pedem a Bolsonaro veto ao projeto de abuso autoridade

Entre outros governistas, Heitor Freire (PSL) entregou ao presidente Jair Bolsonaro, um pedido de veto a, pelo menos, 10 artigos da Lei de Abuso de Autoridade. O texto precisa ser sancionado pelo presidente até o dia 5. “Os artigos podem trazer insegurança jurídica. É importante que o presidente exerça o seu direito de veto”, disse.

  -  

Ministra Damares Alves desembarca para agenda no Ceará nesta sexta (11)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves vem ao Ceará, nesta sexta (11), participar de uma cerimônia de lançamento das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida, em uma instituição privada, em Fortaleza. Está prevista uma agenda dela na Casa da Mulher Brasileira, mas ainda não foi confirmada.

Foto: Agência Brasil
  -  

MP de Bolsonaro fragiliza as relações de trabalho e traz insegurança aos trabalhadores, diz Tasso

“A MP 927 vai na direção contrária (da política de proteção ao emprego), fragilizando as relações de trabalho e reduzindo a proteção dos trabalhadores. Mesmo com a retirada do Art 18, que permitia a suspensão do contrato sem pagamento de salários por 4 meses, a MP cria grande insegurança”

Tasso Jereissati (PSDB) sobre Medida Provisória de Jair Bolsonaro. Ele fez apelo para que a matéria seja retirada.

  -  

‘Legislativo e Judiciário têm que interferir para a vida do povo não ficar comprometida’, diz André Figueiredo

“Quando temos um Poder Executivo Federal despreparado e genocida, os poderes Legislativo e Judiciário tem que interferir pra vida do povo brasileiro não ficar comprometida”.

Deputado federal André Figueiredo (PDT), líder da oposição, sobre a decisão do ministro Marco Aurélio, do STF, de suspender cortes do Governo no Bolsa Família durante a crise na saúde.

  -  

Último candidato com pedido pendente, Heitor Freire tem registro deferido pela Justiça Eleitoral

O candidato do PSL à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire, teve o registro de candidatura autorizado pela Justiça Eleitoral na noite de quinta-feira (22). Com exceção de José Loureto (PCO), que foi indeferido e apresentou recurso, todos os outros candidatos já foram autorizados a concorrer nestas eleições.

Foto: Kid Júnior
  -  

“Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado”, afirma Heitor Freire sobre ruptura com Bolsonaro

“Eu sou um apoiador de Jair Bolsonaro. Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado. (…) Ele mesmo disse que não estava apoiando ninguém. E, até mesmo quando ele citou Fortaleza, disse ‘ah, tem um capitão lá’. O Capitão (também) não utiliza o nome dele”.

Heitor Freire (PSL), em entrevista ao PontoPoder Eleições, falou da relação com o presidente Jair Bolsonaro e aproveitou para minimizar o apoio dele a Capitão Wagner.

Foto: Kid Júnior
  -  

Heitor Freire propõe oferecimento de crédito como ajuda financeira para pequenos negócios

Entrevistado pelo PontoPoder Eleições, Heitor Freire (PSL) detalhou o programa “Fortaleza agora vai”, em que pretende fornecer ajuda financeira para pequenos negócios. “Vai ajudar o comerciante a ter dinheiro no bolso”, ressaltou. Ele sustentou que a arrecadação do Município fornece verba suficiente, mas acrescentou que pretende diminuir impostos municipais.

Foto: Kid Júnior
  -  

Heitor Freire apoia vetos do Bolsonaro à Lei de abuso de autoridade

“Policiais e juízes não podem ser punidos por exercerem corretamente as suas atividades, não haverá inversão de papéis entre o certo e errado, e nem criminosos sendo protegidos ou beneficiados por brechas ou interpretações equivocadas da lei”

A declaração é do vice líder do PSL na Câmara, Heitor Freire, que pretende atuar para manter os 19 vetos do presidente Bolsonaro.

  -  

Protesto convocado para a Praça Portugal pede veto ao projeto sobre abuso de autoridade

Grupos de direita no Ceará convocaram protesto neste domingo (25), na Praça Portugal, em Fortaleza, pedindo veto integral de Bolsonaro ao projeto de lei que trata do abuso de autoridade e o impeachment do presidente do STF, Dias Toffoli. A manifestação está marcada para 16h. O ato em Fortaleza não integra a lista de cidades do movimento Vem Pra Rua.

  -  

Magistrados assumem papel de articulação para pressionar Bolsonaro por veto

Promotores e juízes fizeram um círculo e cantaram o Hino Nacional durante ato no Fórum Clóvis Beviláqua, pedindo veto à Lei de Abuso de Autoridade. Ao dobrando um cartaz, no ato, o presidente da Associação Cearense dos Magistrados, Ricardo Alexandre Costa, brincou: “voltando ao tempo do movimento estudantil”. Atos ocorrem até sábado.

Foto: José Leomar
  -  

Justiça Eleitoral barra candidatura à reeleição do vereador de Fortaleza Marcelo Lemos por Lei da Ficha Limpa

A Justiça Eleitoral indeferiu o pedido de registro de candidatura do vereador de Fortaleza Marcelo Lemos (PSL), que disputaria a reeleição. O site Divulgacand mostra que o motivo da decisão foi a Lei da Ficha Limpa. O indeferimento é o assunto do dia nos bastidores entre os vereadores, que estão de olho nos votos dele na região do Grande Bom Jardim.

