-  

Ex-deputado cearense atua em núcleo tucano que faz proposta para o Pacto Federativo

Quem deu uma passadinha rápida pela reunião de ontem (8) da bancada federal cearense foi o ex-deputado Raimundo Gomes de Matos. Ele está atuando em um grupo de parlamentares do PSDB nas modificações do Pacto Federativo. O ex-deputado cearense chegou a ser nomeado para cargo no governo federal, mas saiu em maio e aguarda recolocação.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Maioria dos parlamentares cearenses a favor do aumento do Fundo Eleitoral

Os congressistas derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro que permitia aumentar o fundo eleitoral. O valor será estipulado na Lei Orçamentária Anual 2020 e pode chegar a R$ 4 bilhões. Cid Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) votaram pela derrubada, enquanto Eduardo Girão (Pode) se posicionou a favor do veto. Entre os deputados federais, apenas Capitão Wagner (PROS), Roberto Pessoa (PSDB) e Célio Studart (PV) mantiveram o veto.

 

Foto: Agência Senado
  -  

Após desabamento, vereadores devem buscar apoio de parlamentares federais para ações de prevenção

Vereadores de Fortaleza decidiram em reunião de comissão especial da Câmara Municipal buscar apoio de deputados federais e senadores cearenses para ações de prevenção, após o desabamento do Edifício Andrea. Alguns parlamentares querem ir a Brasília articular, inclusive, a destinação de verbas para contribuir com a efetivação da Lei de Inspeção Predial.

  -  

Proposta de extinção de municípios divide opinião dos cearenses

A proposta do governo de extinguir municípios sem capacidade financeira mal chegou ao Congresso e já tem dividido a opinião da bancada cearense. O deputado Roberto Pessoa (PSDB) criticou a medida e saiu em defesa dos municípios, enquanto que Dr. Jaziel (PL) alegou que alguns municípios pequenos “criam um peso para o país”.

  -  

Suplente na Câmara dos Deputados, Gorete Pereira pode ter expectativas frustradas mais uma vez

Na expectativa para assumir o mandato de deputada federal desde o início de 2019, Gorete Pereira (PL) renovou as esperanças com o anúncio de licença de Luizianne Lins. Entretanto, para que Gorete assuma, a ausência da petista tem que ser de, pelo menos, 120 dias. Por ora, entretanto, a licença será de 60 dias. A confirmação será próxima semana.

Foto: José Maria Melo
  -  

Com licença de Capitão Wagner, médico Agripino Magalhães assume vaga na Câmara dos Deputados

O médico Agripino Magalhães (Pros), que ficou na suplência de deputado federal em 2018, assumiu nesta quarta-feira (4) mandato na Câmara dos Deputados. Ele ocupa vaga na Casa durante licença do deputado federal Capitão Wagner (Pros), que se afasta temporariamente dos trabalhos no Legislativo para se dedicar à pré-campanha pela Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Agência Câmara
  -  

‘Vai beneficiar mais de 10 mi de pessoas’, diz Girão sobre aprovação de linha de crédito para profissionais liberais

Projeto de lei de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos) que cria uma linha de crédito de até R$ 100 mil para profissionais liberais foi aprovado na madrugada desta quinta-feira (30) na Câmara dos Deputados. A medida, que já havia sido aprovada no Senado, segue para sanção. “Foi uma vitória do bom senso. Vai beneficiar mais de 10 milhões de pessoas das mais diversas categorias”, destacou.

  -  

Deputados federais cearenses já divergem sobre pacote econômico do governo Bolsonaro

Ao passo que o presidente Jair Bolsonaro entregava ao Congresso Nacional, o pacote de medidas econômicas do governo, com o objetivo de aliviar as contas públicas, deputados cearenses, já divergiam sobre o assunto. Heitor Freire (PSL) defende as novas medidas, enquanto Idilvan Alencar (PDT) critica a proposta de derrubar gastos com Saúde e Educação.

Foto: Roque de Sá/Agênciia Senado
  -  

Governadores se reúnem pelo Pacto Federativo e por mais recursos aos Estados

Chefes do Executivo dos Estados brasileiros, entre eles o governador Camilo Santana, estão reunidos, hoje (8), em Brasília, no 7° Fórum dos Governadores. Na reunião, os líderes estaduais vão debater o Pacto Federativo, reforma tributária e Fundeb, pautas que garantem mais recursos aos Estados. A cessão onerosa do pré-sal também é tema dos debates.

Foto: Divulgação
  -  

Em meio à briga no Congresso, governadores voltam a se reunir em Brasília por pauta econômica

Em meio a disputa pela divisão dos royalties do pré-sal no Congresso, os governadores dos 27 estados se reúnem na próxima terça (8), no VII Fórum Nacional dos Governadores para debater pautas de interesse estaduais como o Pacto Federativo, além das reformas tributária e da Previdência. Os gestores estão em rota de colisão com deputados federais.

Foto: Divulgação
  -  

Camilo Santana apoia candidato da oposição em Barbalha, sua terra natal

A área de relações institucionais do Governo do Estado contabiliza quase 180 prefeitos – do total de 184 no Estado – como aliados do governador Camilo Santana (PT). Um dos opositores, entretanto, é o gestor de Barbalha, a terra natal do governador. Lá, Argemiro Sampaio (PSDB) concorre à reeleição e o nome apoiado pelo governador é Guilherme Saraiva do PDT.

