-  

Deputado cearense critica corte de bolsas no CNPq

“O país sem pesquisa é um país sem futuro. Estou tentando buscar uma solução”.

Em audiência pública, nesta quarta (28), o deputado cearense Idilvan Alencar (PDT) criticou a suspensão de mais de 4 mil bolsas de estudo no CNPq. O órgão tem, atualmente, um déficit de R$ 330 milhões.

Foto: Saulo Roberto
  -  

Suplente na Câmara dos Deputados, Gorete Pereira pode ter expectativas frustradas mais uma vez

Na expectativa para assumir o mandato de deputada federal desde o início de 2019, Gorete Pereira (PL) renovou as esperanças com o anúncio de licença de Luizianne Lins. Entretanto, para que Gorete assuma, a ausência da petista tem que ser de, pelo menos, 120 dias. Por ora, entretanto, a licença será de 60 dias. A confirmação será próxima semana.

Foto: José Maria Melo
  -  

Com licença de Capitão Wagner, médico Agripino Magalhães assume vaga na Câmara dos Deputados

O médico Agripino Magalhães (Pros), que ficou na suplência de deputado federal em 2018, assumiu nesta quarta-feira (4) mandato na Câmara dos Deputados. Ele ocupa vaga na Casa durante licença do deputado federal Capitão Wagner (Pros), que se afasta temporariamente dos trabalhos no Legislativo para se dedicar à pré-campanha pela Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Agência Câmara
  -  

‘Vai beneficiar mais de 10 mi de pessoas’, diz Girão sobre aprovação de linha de crédito para profissionais liberais

Projeto de lei de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos) que cria uma linha de crédito de até R$ 100 mil para profissionais liberais foi aprovado na madrugada desta quinta-feira (30) na Câmara dos Deputados. A medida, que já havia sido aprovada no Senado, segue para sanção. “Foi uma vitória do bom senso. Vai beneficiar mais de 10 milhões de pessoas das mais diversas categorias”, destacou.

  -  

“Pesquisadores podem ficar tranquilos”, diz assessor do governo sobre pagamento de bolsas do CNPQ

Essa situação foi normalizada, os recursos foram liberados e com as bolsas de CNPQ não deve haver problema até o fim do ano. Houve uma complementação de R$ 330 milhões. Os pesquisadores podem ficam tranquilos que não vão sofrer nenhum tipo de redução

Aristides Pavani, assessor especial do Ministério da Ciência e Tecnologia, sobre o bloqueio de verbas federais nas universidades.

  -  

Proposta que cria o PDDE-Saúde foi bem recebida por representantes do Governo, afirma deputado

A proposta do PDDE-Saúde já foi, inclusive, apresentada a representantes da Casa Civil e da Economia, que, segundo o deputado, foram receptivos à medida. Na última quinta-feira (23), Idilvan e Dorinha estiveram com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e técnicos do Governo para tratar do Novo Fundeb.

  -  

Idilvan Alencar propõe destinar R$ 2 bilhões para escolas investirem em enfrentamento à pandemia

O deputado Idilvan Alencar (PDT) protocolou hoje um projeto de lei que destina R$ 2 bilhões ao Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), ainda em 2020, para que os gestores possam executar ações relacionadas aos cuidados no retorno às aulas, como a compra de álcool em gel e produtos de limpeza. A deputada Professora Dorinha (DEM-TO) é co-autora.

Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados
  -  

Deputado propõe usar recursos de Telecomunicações para garantir acesso à internet nas escolas

O deputado Idilvan Alencar (PDT) protocolou na Câmara, em parceria com outros parlamentares, projeto que prevê o uso dos recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) e de outras fontes para garantir acesso à internet e compra de equipamentos aos alunos e professores da educação básica pública com fins educacionais.

Foto: Câmara dos Deputados
  -  

Fim de semana tem troca de farpas entre chapas do PDT e do PT em Fortaleza

Após veiculação de inserção da coligação liderada por Sarto Nogueira (PDT) listando avaliações negativas sobre a gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT), a chapa petista reagiu. “Uma campanha sem propostas reais. As pessoas esperam ser cuidadas pelo poder público e não ataques mentirosos”, disse Luizianne nas redes sociais.

Foto: Isanelle Nascimento/Agência Diário
  -  

De volta a atos na rua, Sarto participa de carreata e afirma que não faz “críticas pessoais” a adversários

Sarto Nogueira (PDT) voltou a atos de campanha na rua neste domingo (25), após duas semanas em isolamento ao ser diagnosticado com Covid-19. Recuperado, ele participou de carreata percorrendo vários bairros da Capital. Ele negou que esteja atacando adversários, como têm alegado alguns candidatos. “Eu não faço crítica pessoal, faço um debate políticos”, diz.

  -  

Vereador Dr. Porto tem candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral; parlamentar recorre da decisão

O vereador de Fortaleza Dr. Porto (PDT) teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa. Ele teve contas consideradas “improcedentes” quando geriu o IPM, em 2013. “Foi um advogado do IPM que perdeu o prazo de envio das contas. Fomos julgado e o TCE não viu dolo. Está sub judice, mas já será esclarecido”, disse.