  -  

Luizianne entra com representação contra Heitor Freire por propaganda eleitoral irregular

A campanha de Luizianne Lins (PT) recorreu à Justiça Eleitoral após a campanha de Heitor Freire (PSL) exibir propaganda no rádio em que se refere a petista como “candidata vermelhinha querendo voltar pra prefeitura” e “galega pulso frouxo”. A representação com pedido de liminar é por propaganda eleitoral irregular e ainda não foi julgada.

  -  

Heitor Freire visita feirantes do Jangurussu e promete banheiros químicos

Após ouvir queixas sobre a falta de estrutura na feira do Jangurussu, o candidato à prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL) prometeu banheiros químicos para o local. “Não é caro, não dá trabalho, não precisa de muita burocracia, nada. É algo simples e que vai deixar o dia a dia dos feirantes melhor“, avaliou o candidato na manhã deste sábado (17).

Foto: Divulgação
  -  

Justiça determina retirada de propaganda de Sarto que indica destinação de R$ 46 mi para combate à Covid-19

A Justiça Eleitoral determinou, nesta quinta (22), a retirada do ar de propaganda eleitoral de Sarto Nogueira (PDT) que indica o envio de R$ 46 milhões para o combate à Covid-19 no Ceará. Segundo decisão, a propaganda dá a entender que ele é o único responsável pelo recurso, quando o valor corresponde a R$ 1 milhão em emenda a que cada deputado estadual tem direito.

Foto: Helene Santos
  -  

“A boa política não se resume só em ser base ou ser oposição”, diz Célio Studart sobre posicionamento frente à atual gestão

“A boa política não se resume só em ser base ou ser oposição. Enviei recursos para o prefeito Roberto Cláudio e, com ele, fui visitar a Clínica Veterinária pública. Se o (Capitão) Wagner tivesse ganhado a eleição, teria enviado os mesmos recursos e estaria candidato agora do mesmo jeito”.

Célio Studart (PV), destacando posicionamento “independente” enquanto parlamentar.

 

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Célio Studart defende alvará único para comércios em Fortaleza

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Célio Studart (PV) defendeu a necessidade de uma desburocratização na abertura de novos negócios da Capital, inclusive com a instituição de um alvará único. O candidato também ressaltou a necessidade de priorizar a capacitação dos jovens fortalezenses, com estímulo a empresas para contratação dessa mão de obra.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições desta quinta-feira (22) entrevista o candidato do PV à Prefeitura de Fortaleza, Célio Studart. A atração, que vai ao ar na TV Diário, às 21h55, também acompanha a agenda dos candidatos na Capital.

 

  -  

Justiça determina retirada de propaganda da campanha de Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza

A Justiça Eleitoral determinou a retirada do ar da propaganda eleitoral de Luizianne Lins (PT) que informa a inauguração de 184 leitos de UTI neonatal na gestão. O juiz Irandes Bastos Sales usou documentos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde de Fortaleza para afirmar que foram dez leitos. A ação é da campanha de Sarto Nogueira (PDT).

  -  

Candidato Capitão Wagner (Pros) propõe criação de clínicas para hipertensos e diabéticos

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), propôs a criação de clínicas para hipertensos e diabéticos. “Além das clínicas, vamos garantir que não vai faltar medicamentos para estas doenças”, disse. O candidato participou, nesta quinta-feira (22), de uma reunião com agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.

  -  

Juíza decide retirar propaganda de Wagner que aponta repasse de R$ 43 milhões para o Ceará

A juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu decidiu retirar do ar propaganda da campanha de Capitão Wagner (Pros) que aponta o repasse de R$ 43 milhões para o Ceará. De acordo com o despacho, o deputado teria repassado, em emendas parlamentares, R$ 11 milhões entre 2019 e 2020. Em caso de descumprimento da medida, a multa é de R$ 5 mil.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Juiz decide pela retirada de perfil da campanha de Sarto Nogueira no Facebook

O juiz Gerardo Magelo Facundo Júnior decidiu pela retirada imediata de perfil no Facebook da campanha de Sarto Nogueira (PDT) à Prefeitura de Fortaleza. Segundo o juiz, o pedetista utiliza para propaganda eleitoral conta divergente da que apresentou à Justiça Eleitoral no ato do registro. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 5 mil.

  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Célio Studart critica adversários por estarem na rua “aglomerando as pessoas”

Candidato do PV, Célio Studart é o entrevistado desta quinta-feira (22) do PontoPoder Eleições, a partir de 21h55, na TV Diário. O candidato, que já está nos estúdios do Sistema Verdes Mares, criticou os atos de campanha dos adversários na corrida pelo Paço Municipal. “Os candidatos irresponsáveis estão nas ruas aglomerando as pessoas”, alfinetou.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Sarto Nogueira promete gerar 50 mil vagas de emprego por meio do programa Juventude Digital

Em reunião sobre políticas públicas voltadas à juventude no comitê de campanha, Sarto Nogueira (PDT), candidato a prefeito, defendeu a criação do programa Juventude Digital. “A ideia é gerar, em quatro anos, 50 mil novos empregos na área de tecnologia, da informação e da inovação”, disse. Este foi o primeiro ato de campanha presencial do pedetista após receber resultado negativo para Covid-19.