-  

Entre candidatos a prefeito e vereador, Fortaleza já tem 197 nomes aptos para Eleição 2020

Dos 1.380 pedidos de registro de candidatura em Fortaleza, a Justiça Eleitoral contabiliza 214 decisões de postulantes a prefeito ou vereador. Até agora, segundo o Divulgacand, são 197 aptos, sendo 6 na disputa ao Paço Municipal: Sarto Nogueira (PDT), Luizianne Lins (PT) e Célio Studart (PV). Deferido, Renato Roseno (Psol) ainda não consta no sistema.

  -  

Agricultor e comerciante estão entre as ocupações mais declaradas pelos candidatos do Ceará

Dentre as ocupações declaradas pelos candidatos nas eleições municipais do Ceará, agricultor e comerciante são as mais populares. As profissões reúnem 11,08% e 7,21% dos candidatos, respectivamente, sendo a maioria deles concorrentes ao cargo de vereador e do sexo masculino. A categoria “Outros”, no entanto, é a que concentra maior número de postulantes.

  -  

Mais de 30% dos candidatos no Ceará estão aptos para as eleições

O número de candidaturas deferidas no Ceará chegou a 5.186, entre postulantes a cargos de prefeito e vereador. Corresponde a 32% do total de 16.097 pedidos ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), segundo a plataforma Divulgacand, atualizada às 16h09. Inaptos são 209. Resta a avaliação 10.702 candidaturas.

Foto: Agência Brasil
  -  

1.350 candidatos já estão aptos no Ceará para a Eleição 2020, segundo Divulgacand

Dos 16.069 candidatos com pedido de registro de candidatura no Ceará, 1.350 (8,4%) já foram considerados aptos pela Justiça Eleitoral. Em resumo, são 1.348 candidaturas deferidas e dois pedidos “indeferidos com recurso”. Os números constam no sistema Divulgacand, atualizado diariamente pelo Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

 

  -  

MP recomenda aos promotores que peçam cassação do registro de candidatos que promovem aglomerações

Candidatos reincidentes em promover aglomerações durante a campanha eleitoral podem ter os registros cassados por abuso de poder político e econômico. A recomendação foi feita nesta terça-feira (28) pelo procurador-geral de Justiça do Ceará, Manuel Pinheiro. “Há um desequilíbrio de oportunidades em favor daqueles que insistem em promover esses atos”, disse.

Foto: José Leomar
  -  

Em ato com Camilo, Roberto Cláudio fala em “fraude” ao se referir a Capitão Wagner

O prefeito Roberto Cláudio voltou a fazer crítica ao candidato a prefeito pelo Pros, Capitão Wagner, no embate eleitoral de Fortaleza. Segundo o prefeito, “é uma fraude que está sendo desconstruída”.  Para o gestor, o adversário seria uma “ameaça à parceria” entre a Prefeitura e o Governo do Estado. Ele inaugurou nova areninha ao lado de Camilo Santana (PT).

Foto: Camila Lima
  -  

Célio Studart quer dar mais visibilidade às instituições sociais de Fortaleza por meio de campanhas

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Célio Studart (PV), visitou, nesta quarta (28), o Lar Amigos de Jesus, que acolhe crianças e adolescentes com câncer. Ele defendeu que o poder público dê mais visibilidade às instituições sociais por meio de campanhas. “Convidar e chamar pra escutar essas entidades e compreender como melhorar o trabalho delas”.

Foto: Camila Lima
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.

  -  

PontoPoder Análise: MP investiga candidatos ‘fake’

Apesar do esforço em promover mudanças para equilibrar a disputa, há uma estrutura política que se ocupa em burlar as regras com o objetivo de se perpetuar no poder. Alguns destes casos, inclusive, consistem em candidaturas fantasmas e outros apenas com o objetivo de liberar recursos do fundo eleitoral. Leia aqui.

  -  

Prazo para substituir candidatos a prefeito e vereador termina hoje

Partidos têm até o fim desta segunda-feira (26) para substituir candidatos a prefeito e vereador. Podem ser trocados aqueles considerados inelegíveis, além de quem renunciou ou faleceu após o termo final do prazo ou, ainda, tiver seu registro indeferido ou cancelado. A exceção são os falecimentos, em que a substituição poderá ser feita após essa data.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

“Estamos estabelecendo comparações”, diz Roberto Cláudio sobre críticas de Sarto a Luizianne

“Não tem nada pessoal. Uma campanha eleitoral é para tratar de política. Estabelecer comparações: semelhanças e diferenças. Isso é importante para a população fazer seu juízo de valor”

Roberto Cláudio (PDT), prefeito de Fortaleza, sobre críticas que a candidatura do partido tem feito a Luizianne Lins (PT).