Foto: Érika Fonseca
  -  

AL deve votar projeto que autoriza Estado a reorganizar metas do PPA para Segurança, Saneamento e outras áreas

A Assembleia Legislativa deve votar, nesta quinta-feira (22), projeto de lei enviado pelo governador Camilo Santana (PT) que autoriza o Poder Executivo a reorganizar metas previstas no Plano Plurianual (2020-2023) para Segurança Pública, Saneamento Básico e Assistência Social, além de outras áreas. Também estão na pauta outros projetos do Governo e de parlamentares.

Foto: Camila Lima
  -  

Com plenário esvaziado, sessão da Assembleia Legislativa não tem pauta de votação

Com o plenário esvaziado, apesar do telão registrar 25 deputados presentes ‘fisicamente’, a sessão da Assembleia desta quinta-feira (8) foi mais uma vez morna, sem ter sequer votação prevista na pauta. No expediente, há apenas a leitura de projetos do Executivo e de deputados.

Foto: Nilton Cezar
  -  

STF: Kassio Nunes tem “as digitais do Centrão”, afirma Eduardo Girão

O senador Eduardo Girão (Podemos) criticou a escolha do desembargador Kassio Nunes para o Supremo Tribunal Federal (STF). “Ao que tudo indica, tal indicação parece mesmo ter as digitais do Centrão”. O parlamentar disse que esperava que o indicado do presidente Jair Bolsonaro tivesse um perfil mais conservador. A indicação ao STF deve ser votada no Senado.

  -  

Agricultor e comerciante estão entre as ocupações mais declaradas pelos candidatos do Ceará

Dentre as ocupações declaradas pelos candidatos nas eleições municipais do Ceará, agricultor e comerciante são as mais populares. As profissões reúnem 11,08% e 7,21% dos candidatos, respectivamente, sendo a maioria deles concorrentes ao cargo de vereador e do sexo masculino. A categoria “Outros”, no entanto, é a que concentra maior número de postulantes.

  -  

Capitão Wagner promete legalizar a situação dos comerciantes da Granja Portugal

Em caminhada pelo bairro Granja Portugal, nesta segunda-feira (26), Capitão Wagner (Pros) conversou com a população e prometeu regularizar a situação dos comerciantes locais. “Muitos negócios não têm alvarás e têm dificuldade de acessar as linhas de crédito e participarem de licitações por conta dessa falta de documentação e adequação”.

Foto: Divulgação
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.

  -  

Polícia Federal simula fiscalização de ilegalidades nas eleições com uso de drones

A Polícia Federal vai testar na manhã de terça-feira (27) drones que serão utilizados na fiscalização das eleições municipais do Ceará. Os equipamentos devem servir para impedir práticas ilegais e registrar irregularidades no dia da votação. De acordo com a PF, os equipamentos têm zoom capaz de identificar atividades suspeitas e placas de carro com nitidez.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Em primeiro ato público após se recuperar da Covid-19, Camilo volta a criticar Capitão Wagner

Em sua primeira aparição pública após se recuperar da Covid-19, o governador Camilo Santana (PT) reforçou críticas ao candidato do Pros, Capitão Wagner. “Ele andou dizendo que eu só estava falando nas redes, mas quero dizer em bom tom: que ele assuma a responsabilidade enquanto um dos líderes dos motins que desestabilizaram a segurança e geraram pânico à população”.

Foto: José Leomar
  -  

PontoPoder Cafezinho: Podcast entrevista candidato Samuel Braga

O podcast PontoPoder Cafezinho iniciou, nesta segunda-feira (26), ciclo de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Fortaleza. O primeiro entrevistado foi Samuel Braga (Patriota). O conteúdo é feito em parceria com a Verdinha AM 810. As entrevistas serão divulgadas de segunda a sexta. Confira aqui:

  -  

Candidatos à Prefeitura de Fortaleza assinam documento que estabelece 30 compromissos pela criança e pela adolescência

Cinco candidatos à Prefeitura de Fortaleza e dois vices marcaram presença no Ministério Público Estadual, nesta segunda (26), para assinatura do documento “30 compromissos pela criança e pela adolescência“. O texto aponta políticas públicas na questão social, educação, saúde, família, entre outras áreas, que devem ser prioridade na gestão municipal.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Filiado ao PP, deputado Apóstolo Luiz Henrique anuncia apoio a candidatura de Capitão Wagner

O deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (PP) anunciou apoio à candidatura de Capitão Wagner (Pros) para a Prefeitura de Fortaleza. O PP, partido de Luiz Henrique, integra a coligação de Sarto Nogueira (PDT). O parlamentar, segundo sua assessoria, comunicou a decisão ao partido, que compreendeu a posição. Apóstolo é líder de uma igreja na Capital.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner diz que vai revogar Lei dos Alvarás e tornar taxa definitiva, mas precisará de apoio na Câmara

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), fez uma caminhada, nesta segunda (26), pela Granja Portugal. Ele disse que uma de suas primeiras medidas em uma futura gestão será revogar a Lei dos alvarás, que hoje é pago anualmente, e tornar a taxa definitiva. Para isso, precisará de apoio da Câmara, formada hoje por maioria governista.

  -  

Capitão Wagner quer “flexibilizar” regularização de empresas em Fortaleza e criar conselho econômico

Em visita à Granja Portugal, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) disse que quer “flexibilizar” a regularização de empresas e estabelecer novas regras para a abertura de negócios. Questionado sobre as medidas, Wagner disse que vai criar um conselho econômico no gabinete para discutir medidas com o setor produtivo.

Foto: Isanelle Nascimento