  -  

Tasso Jereissati propõe criação de benefício infantil com foco na primeira infância

O sen. Tasso Jereissati (PSDB) apresentou uma PEC que prevê a criação do Benefício Universal Infantil – um programa para atender famílias com crianças de até 14 anos -, mais especificamente aquelas com idade de zero a seis anos. O texto permite a integração parcial ou total com outros programas e teria verba oriunda da revisão de benefícios fiscais.

Foto: Agência Senado
  -  

‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo’, diz Jorge Pinheiro sobre candidatura de Sarto

Candidato do PDT em Fortaleza, Sarto sinaliza uma busca por aproximação com os vereadores, em uma campanha que promete ser atípica. Alguns parlamentares cujos partidos integram a coligação do PDT, no entanto, ainda estão em dúvida. É o caso de Jorge Pinheiro (PSDB). ‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo‘, disse, após visita de Sarto à Câmara.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

“Somos descrentes de uma composição em que o PT aceite não ser cabeça de chapa”, diz André Figueiredo sobre encontro de Lula e Ciro

“Tenho muito pouco a falar. Foi um encontro coordenado pelo governador Camilo Santana (PT). A nível de PDT, não temos nada a nos opor, apenas somos descrentes da possibilidade de uma composição em que o PT aceite não ser cabeça de chapa. Mas dialogar sempre é importante”

André Figueiredo, presidente do PDT no Ceará, sobre o encontro de Lula e Ciro para selar paz.

  -  

Célio Studart quer proibir carroças puxadas por animais em Fortaleza e substituir por uma de lata

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Célio Studart (PV), se reuniu com apoiadores, nesta quinta (29), no Joaquim Távora, e apresentou o protótipo de uma carroça de lata para substituir as carroças puxadas por animais. Célio defendeu que esse modelo seja proibido pela Prefeitura, “que pode fornecer o material e dar dignidade ao animal e às pessoas”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Capitão Wagner propõe linha de crédito e Refis para setor do entretenimento

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), se reuniu, nesta quinta (29), com representantes do setor de entretenimento. Ele propõe criar uma linha de crédito para facilitar o retorno das atividades em meio à pandemia de Covid-19 e refinanciamento de impostos. “Houve dificuldade do setor honrar com esses compromissos”.

  -  

Em respota a Wagner, Izolda diz que Cid foi a Sobral após ver PMs encapuzados mandando fechar o comércio

“Cid só foi a Sobral uma semana depois do começo do motim, após ver que alguns PMs encapuzados estavam aterrorizando a população, mandando fechar o comércio com armas em punho, ocupando quartéis e destruindo viaturas”.

Vice-governadora Izolda Cela (PDT) ao responder críticas de Capitão Wagner (Pros). Segundo ela, Wagner quer “contar outra história para a população”.

Foto: Kléber A. Gonçalves
  -  

PontoPoder Cafezinho: Podcast entrevista candidato Capitão Wagner

Capitão Wagner (Pros) é o quarto convidado do ciclo de entrevistas realizadas pelo podcast PontoPoder Cafezinho em parceria com a Verdinha AM 810, nesta quinta-feira (29). As entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Fortaleza são divulgadas de segunda a sexta. Confira aqui:

  -  

Paula Colares defende redução da passagem do transporte público em visita ao terminal do Antônio Bezerra

A candidata da UP à Prefeitura de Fortaleza, Paula Colares, propôs a redução do preço da passagem no transporte coletivo, sobretudo, durante a pandemia. Em visita ao terminal do Antônio Bezerra na manhã desta quarta-feira (29), a postulante também defendeu a integração da malha viária com o metrô de Fortaleza.

Foto: Divulgação
  -  

Ciro e Lula se encontraram em setembro para selar a paz

Após dois anos de troca de farpas, Ciro Gomes (PDT) e Lula (PT) se reuniram em setembro deste ano para selar a paz. A conversa ocorreu no Instituto Lula, em São Paulo, na presença do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), que atuou diretamente na articulação do encontro. A informação foi divulgada pelo O Globo e confirmada por aliado dos políticos.

  -  

Deputados se amontoam para aparecer ao lado de Sarto de olho na sucessão da Assembleia

Praticamente parou o trânsito o “batalhão” de deputados estaduais que acompanhou o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), na entrevista do lado de fora da Assembleia Legislativa. Os parlamentares já estão de olho na sucessão da Mesa Diretora da AL, da qual Sarto é presidente. O assunto já está em debate.

  -  

Sarto quer ampliar integração do bilhete único e manter a tarifa mais barata do país

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), cumpriu agendas internas, na manhã desta quinta (29). Em entrevista, ele falou sobre mobilidade. Sarto prometeu criar uma central de videomonitoramento para garantir a segurança no transporte e manter a tarifa integrada mais barata do país. “Vamos integrar o bilhete único com metrô, VLT”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

TSE adia decisão para envio de tropas federais ao Ceará

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou votação sobre o pedido do Ceará para envio de tropas federais que devem reforçar a segurança das eleições municipais de 10 cidades. A análise deverá ocorrer na terça-feira (3). O adiamento aconteceu devido a erros de redação em documentos. Nesta quinta (29), tropas foram aprovadas para Alagoas, Mato Grosso e Amazonas.