Foto: Helene Santos
  -  

Em ato no Curió, Paula Colares defende política de segurança baseada na geração de emprego

Em visita ao bairro Curió, a candidata da UP, Paula Colares, defendeu uma política de segurança pública baseada na geração de empregos e acesso aos serviços públicos de qualidade. No ato, a postulante lembrou os 5 anos da chacina de Messejana. “Se tivermos investimentos sociais, as desigualdades econômicas reduzirão e, consequentemente, a violência também”, disse.

Foto: Divulgação
  -  

Sarto propõe programa Juventude Digital para capacitação de jovens em tecnologia

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) participou de entrevistas, nesta quarta (28). Ele propôs programas de recuperação econômica no pós-pandemia. Um deles é o Juventude Digital. “O nosso objetivo é capacitar em 4 anos 50 mil jovens em tecnologia da informação. Quem tiver habilitado vai ser pescado, financiado”.

Foto: Camila Lima
  -  

Capitão Wagner quer ampliar para 80% cobertura de esgoto em Fortaleza em parcerias com iniciava privada

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) fez uma caminhada na comunidade do trilho, no Papicu. Wagner disse que uma das principais demandas do local é por saneamento e propõe atingir 80% da cobertura de esgoto na Capital. “Temos que ampliar pra reduzir doenças epidêmicas. O melhor caminho é parceria com entidades privadas”.

Foto: Camila Lima
  -  

Após retirar candidatura, vereador Casimiro Neto sinaliza apoio à candidatura de Capitão Wagner

O vereador Casimiro Neto (MDB) declarou, nas redes sociais, apoio a Capitão Wagner (Pros) à Prefeitura de Fortaleza. A sinalização foi divulgada após Casimiro retirar sua candidatura à Câmara Municipal e realizar uma composição para apoiar Adam Gomes (DEM) a vereador. Curioso é que Adams é da coligação de Sarto (PDT).

  -  

PontoPoder Cafezinho: Podcast entrevista candidato Renato Roseno

O podcast PontoPoder Cafezinho entrevistou, nesta quarta-feira (28), o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, do Psol. Ele é o terceiro convidado do ciclo de entrevistas feito em parceria com a Verdinha AM 810. As entrevistas serão divulgadas de segunda a sexta. Confira aqui:

  -  

Renato Roseno promete realizar concursos públicos e reduzir terceirizações

Em entrevista à Verdinha 810 AM, Renato Roseno afirmou que pretende reduzir as terceirizações e promover concursos públicos, sobretudo, na área da saúde. O candidato do Psol argumentou que os gastos com os terceirizados são superiores as despesas da Prefeitura de Fortaleza com a realização de concursos e manutenção dos servidores públicos.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

“Um governo que cabe um monte de gente”, diz Roseno ao justificar oposição a Camilo

“Nós somos oposição ao Governo Camilo porque é um governo que cabe um monte de gente, um governo que cabe uma base fundamentalista, um governo gigantesco, tanto é que a sua própria base está brigando aqui em Fortaleza”

Candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, em entrevista à rádio Verdinha AM 810 na manhã desta quarta-feira (28).

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Entrevista: Renato Roseno (Psol), candidato à Prefeitura de Fortaleza, fala sobre propostas

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno (Psol) é o entrevistado da vez na Verdinha. Acompanhe:

  -  

Glêdson Bezerra diz que não é ‘bolsonarista’, nem ‘cidista’, é ‘flamenguista’

Entrevistado do PontoPoder Eleições desta terça-feira (27), Glêdson Bezerra (Pode), disse que, quando questionado sobre seu viés ideológico, se é bolsonarista ou cidista, responde: “sou flamenguista”. “Não tenho político para chamar de meu. Com relação ao presidente da República, não tenho uma aproximação direta”, afirmou ao ser perguntado sobre relação com o presidente Jair Bolsonaro.